O seitan engorda ou emagrece?

Cada dia mais popular como substituto da carne animal, a 'carne de glúten' é muito usada em dieta vegana e vegetariana

Você sabe o que é seitan? Conhece as propriedades e benefícios desse alimento que provém da Antiguidade? Muitas são as dúvidas sobre o seu uso, sendo uma delas em relação as calorias que o seitan possui, resultando na pergunta: “Seitan emagrece ou engorda?”.

Viemos então esclarecer essa e outras dúvidas sobre essa opção que se torna cada vez mais popular.

Esse alimento – também conhecido como ‘carne de glúten’ ou ‘carne de trigo’ – tem aparecido como uma das substituições veganas para a carne, assumindo a forma e textura semelhantes a carne animal. É também uma fonte de proteínas e suas receitas são muito parecidas com as receitas de carne, podendo ser grelhado, assado e até mesmo cozido.

Com a expansão das dietas veganas, vegetarianas e macrobióticas, assim como campanhas de não consumo de carne em alguns dias da semana, o seitan tem se popularizado. Existem receitas e dicas de como preparar a carne de glúten em casa e evitar o consumo de carne animal.

Confira todas as informações sobre esse alimento tão versátil a seguir:

O que é seitan?

O seitan tem origem asiática e disputa espaço com o tofu nas dietas vegetariana e vegana

O seitan é um substituto da carne (Foto: depositphotos)

O seitan é um alimento que substitui a carne animal em refeições. Feito a partir do trigo, é composto por uma massa de glúten presente na farinha desse ingrediente. O resultado desse processo é um alimento de consistência parecida com um músculo nobre de animal.

O seitan tem se popularizado dentro das dietas vegetarianas e veganas, que aumentam o número de adeptos todos os dias. Pode ser preparado como a maioria das carnes de boi, frango e porco. Fatiado, em formato de “lombo”, cortado em pedaços, muitas são as opções de uso do seitan.

Tem origem asiática e disputa espaço com o tofu, outro alimento asiático conhecido por veganos e vegetarianos. É geralmente consumido com legumes e verduras, sendo integrante de refeições saudáveis e provenientes da terra.

Veja também: Seitan básico, uma boa alternativa alimentar para quem é vegetariano(a)

Seitan: ajuda a emagrecer ou engorda?

Em primeiro lugar, é preciso apontar que o seitan é considerado um alimento de nível calórico médio. Em 100 gramas de seitan são encontradas de 120 a 140 calorias. Isso o qualifica como alimento calórico (calorias acima de gramas), mas não é um hipercalórico.

Está presente em dietas de emagrecimento, como substituto da carne, por dois motivos. O primeiro é que não possui alto teor de gordura, como as carnes comuns possuem. O segundo motivo é que causa bastante saciedade.

O seitan vendido pronto, em mercados, geralmente contém aditivos de conservação e sabor, o que adiciona calorias em sua composição. Por isso, esse tipo não é muito indicado para dietas de emagrecimento.

Outra vantagem que ajuda a emagrecer, é que o seitan dispensa o uso excessivo de sal. O uso abusivo de sal algumas vezes é necessário no preparo de algumas carnes, problema que não existe com a carne de trigo. Isso ajuda no controle e prevenção da hipertensão e auxilia no emagrecimento.

Contudo, o seitan é muito recomendado como substituição de carnes vermelhas em dietas para emagrecer. Já boa parte dos nutricionistas aponta que o uso do seitan para substituir carnes brancas não é muito vantajoso.

Veja também: Dieta vegetariana: ganhe massa muscular sem consumir carne

Além de dar na mesma em relação ao nível de calorias, a carne branca possui proteínas completas e o seitan não.

Propriedades e benefícios do seitan

Diferente das carnes de origem animal, não é uma fonte de proteínas completas

O uso do seitan para substituir carnes brancas não é muito vantajoso (Foto: depositphotos)

De início, é importante avisar que a base do seitan é o trigo e o glúten. Dessa forma, deve ser evitado por pessoas que possuem alergia ou intolerância a glúten. Tirando isso, é um alimento benéfico que pode ser usado como parte de fonte de proteínas.

É fonte de carboidratos (2,5 g/100 g) e também de fibras (0,6g/100 g). Possui gordura em sua composição, mas em pouca quantidade (2 g/100 g). O que se destaca de verdade entre as suas propriedades são as proteínas (22 g/100g).

Contudo, diferente das carnes de origem animal, não é uma fonte de proteínas completas. Para ser uma proteína completa, é preciso da junção de oito aminoácidos básicos. Entre esse aminoácidos, está a lisina. O seitan possui uma boa quantidade do aminoácido, mas não o suficiente.

Apesar disso, não existe colesterol no seitan, por se tratar de um alimento de origem vegetal. Recomendado para hipertensos e pessoas com tendência

Veja tambémOs famosos que adotaram uma alimentação vegetariana e vegana

 

Como preparar o seitan? Veja a receita

Ingredientes

  • 4 xícaras de farinha de trigo;
  • Meio litro de água;
  • Temperos usados para carnes.

Modo de preparo

Primeiro, você deve preparar o seitan separando somente o glúten da farinha de trigo. Em um recipiente grande, coloque a farinha e adicione a água. Sove até que vire uma massa, parecida com a massa de pizza tradicional. Quando atingir esse ponto, cubra a massa com água e deixe por oito horas.

Após esse período, você vai lavar essa massa. Isso mesmo, lavar! Coloque a massa em um coador sob água corrente, e vá lavando até que a água saia transparente. O resultado desse processo é o glúten da farinha, que é a ‘carne de glúten”. Esprema bem para sair toda a água.

Em um prato, separe a massa em quantas partes preferir e as abra com as mãos. Esses serão os seus ‘bifes’ de seitan. Após isso, eles estarão prontos para o cozimento e, em seguida, o preparo das receitas. O pré-cozimento deve ser de 20 minutos em panela de pressão, com os temperos à gosto.

Importante! Lembre que o seitan é um alimento pré-cozido. Levar o seitan diretamente para assar ou grelhar o deixará duro e arruinará as receitas.

Veja também: Especialistas afirmam: alimentação vegana ou vegetariana faz bem na gravidez

Para finalizar, lembre-se que o seitan não é carne animal, por isso demora um pouquinho mais para pegar o gosto de temperos. Mas isso não é nada muito relevante. Para finalizar, é bom frisar que o seitan pode ser preparado como carne vermelha ou branca, a depender dos temperos e tipo da receita.

Sobre o autor

24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.