Para que serve o chá de hortelã?

O chá de hortelã pode ser usado para aliviar enjoos e até mesmo para baixar os níveis de colesterol

Você sabe para que serve o chá de hortelã? Aqui você vai descobrir tudo sobre esse chá, que é um dos mais consumidos no Brasil. Conheça os benefícios, recomendações e aprenda receitas que potencializam essa bebida natural.

A hortelã (Mentha spicata) é uma erva aromática comum em todos os estados brasileiros. Pode ser usada na culinária e com fins medicinais. Possui ação analgésica, antiespasmódica, antiparasitária e afrodisíaca. O seu chá faz muito bem quando tomado após as refeições, pois ajuda no processo digestivo.

O chá de hortelã é uma fonte de sais minerais, como: potássio, cálcio, magnésio e ferro. Também possui vitaminas B6 e C, além de fibras e proteínas na sua composição. Por isso, seu uso é bastante usado para tratar muitos problemas de saúde.

Essa bebida é famosa por melhorar a digestão e diminuir enjoos, mas não somente para isso que ela serve. O chá de hortelã possui muitos outros benefícios, inclusive, alguns deles são bem ‘secretos’. Aqui você vai aprender tudo sobre as vantagens escondidas dessa bebida.

O chá de hortelã serve para que o corpo consiga digerir melhor os alimentos

Por ser digestivo, é recomendado tomar esse chá após as refeições (Foto: depositphotos)

Sendo assim, confira tudo sobre o chá de hortelã. Veja como essa bebida pode ser a chave para uma vida mais saudável.

Benefícios do chá de hortelã

O chá de hortelã é uma bebida saudável e saborosa, com muitos benefícios e qualidades. Veja as principais vantagens do consumo do chá de hortelã:

  • Melhora a digestão
  • Combate enjoo, náusea ou vômito
  • Alivia dor de cabeça e de estômago
  • Baixa o colesterol
  • Limpa os pulmões e descongestiona o nariz
  • Alivia e trata cólica menstrual
  • Ajuda a pegar no sono (efeito sedativo)
  • É fonte de fibras
  • Combate dores abdominais
  • Acalma o intestino

Veja também: Chá de hortelã emagrece mesmo? Descubra!

Contudo, é bom lembrar que a hortelã pode ser utilizada em outras formas além do chá. É possível também encontrar suas propriedades em forma de cápsulas com óleo ou extrato seco da planta. Ainda é possível encontrar o óleo essencial de hortelã para a pele e/ou aromaterapia.

Além disso, essa planta é de fácil cultivo, pois requer poucos cuidados e pode facilmente ser cultivada em casa. Seu sabor combina com uma grande variedade de sucos e suas folhas são usadas em drinks. Além disso, a hortelã pode ser usada em várias receitas, inclusive de pratos salgados.

Seja qual for o modo, incluir a hortelã na dieta só traz vantagens. Sendo assim, veja de forma detalhada como o chá dessa planta melhora a saúde e traz mais qualidade de vida.

Como o chá de hortelã melhora a saúde

O chá de hortelã é muito recomendado para tratar enjoos, náuseas e vômito. Também é muito eficaz para melhorar a digestão e evitar gases e inchaço. Também possui efeito analgésico que serve tanto para dores de cabeça quanto para de estômago, por exemplo. Confira, em detalhes, cada um dos principais benefícios do chá de hortelã.

Melhora a digestão

O chá de hortelã é uma bebida que ajuda no processo digestivo. Além disso, a absorção dos nutrientes é estimulada quando bebemos este chá após as refeições. Nesse processo, a gordura acaba sendo transformada em energia a ser gasta, impedindo que ela se acumule no corpo.

Dessa maneira, o consumo do chá de hortelã também previne problemas de indigestão, inchaço e gases. Com a digestão em dia, o que também acaba ganhando é o intestino, que passa a funcionar de forma regular.

Combate enjoos, náusea ou vômito

O chá de hortelã possui compostos que ajudam a aliviar enjoos e náuseas. As propriedades agem no aparelho digestivo a fim de manter os alimentos por lá, sem dar muita chance dos mesmos saírem através de vômitos.

Durante períodos onde possa ocorrer vômitos, como doenças ou gravidez, prepare o chá de hortelã e beba poucos goles, mas durante todo o dia. Isso pode ser o segredo para evitar esse problema.

