Pimentão: 5 benefícios e receitas saudáveis

Vegetal crocante, ácido e adocicado, o pimentão pode ser encontrado em várias tonalidades e está no ensopado ou na salada da maioria dos brasileiros. Além de ser ótimo para quem busca emagrecer, seu sabor peculiar fez dele o queridinho de muitas receitas.

Além de tudo isso, seu consumo ainda é capaz de reduzir o colesterol ruim e também prevenir o câncer! Precisa de mais razões  para adicionar esse fruto na alimentação? Conheça todos os benefícios e aprenda a fazer pratos deliciosos usando pimentões verdes, amarelos e vermelhos.

Pimentões verde, vermelho e amarelo

O pimentão ajuda a emagrecer por ser termogênico, e por ter poucas calorias (Foto: depositphotos)

Aproveite e tire dúvidas sobre esse vegetal, suas contraindicações e conheça algumas curiosidades. Boa leitura!

Os 5 principais benefícios do pimentão

O pimentão contém teores relevantes de vitamina C, vitamina A e minerais, como o cálcio, fósforo e ferro, agregando inúmeros benefícios para a saúde do organismo. (1) Conheça os principais:

Imagem dos benefícios do pimentão

1- Combate o colesterol ruim

O licopeno presente no pimentão é um poderoso antioxidante capaz de reduzir os níveis de colesterol. Essa substância possui papel na diminuição do desequilíbrio nas partículas de LDL (lipoproteínas de baixa densidade, também chamada de “mau colesterol“). O LDL é o responsável por inúmeras doenças cardiovasculares, a exemplo do infarto e AVC. (2,3)

2- Previne o câncer

Ainda graças a sua composição rica em antioxidantes, o pimentão consegue agir contra a formação de células doentes, que causam o câncer, combatendo principalmente o de próstata, segundo afirma o Ministério da Saúde. (2)

Os antioxidantes presentes no vegetal atuam como uma defesa do organismo, neutralizando os radicais livres – moléculas instáveis que se multiplicam com facilidade e que danificam células sadias do corpo – que causam o enfraquecimento do sistema imunológico e o envelhecimento precoce dos órgãos e tecidos.

3- Fortalece o imunológico

O pimentão é referência quando o assunto é a vitamina C. Ele é um dos vegetais que apresenta expressiva quantidade desse nutriente. E é a partir dele que seu consumo reforça o imunológico.

A vitamina C presente no pimentão auxilia as células do corpo a crescerem e manterem sadias. Ela é necessária para combater infecções, facilitar a absorção do ferro e fortalecer o sistema imunológico, agindo contra gripes e resfriados. (4)

4- Saúde da visão

Outro composto em abundância no pimentão é a vitamina A. Ela é indispensável para garantir a saúde dos olhos, mantendo uma boa visão e hidratação da superfície ocular. Essa vitamina evita doenças como a cegueira e a cegueira noturna. (5)

5- Emagrece

Você sabia que o pimentão é termogênico? É isso mesmo. Ele é da família das pimentas e, apesar de não arder tanto quanto suas irmãs, possui a propriedade termogênica, que acelera o metabolismo, facilitando a queima da gordura.

Ele também possui poucas calorias, sendo o pimentão verde o mais buscado para compor dietas, tendo pouco mais de 20 calorias em 100 gramas.

Tabela nutricional

Porção de 100 gramas Quantidade por porção
Pimentão amarelo Pimentão verde Pimentão vermelho
Valor energético 28 kcal 21 kcal 23 kcal
Proteína 1,2 g 1,1 g 1,0g
Colesterol 0 0 0
Carboidrato 6,0 g 4,9 g 5,5 g
Fibra 0,5 g 0,4 g 0,4 g
Cálcio 10 mg 9 mg 6 mg
Magnésio 11 mg 8 mg 11 mg
Fósforo 22 mg 17 mg 20 mg
Ferro 0,4 mg 0,4 mg 0,5 mg
Sódio 0 0 0
Potássio 221 mg 174 mg 211 mg
Vitamina C 201,4 mg 100,2 mg 158,2 mg

* Valores diários de referência com base em uma dieta de 2000kcal ou 8400kj. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas. Dados retirados do TACO, edição revisada e ampliada. (6)

