Quais as formas de tratamento em casa devo fazer para enxaqueca

Quem sofre com enxaqueca tem dificuldade em realizar atividades básicas do dia a dia. Veja como tratar

Dor de cabeça é um mal que atinge boa parte do Brasil. Isto porque, de acordo com informações da Sociedade Brasileira de Cefaleia (SBCe), aproximadamente 95% da população apresentará, ao longo da vida, ao menos um episódio deste problema. Contudo, embora seja uma dificuldade comum, não é natural sentir dores de cabeça, principalmente quando esta compromete a qualidade de vida do paciente, como é o caso da enxaqueca.

“No Brasil, a enxaqueca atinge cerca de 20% das mulheres e 9,3% dos homens. Também não são raros os casos de pessoas que buscam há anos o alívio da dor, tendo recorrido a diversos especialistas e tratamentos medicamentosos, mas sem sucesso. Isso acontece porque, muitas vezes, a dificuldade está em encontrar a causa do problema”, explica o fisioterapeuta Rubens Frigato em uma publicação no Instagram.

Já segundo a nutricionista Andréa Rahal, a enxaqueca é uma doença crônica e pode ser “causada por um desequilíbrio químico no cérebro que pode estar associado à genética e também ao estilo de vida e hábitos alimentares de má qualidade.” Desta forma, a especialista orienta os pacientes a apostarem em alguns alimentos e evitar outros. Há também formas de tratamento que podem ser feitas em casa, mas sempre com o acompanhamento médico.

Quais as formas de tratamento em casa devo fazer para enxaqueca

Foto: depositphotos

Receitas caseiras para tratar enxaqueca

Os sintomas da enxaqueca vão além de uma dor de cabeça forte. Levando em consideração as informações de Rahal, este problema de saúde pode vir acompanhado por outros sinais, como: enjoo, vômitos, sensibilidade à luz, barulho ou cheiros. Desta modo, o paciente apresenta dificuldade em realizar atividades básicas do dia a dia. Portanto, quem deseja livra-se deste problema, pode apostar em alguns tratamentos caseiros.

1. Chá de gengibre com hortelã

  • Folhas de hortelã;
  • Um pedaço de gengibre;
  • Uma xícara de água.

Ferva a água e adicione os demais ingredientes. Deixe no fogo por três minutos e depois desligue. Cubra o recipiente, permitindo a infusão do chá durante cinco minutos. Logo em seguida, coe a bebida e sirva. Se desejar pode acrescentar stevia ou sucralose, uma vez que essas são as formas mais seguras para adoçar uma bebida de quem possui enxaqueca.

2. Suco de couve

  • 3 folhas de couve manteiga;
  • 1 colher (de sopa) de semente de linhaça (dourada ou marrom);
  • 2 maçãs;
  • 1 copo de água de coco;
  • Stevia ou sucralose (opcional).

Os dois ingredientes principais desta receita são a couve e a linhaça, pois enquanto o primeiro possui coezima q10, o segundo é rico em magnésio e ômega 3. Estas são substâncias importantes para o combate as dores da enxaqueca. Assim, adicione todos os ingredientes no liquidificador e bata até que se torne uma mistura homogênea. Sirva logo em seguida.

3. Chá de camomila e alecrim

  • 2 colheres (de sopa) de camomila;
  • 2 colheres (de sopa) de alecrim;
  • 1 litro de água;
  • Gengibre a gosto.

Coloque a água para ferver e assim que o líquido entrar em processo de ebulição, você deve acrescentar a camomila e o alecrim. Após três minutos, desligue o fogo e adicione o gengibre. Tampe o recipiente e aguarde a infusão ficar pronta durante cinco minutos. Depois do tempo determinado, coe e sirva.

Outros tratamentos

Além das bebidas citadas anteriormente, há outras formas de cuidar deste problema de forma natural. “É aí que entra a osteopatia, tratamento fundamentado na visão holística que entende a doença como uma consequência do desequilíbrio do corpo e tem como objetivo principal estimular a auto-cura do paciente. Trabalhando apenas com as mãos, por meio de uma avaliação específica e detalhada, busca-se identificar a real causa do problema (enxaqueca)”, esclarece o fisioterapeuta.

Ainda segundo Frigato, este tipo de tratamento é feito através de técnicas manuais que focalizam diversos tecidos e estruturas do corpo. “Buscando devolver ao organismo sua melhor função e equilíbrio, melhorando e solucionando o quadro do paciente”, finaliza.

Já para a nutricionista Rahal, a alimentação também pode ser essencial no tratamento e na prevenção da enxaqueca. Isto porque, há ingredientes que podem fazer mal e outros que podem ajudar. Sendo assim, a especialista recomenda evitar certos alimentos e bebidas como: café, refrigerante e bebidas a base de cafeína, pães, leite, doces, massas, chocolates, farinhas brancas e produtos industrializados.

No entanto, há os itens “amigos da cabeça”, a exemplo de: verduras, legumes, frutas, ovos, frango, peixe etc. “Cada indivíduo possui suas particularidades, por isso, não hesite em procurar o acompanhamento de profissionais capacitados para auxiliar no melhor tratamento para o seu problema”, conclui a nutricionista.

Sobre o autor

Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.