Xô asma! Chá de verbasco brasileiro trata problemas respiratórios

As propriedades medicinais do verbasco brasileiro incluem a sua ação analgésica, emoliente, expectorante, antitussígena, antialérgica e antiespasmódica

De nome científico Buddleia brasiliensis, o verbasco brasileiro é uma planta perene, arbustiva e aveludada. Pertencente à família das Loganiaceae, esta planta de caule ereto e folhas pequenas também é conhecida por outras denominações, como barbasco, verbasco, vassoura e calção de velho.

O verbasco brasileiro pode ser encontrado nas regiões Nordeste, Sudeste e Sul do país. Graças às suas propriedades medicinais, esta planta é utilizada para tratar diversas condições de saúde.

Características do verbasco brasileiro

O verbasco brasileiro é uma planta da família das Loganiaceae que se reproduz por sementes, sem exigências no que se refere ao solo e à água. As flores da planta apresentam odor de mel e as suas folhas têm sabor levemente amargo.

Propriedades e benefícios do chá de verbasco brasileiro

Foto: Reprodução/Albolesdelchaco/Verdechaco

Propriedades e benefícios

As propriedades medicinais do verbasco brasileiro incluem a sua ação analgésica, emoliente, expectorante, antitussígena, antialérgica e antiespasmódica. Graças às suas propriedades terapêuticas, esta planta é indicada para tratar uma série de condições de saúde, incluindo afecções respiratórias como asma e bronquite; reumatismos, contusões acompanhadas de dores e artrites.

A planta também é conhecida por suas propriedades anti-inflamatórias, calmantes, diuréticas, espasmolíticas e sedativas. Além disso, o verbasco brasileiro também induz a transpiração.

Os princípios ativos do verbasco brasileiro são as saponinas, mucilagens e taninos. As partes utilizadas na medicina natural são as suas folhas e flores.

Como preparar o chá?

Preparar um chá com as flores do verbasco brasileiro é o modo mais comum de se aproveitar os benefícios da planta. Para isso, basta colocar duas colheres de sopa das flores para um litro de água e, quando levantar fervura, desligar. Tampe o recipiente e deixe a solução abafada por cerca de 10 minutos. Em seguida, basta coar e beber.

Recomenda-se a ingestão de 2 a 3 xícaras deste chá ao dia.

No uso externo, a planta costuma ser utilizada para compressas e banhos, auxiliando no tratamento de afecções reumáticas e dores.

Contraindicações e efeitos colaterais

Não foram encontradas contraindicações na literatura consultada, no entanto, é importante ressaltar a necessidade de consultar um profissional de saúde antes de iniciar qualquer tratamento. Apenas um médico poderá indicar as doses corretas para o seu caso e analisar possíveis efeitos colaterais.

Sobre o autor

Formada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas) pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), com certificado DELE (Diploma de Español como Lengua Extranjera), outorgado pelo Instituto Cervantes. Produz conteúdo web, abrangendo diversos temas, e realiza trabalhos de tradução e versão em Português-Espanhol.