Receitas

O pimentão é utilizado em muitos pratos, podendo ser servido em saladas ou integrando receitas como moqueca ou caldeirada de peixe. Também como o prato principal, como no caso de pimentão recheado com carne ou frango. (1)

Pimentões recheados com carne moída

Por ter sabor doce levemente ácido, o pimentão é um coringa na cozinha compondo receitas diversas, a exemplo do pimentão recheado (Foto: depositphotos)

Pimentão recheado com carne moída

Ingredientes

  • 4 pimentões vermelhos, amarelos e verdes
  • 3 colheres (de sopa) de azeite
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 cebola picada
  • 500 g de carne moída
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 1 colher (de sopa) de salsa picada
  • 3 colheres (de sopa) de azeitona verde picada
  • 2 cenouras cozidas picadas
  • Óleo para untar.

Modo de preparo

Corte as tampas dos pimentões e retire as sementes. Em uma panela, refogue o azeite, o alho e a cebola. Adicione a carne moída, sal, pimenta e cozinhe por 10 minutos. Desligue o fogo e acrescente a salsa, as azeitonas e a cenoura.

Misture todos os ingredientes. Recheie os pimentões e feche-os com as tampas reservadas, prendendo-os com palitos. Disponha os pimentões em uma forma untada e leve-os ao forno médio, pré-aquecido, por cerca de 25 minutos, virando-os na metade do tempo.

Essa receita foi retirada do site Guia da Cozinha

Salada

Ingredientes

  • 2 unidades de pimentão verde
  • 2 unidades de pimentão vermelho
  • 1 unidade de cebola em rodelas
  • 2 dentes de alho
  • Azeite de oliva a gosto
  • Pimenta-do-reino branca a gosto
  • Sal a gosto
  • Vinagre branco a gosto.

Modo de preparo

Retire a pele dos pimentões (sapecando no fogo) e corte em tiras. Amasse os dentes de alho com o sal e pimenta do reino a gosto, adicione um pouco de vinagre, coloque a cebola, acrescente o pimentão e o azeite. Dica: É ideal para acompanhar churrasco, bife com arroz ou no pãozinho.

Essa receita foi retirada do site Cyber Cook

Refogado

Ingredientes

  • 1 pimentão vermelho
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 2 colheres (de sopa) de azeite
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto.

Modo de preparo

Corte o pimentão em tiras finas, retirando as sementes. Corte a cebola em meias-luas finas e refogue-as com o azeite e os dentes de alho picados. Adicione o pimentão, tempere com sal e pimenta a gosto e refogue por mais 5 minutos, até ficar bem macio. Pode ser servido junto ao purê de batatas.

Essa receita foi retirada do site Panelinha

No frango

Ingredientes

  • 1kg de peito de frango em cubos
  • Sal, pimenta-do-reino e cheiro-verde picado a gosto
  • 4 colheres (de sopa) de óleo
  • 1 cebola picada
  • 3 dentes de alho amassados
  • ½ pimentão verde em cubos
  • ½ pimentão amarelo em cubos
  • ½ pimentão vermelho em cubos
  • ½ xícara (de chá) de água quente
  • 1 colher (de café) de amido de milho
  • ½ xícara (de chá) de molho de soja.

Modo de preparo

Tempere o frango com sal e pimenta. Em uma panela, aqueça o óleo em fogo alto e doure o frango. Coloque em fogo médio e adicione a cebola e o alho e refogue. Junte os pimentões e refogue por mais 2 minutos.

Coloque a água e cozinhe por 5 minutos, em fogo baixo. Dissolva o amido de milho no molho de soja e junte ao refogado, mexendo até engrossar levemente. Polvilhe com cheiro-verde.

Essa receita foi retirada do site Guia de Cozinha

Como tirar a pele do pimentão?

Existem duas formas de se retirar a pele do pimentão: a primeira é utilizando o fogo e a segunda o gelo.

Utilizando o fogo

Imagem do passo a passo

Perfure o pimentão na extremidade em que fica o caule. Para isso utilize um garfo de churrasco. Coloque o pimentão em cima de uma boca de fogão acesa e espere até que sua superfície fique toda chamuscada. Lembre de virar para ficar com efeito homogêneo. Em seguida, deixe esfriar e retire a pele com as mãos.