Seu uso com esse intuito não possui contraindicações, uma vez que a hortelã é uma planta e o seu chá é um remédio caseiro natural.

Alivia dor de cabeça e de estômago

A hortelã também é analgésica, o que significa que pode aliviar dores. A dor de cabeça e dor de estômago são as principais dores que podem ser aliviadas com o consumo deste chá. Prepare o chá e beba aos poucos durante o dia.

Veja também: Hortelã, uma erva repleta de benefícios

Baixa o colesterol

A hortelã também traz benefícios bem vantajosos para pessoas que sofrem com colesterol alto. Isto porque as propriedades da hortelã são capazes de diminuir as taxas do colesterol ruim (LDL). Para que possa agir em benefício disso, o chá de hortelã deve ser tomado regularmente.

Limpa os pulmões e descongestiona o nariz

O chá de hortelã também ajuda o organismo durante gripes e resfriados. O que acontece é que quando estamos gripados, nossos pulmões e vias respiratórias ficam contaminados. O chá entra como o higienizador, limpa os pulmões e desfaz o congestionamento nasal.

Além disso, o tratamento com o chá de hortelã ajuda a eliminar o catarro, o que promove a limpeza do nariz, brônquios, garganta e pulmões. Tudo isso ajuda a higienizar o organismo e acelera a recuperação no caso dessas doenças.

Alivia e trata cólica menstrual

As cólicas menstruais podem ser um verdadeiro pesadelo na vida de algumas mulheres. Mas o chá de hortelã pode ajudar a aliviar e tratar esse problema. Isto porque a hortelã tem efeito analgésico, que é eficaz para aliviar as dores das cólicas.

Relatos de mulheres que fazem uso regular do chá de hortelã afirmam que o consumo do chá também diminuiu o grau de dor após alguns meses.

Ajuda a pegar no sono (efeito sedativo)

O chá de hortelã tem ação sedativa leve. Quando tomado 30 minutos antes de dormir, o chá ajuda a pegar no sono mais rápido e tranquilamente. Possui também leve efeito calmante e ajuda a controlar o nervosismo.

É uma fonte de fibras

O chá de hortelã também é uma bebida rica em fibras. No corpo, esse nutriente promove uma sensação de saciedade. Ou seja, você demora mais tempo para sentir fome, o que também é reflexo no tamanho do prato.

Comendo menos e demorando mais para sentir fome, você acaba ingerindo menos gordura e o seu metabolismo também passa a funcionar melhor. Contudo, o principal benefício disso tudo ainda é o controle do apetite.

Acalma o intestino

Segundo “O livro completo das ervas”, da editora “Seleções Reader’s Digest”, estudos clínicos comprovam o efeito terapêutico da hortelã em vários sintomas da síndrome do intestino irritável. Dessa forma, o uso da erva combate a diarreia, prisão de ventre, indigestão e dor abdominal.

Veja tambémHortelã: um remédio caseiro para tratar verminoses

Como fazer chá de hortelã

Leve 200 ml de água para ferver. Após isso, desligue o fogo e adicione 1 colher (de sopa) de erva de hortelã. Mexa um pouco e depois tampe a panela. Espere por 10 minutos, em seguida coe e beba.

Em outras versões da receita é possível adicionar ingredientes que reforçam os benefícios da hortelã e potencializam o chá. Dessa forma a bebida fica ainda mais saudável. Confira abaixo.

Receitas de chá de hortelã

Uma das vantagens da hortelã é que o seu sabor mescla muito bem com outros sabores. Em favor dessa qualidade, é possível preparar receitas de chá de hortelã com ingredientes que reforçam os seus benefícios. Veja quais são estas receitas:

Chá de hortelã com canela

O chá de hortelã com canela serve para controlar as taxas de glicose

A hortelã combinada com a canela gera uma bebida que consegue queimar calorias (Foto: depositphotos)

Ferva 400 ml de água em uma panela. Assim que a água entrar em ebulição, adicione 10 folhas de hortelã e 1 pau de canela. Tampe e deixe por 10 minutos. Em seguida coe e beba.

A canela vai acrescentar ao chá o efeito termogênico, que promove o aumento do metabolismo e queima calórica. Também vai ajudar no reforço da imunidade e controle das taxas de glicose no sangue.

