Combata o sobrepeso: Nutricionista lista os alimentos aliados da redução de peso

Segundo a Nutricionista Natasha Terra, há duas formas de combater a obesidade: reduzir a quantidade de calorias ingeridas e aumentar o gasto energético

Grande parcela da população mundial encontra-se acima do peso. Um dado ainda mais alarmante vai além de algo somente estético: anualmente aumenta-se mais de 0,5% o número de obesos do Brasil, isso é o que afirma a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM).

A obesidade é definida como o acúmulo em excesso da gordura, representando grandes riscos para à saúde do paciente. Segundo a Nutricionista Natasha Terra, há duas formas de combater a enfermidade: reduzir a quantidade de calorias ingeridas e aumentar o gasto energético.

E existem alimentos naturais que podem ser fortes aliados na luta contra o sobrepeso. “Esses alimentos atuam na aceleração do metabolismo, que é a queima de gordura, no aumento do período de saciedade entre as refeições e no controle do apetite”, explica Natasha.

Segundo a especialista, todos os alimentos precisam de energia do corpo para completar as etapas da digestão. Mas existem alguns, chamados de alimentos termogênicos, que induzem o metabolismo a trabalhar em um ritmo mais acelerado, estimulando o gasto de até 10% a 15% do valor calórico total.

Nutricionista lista quais são os alimentos verdadeiramente aliados da redução de peso

Foto: depositphotos

Alimentos termogênicos

Os termogênicos mais conhecidos são: café, pimenta vermelha, gengibre, pó-de-guaraná, brócolis, cacau, canela, chá verde, kiwi e linhaça.

Alimentos que inibem o apetite

Há também alimentos que proporcionam um poder maior de saciedade entre as refeições. Isso ajuda diretamente no controle do peso, pois fazem com que o indivíduo consuma menores quantidades de alimentos.

Os responsáveis por proporcionar essa sensação são alimentos ricos em fibras solúveis e insolúveis. Eles ajudam a reduzir a absorção de gorduras e açúcares e ainda auxiliam no bom funcionamento intestinal.

Os alimentos capazes de proporcionar saciedade e ainda trazer benefícios para o organismo são os pães integrais, aveia, linhaça, abacate, oleaginosas, frutas, chia, carnes magras, laticínios desnatados e folhas verdes.

Lanches entre as refeições

A nutricionista conta que outra maneira de ajudar a manutenção do peso é fazer pequenos lanches entre as refeições. “É importante para manter o metabolismo ativo e estimular a queima de gordura. Mas, caso seja uma pessoa que não sente muita fome nos intervalos, não é obrigatório comer. Os lanches só irão fazer com que mantenha o apetite controlado durante o dia”, informa Natasha.

Para aqueles que sentem mais fome nos intervalos entre as refeições, é interessante quem comam alimentos que proporcionam maior saciedade, ricos em fibras e gorduras saudáveis. “Comer de 3 em 3 horas pode ser interessante para algumas pessoas e não ser para outras, depende do estilo de vida e dos hábitos alimentares de cada um”, complementa.

É importante também a prática diária de exercícios físicos, que além de ajudar na redução do peso, auxiliam os ossos, coração, cérebro e diversas outras partes do organismo.

Veja também:

Comidas e bebidas que aceleram o metabolismo

Sobre o autor

Formada em Jornalismo pela Unicap, pós-graduada em Comunicação Empresarial e Mídias Digitais pela Devry, fez intercâmbio na ETC School, em Bournemouth (UK) e tem experiência nas áreas de assessoria de comunicação, produção de vídeo e foto e redação.