,

Psílio: A fibra ‘emagrecedora instantânea’, que faz bem

Além de ajudar no emagrecimento, o psílio também melhora o trânsito intestinal, já que ele é rico em fibras, e traz outros benefícios para a saúde

O avanço das pesquisas sobre as propriedades de alguns elementos naturais vem proporcionando a descoberta de muitos benefícios, sobretudo para quem busca emagrecer e atingir o peso perfeito.

Esse é o caso da psílio ou psyllium, que nada mais é do que uma fibra que absorve água e está se popularizando entre as pessoas, justamente porque promove sensação de saciedade e auxilia na perda de peso.

Extraído das cascas das sementes de um arbusto popular na Índia, o psílio é rico em fibras e possui poucas calorias, 16 calorias para cada colher de sopa.

No organismo o ingrediente absorve a água, formando uma massa gelatinosa que promove sensação de saciedade. O produto é encontrado com certa facilidade nas versões de farinha e cápsula e deve ser incorporado junto às refeições.

Benefícios da ingestão do psílio para a saúde

Além de ajudar no processo de emagrecimento, o psílio também melhora o trânsito intestinal, já que ele é rico em fibras. Dessa forma, problemas como prisão de ventre e intestino preguiçoso são solucionados.

Além do mais, a fibra também atua contra o colesterol ruim (LDL), controlando a glicemia. O psílio diminui a fome e dificulta a absorção dos alimentos ingeridos na refeição.

O psílio também pode atuar em benefício dos pacientes com diabetes, já que, como o alimento é absorvido mais devagar, os picos de insulina são quase inexistentes. Isso acaba controlando os níveis de açúcar no sangue, o que faz com que a doença seja controlada.

O ingrediente também auxilia no controle da pressão arterial e elimina as toxinas acumuladas pelo corpo.

Psílio: A fibra que para emagrecer 'num piscar de olhos' e que é benéfica para a saúde

Foto: depositphotos

O psílio para emagrecer

Com o propósito de eliminar o peso extra, a fibra funciona da seguinte forma: por ser higroscópico, ou seja, absorver água, quando em contato com líquidos, ela adquire um volume extra formando uma massa gelatinoso no estômago.

Dessa forma, ela faz com que a pessoa não sinta a necessidade de ingerir mais comida, já que o estômago estará cheio.

A dose diária indicada não deve ultrapassar as 50 gramas, já que em maiores quantidades o psílio pode impedir a absorção de minerais como o zinco, magnésio e ferro pelo corpo.

Muitas pessoas reclamam que o suplemento passa uma sensação de inchaço, dificultando a ingestão do alimento. Pois saiba que essa é a principal característica da sua atuação no corpo.

Como incluir a psílio na dieta

Apesar de se tratar de um alimento natural, o uso do psílio deve ser orientado pelo médico, já que ele pode trazer algumas alterações para o organismo do paciente.

Isso é necessário porque a inserção do psílio na sua dieta deve ser aliada a manutenção de uma dieta saudável, o que vai possibilitar que os objetivos sejam alcançados com mais rapidez.

Geralmente o psílio pode ser encontrado em duas versões: capsulas ou na forma de farinha. Já em relação a disponibilidade no mercado, o ingrediente está disponível nas lojas especializadas em produtos naturais e sites de venda pela internet.

Dependendo da versão, o produto pode variar entre R$ 50 e R$ 80.

Atenção!

Antes de incluir a psílio na sua dieta, vale a pena procurar um profissional da área médica. Isso vai ajudar a trazer mais segurança, sobretudo se a pessoa em questão apresenta algum problema de saúde.

Além do mais, não adianta consumir o ingrediente e achar que ele vai operar milagre. Tem de haver um comprometimento quando a dieta e realização de atividades físicas de forma paralela.