Chá de hortelã com gengibre

O chá de hortelã com gengibre serve para aliviar enjoos, náuseas e vomito

A união desses dois ingredientes protege o coração e vasos sanguíneos (Foto: depositphotos)

Ferva 200 ml de água. Quando entrar em ebulição, adicione 5 folhas de hortelã e 50 g de gengibre. Desligue o fogo e tampe a panela, deixando tampada por 10 minutos. Em seguida, retire a raiz e as folhas da erva e beba.

O gengibre reforça o benefício de aliviar enjoos, náuseas e vômito. Também atua como emagrecedor, pois é um ingrediente termogênico. Também diminui o colesterol e protege o coração e os vasos sanguíneos.

Chá de hortelã com mel e limão

O chá de hortelã com limão e mel serve para curar gripes e resfriados

Essa bebia reforça o sistema imunológico (Foto: depositphotos)

Coloque 10 colheres de hortelã e o suco de 1 limão em 300 ml de água em fervura. Desligue o fogo e deixe a panela tampada de 8 a 10 minutos. Em seguida, coe para tirar as folhas e adoce o chá com 2 colheres de mel de abelha. Beba em seguida.

Esse chá é muito bom para gripes e resfriados, pois tem bastante benefícios para tratar essas doenças. Ele descongestiona o nariz, alivia os sintomas comuns da gripe e reforça a imunidade.

Veja tambémQuais são os chás refrescantes mais comuns

Chá de hortelã ajuda a emagrecer?

O chá de hortelã ajuda a emagrecer dependendo da situação. Calma, vamos explicar! Se você quer emagrecer através de uma reeducação e redução alimentar, o chá de hortelã vai te ajudar sim. Isto porque a bebida é bem pouco calórica e diminui o apetite.

O primeiro ponto que se deve levar em consideração é a quantidade de calorias existentes em uma xícara de chá de hortelã. Por exemplo, em 235 ml do chá você encontra somente 2 calorias. Isso mesmo, 2 calorias. Sem a adição de açúcar, é claro.

Só para ajudar na comparação, um copo de suco de laranja natural sem açúcar, por exemplo, apresenta 94 calorias. Dessa forma, é possível que se faça a substituição de uma bebida pela outra sem qualquer dano para a saúde. Uma vez que o chá de hortelã pode ser consumido frio e ser uma bebida bem refrescante.

Se você quer uma bebida que acelera o metabolismo e promove maior queima calórica, você só vai conseguir isso no chá de hortelã se adicionar algum ingrediente termogênico. Gengibre, canela, hibisco e alho são as melhores opções.

Contraindicações

A hortelã é um ingrediente natural que não traz, de fato, nenhum prejuízo para a saúde humana. Entretanto, é uma planta que precisa de um pouco de cuidado ao seu consumo. O chá da planta não é recomendável para crianças com menos de 5 anos, pois pode causar alergia.

O uso exagerado do chá de hortelã também pode influenciar no desenvolvimento masculino, principalmente se for usada a hortelã-pimenta (variação da planta). A ingestão exagerada dessa planta pode inibir a produção de testosterona, principal hormônio masculino.

Veja também: Plantas consideradas ‘amigas’ das mulheres grávidas

É preciso também deixar claro que alguns usos do chá de hortelã podem perder o efeito após períodos longos de uso regular. É o caso do seu efeito sedativo, que desaparece depois de um tempo se o chá for tomado todas as noites.

O uso do chá de hortelã durante a gravidez

Mesmo sendo uma bebida natural, evite tomar o chá de hortelã em excesso

O chá de hortelã pode ser tomado por gestantes, desde que acompanhadas pelo médico (Foto: depositphotos)

Neste artigo você descobriu todos os benefícios e aprendeu receitas dos principais chás de hortelã. Viu também como essa bebida faz bem à saúde e como o chá pode ser o segredo no alívio e tratamento de diversas enfermidades. Veja agora como usar o chá durante a gravidez.

O chá de hortelã comum (Mentha spicata) pode ser tomado por mulheres grávidas e em período de amamentação. Já o chá feito com a hortelã do tipo pimenta (M. x piperita) deve ser usado com mais cuidado durante esse período. Ele não é proibido, mas não pode ser tomado de forma exagerada pois pode alterar o organismo feminino e trazer prejuízos.

Sobre o autor

24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.