Os benefícios da mandioquinha

Essa raiz está repleta de nutrientes importantes para o funcionamento do corpo

Batata salsa, cenoura amarela, batata barôa ou aipim branco. Todos estes termos referem-se a uma raiz nativa dos países andinos, a chamada mandioquinha. Muito comum no Peru e no Equador, este vegetal vem ganhando notoriedade no Brasil devido aos altos benefícios proporcionados à saúde.

Isto tudo só é possível graças a vasta lista de propriedades que a mandioquinha possui, a qual varia entre as ações anti-inflamatória, antioxidante, antifúngica e anticancerígena. Portanto, quem deseja aproveitar dos efeitos benéficos desta raiz, precisa levar em consideração a versatilidade dela dentro da cozinha, podendo ser utilizada para o preparo de sopas, chips, pão e uma série de outras delícias.

Quais são os benefícios da mandioquinha?

A mandioquinha está repleta de nutrientes importantes para o funcionamento do corpo, como por exemplo a presença de cálcio. Este mineral é essencial na formação e manutenção dos ossos, cartilagens e dentes, por isso que mandioquinha é indicada para proteger o organismo contra osteoporose.

A mandioquinha é indicada para proteger o organismo contra osteoporose pois é rica em cálcio

Essa raiz tem ação anti-inflamatória, antioxidante, antifúngica e anticancerígena (Foto: depositphotos)

Cálcio não é o único mineral encontrado na mandioquinha, isto porque magnésio, fósforo e manganês também estão presentes nesta raiz. Estes últimos nutrientes ajudam na prevenção de doenças como a anemia e ainda são indicados para diminuir os sintomas da Tensão Pré-Menstrual (TPM), a exemplo das dores e do mau humor.

Veja tambémQual a diferença entre raiz tuberosa, tubérculo e bulbo? Descubra agora

Fechando a categoria dos minerais importantes e que estão presentes nesta raiz, tem-se o potássio, um nutriente que auxilia na recuperação muscular e ainda ajuda a regular a pressão arterial. Desta forma é possível dizer que a mandioquinha é um bom alimento para compor a dieta de pessoas hipertensas.

Mesmo diante de tantos benefícios, a batata salsa ainda ganha destaque por ser uma fonte riquíssima de energia. Isso graças aos carboidratos presentes em sua composição, característica que também facilita a digestão. Além disso, mandioquinha é rica em vitamina B, C, E e K.

Receitas usando a mandioquinha

Pão

Substituir o pão francês por outras opções de massas é um ganho muito nutritivo para o corpo. Uma destas alternativas é o pão de mandioquinha, que é fácil de fazer, muito gostoso e tem boas quantidades de nutrientes.

Veja também: Mandioca para emagrecer

Esta receita leva uma xícara de mandioquinha, uma xícara de polvilho azedo, uma xícara de polvilho doce, 1/3 de xícara de água, 1/3 de xícara de azeite, uma colher (de sopa) de chia e sal a gosto.

Inicie cozinhando a mandioquinha, com ou sem a casca. Quando ela já estiver bem cozida, amasse-a como se estivesse prestes a fazer um purê. Para isso, você pode usar um espremedor ou um garfo. Em seguida, misture os demais ingredientes e com a mão amasse tudo.

É importante não  deixar a mandioquinha passar o ponto de cozimento, isto porque ela pode ficar muito mole e atrapalhar a consistência do pão. Mas, caso isso ocorra você pode equilibrar com o polvilho.

Assim que a receita ganhar a aderência de uma massa de pão, é só pegar pedaços do tamanho de sua preferência e fazer bolinhas. Por fim, coloque-as em uma assadeira e leve-as para o forno preaquecido, aguardando entre 20 a 25 minutos.

Sopa

A professora de gastronomia, Luna Passeri, aproveitou o Instagram para compartilhar uma dica super nutritiva para o jantar: uma sopa de mandioquinha. Para colocar em prática esta receita é necessário ter os seguintes ingredientes: 500 g de mandioquinha, uma cebola, uma cenoura, salsão (opcional), duas batatas doces, um pedaço de gengibre, duas colheres (de sopa) de manteiga ou azeite, salsinha, orégano, páprica e sal a gosto.

Veja também: Mandioca possui efeitos benéficos para saúde e beleza

Com os ingredientes à mão, é hora do preparo que é simples, prático e fácil. Primeiro corte os legumes e a mandioquinha em pedaços grandes. Em seguida, leve-os para cozinhar em uma panela de pressão juntamente com os temperos. Após 15 minutos após a panela pegar pressão, desligue e aguarde esfriar um pouco. Conclua batendo tudo no liquidificador, acrescentando a manteiga ou azeite de acordo com sua preferência.

Chips

Para preparar os chips de mandioquinha, basta lavá-las bem com água corrente, descascá-las e cortá-las em lâminas finas. Em seguida, com o auxílio de um papel toalha, seque o máximo que conseguir as fatias. Usando esta técnica, os chips vão ficar mais sequinhos quando fritos.

Coloque as lâminas de mandioquinha para fritarem em azeite quente, que segundo pesquisas é a melhor opção entre os outros tipos de óleo. O ponto ideal da fritura é quando as mandioquinhas estão douradas.

Assim que elas estiverem douradas e crocantes, coloque em um recipiente com papel toalha para secar o excesso de azeite. Por fim, se preferir adicione uma pitada de sal. Depois é só aproveitar o sabor e a crocância dessa receita saudável.

Uma outra opção ainda mais saudável de chips de mandioquinha é indicada pela nutricionista Lorraine Ferraz, em uma publicação no Instagram. De acordo com a especialista em nutrição, é preciso ter três mandioquinhas, alecrim, sal grosso e azeite de oliva extravirgem.

Depois é só descascar a batata salsa e cortá-las em fatias finas. Em uma panela, coloque os chips com um pouco de azeite, alecrim e sal. Após misturar os ingredientes, distribua em uma assadeira e cubra com papel alumínio.

Leve a assadeira para o forno preaquecido e deixe de 30 a 35 minutos. Após o tempo estipulado, confira se as mandioquinhas estão macias, caso estejam, retire o papel alumínio e deixe que os chips fiquem por mais 5 ou 10 minutos. Esta é a média de tempo para que eles fiquem no ponto, dourados e crocantes.

Sobre o autor

Formado em Jornalismo pela UniFavip | Wyden. Já trabalhou como repórter e editor de conteúdo em um site de notícias de Caruaru e em três revistas da região. No Jornal Extra de Pernambuco e Vanguarda de Caruaru exerceu a função de repórter nas editorias de Economia, Cidades, Cultura, Regional e Política. Hoje é assessor de imprensa do Shopping Difusora de Caruaru-PE, Seja Digital (entidade responsável pelo desligamento do sinal analógico no Brasil), editor da revista Total (com circulação em Pernambuco) e redator web do Remédio Caseiro.