Utilizando o gelo

Imagem Passo a Passo

Corte o pimentão retirando extremidades e sementes. Em uma panela ferva água e coloque o pimentão, deixe por 10 minutos. Transfira para uma tigela com água e cubos de gelo. Retire a pele.

Como congelar?

Também existem dois métodos. Vai depender se o pimentão vai estar em pedaços ou inteiro.

Em pedaços

Imagem passo a passo

Higienize e corte em tiras, cubos ou rodelas. Cubra uma assadeira com papel manteiga e coloque os pedaços de pimentão, sem que se toquem. Ponha a assadeira no freezer por 1 hora. Depois disso, coloque os pedaços já congelados num pote ou saquinhos próprios para alimentos congelados e devolva-os ao freezer.

Inteiro

Imagem do passo a passo

Depois de higienizar, envolva o pimentão inteiro em plástico-filme e coloque no freezer.

Pimentão é fruta?

O pimentão, de nome científico Capsicum annuum, é fruto da pimenteira, ou pé de pimentão, e é originário do Sul do México. Ele apresenta forma de cone de tamanhos variáveis, assim como suas cores que podem ser verde, amarela, vermelha, laranja, creme e até roxa. (1)

Esse vegetal é cultivado do Norte a Sul do Brasil – destacando os estados de São Paulo e Minas Gerais em volume de produção.

Curiosidade: A páprica, uma especiaria muito usada na cozinha como condimento, é obtida a partir do pimentão vermelho seco e moído.

Como o pimentão fica amarelo?

O pimentão nasce verde e pode ser colhido precocemente ou deixado amadurecendo, quando então se torna vermelho ou amarelo.

Por que o pimentão verde é indigesto?

Por ser colhido ainda verde, esse pimentão tem um sabor intenso e ácido que pode provocar em algumas pessoas certo incômodo durante a digestão. Esse efeito pode ser abrandado tirando a pele do vegetal.

Contraindicações

Pessoas que apresentam problemas gástricos ou intestinais devem evitar o consumo do pimentão verde.

Pode comer pimentão na gravidez?

As grávidas que apresentarem problemas na digestão devem evitar esse fruto.

Referências

(1) Alimentos Regionais Brasileiros. Ministério da Saúde, 2015. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/alimentos_regionais_brasileiros_2ed.pdf . Acesso em: 09 de setembro de 2019.

(2) Ministério da Saúde. Alimentos funcionais, Biblioteca Virtual em Saúde, 2009. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/dicas/220_alimentos_funcionais.html?utm_source& . Acesso em: 04 de setembro de 2019.

(3) Brazilian Journal of Health and Biomedical Sciences. Hipertensão Arterial, Universidade Estadual do Rio de Janeiro, 2011. Disponível em: http://revista.hupe.uerj.br/detalhe_artigo.asp?id=96 . Acesso em: 04 de setembro de 2019.

(4) CAVALARI, Tainah G. F.; SANCHES, Rosely Alvim. Efeitos da vitamina C, Unisepe, 2018. Disponível em: http://portal.unisepe.com.br/unifia/wp-content/uploads/sites/10001/2018/09/086_Os_efeitos_da_vitamina_C.pdf . Acesso em: 04 de setembro de 2019.

(5) Ministério da Saúde. O que é e para que serve a vitamina A?, Biblioteca Virtual em Saúde, 2016. Disponível em: https://aps.bvs.br/aps/o-que-e-e-para-que-serve-a-vitamina-a/ . Acesso em: 04 de setembro de 2019.

(6) TACO, Tabela Brasileira de Composição de Alimentos. Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação da Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP. 2011. Disponível em: http://www.cfn.org.br/wp-content/uploads/2017/03/taco_4_edicao_ampliada_e_revisada.pdf . Acesso em: 16 de agosto de 2019. 

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.

Sobre o autor

Lívia Mota
Jornalista (DRT-PE: 4909), possui especialização em marketing e acumula experiência de mais de 10 anos no ramo da comunicação. Seu currículo reúne conhecimento nas áreas de produção e monitoramento de conteúdo para web, em comunicação empresarial interna e externa e na prestação de assessoria. Trabalhou no jornalismo impresso e digital com repórter, tendo passado pelas editorias de política, economia, cultura, polícia e cidades. Atualmente é editora da empresa iHaa Network, conglomerado de sites no qual o Remédio Caseiro faz parte.