Médico explica como praticar atividades físicas sem lesões

As pessoas sedentárias precisam iniciar a prática esportiva com cuidado e atenção para não provocar lesões ou desenvolver problemas

Em tempos de fast foods e redes sociais é muito mais fácil se empanturrar de comida sentado na frente de um computador. No entanto, uma vertente forte de pessoas está focando na saúde e bem-estar do corpo e, por isso, têm procurado por alimentação saudável e pela prática de exercícios físicos.

Praticar atividade física é um hábito muito saudável. Entretanto, as pessoas sedentárias precisam iniciar a prática esportiva com cuidado e atenção para não provocar lesões ou desenvolver outros tipos de problemas.

O ortopedista e médico do esporte, Fabiano Cunha, dá algumas dicas para quem deseja começar se exercitar.

Exercícios sem lesão

Médico explica como praticar atividades físicas sem lesões

Foto: depositphotos

1. Quais os cuidados que as pessoas devem ter antes de iniciar uma atividade esportiva regular?

A primeira coisa que uma pessoa sedentária deve fazer antes de mudar os hábitos é procurar um médico especializado em esporte para fazer exames de saúde, pois somente um check-up poderá avaliar as condições físicas atuais e estabelecer um limite para as atividades.

Um especialista poderá planejar melhor para que você atinja os seus objetivos, sem lesões ou contratempos. Treinos de estabilidade, equilíbrio e motivação muscular podem ser prescritos e as atividades serão divididas em níveis.

2. O que é recomendado?

O ideal é que a pessoa escolha uma modalidade compatível com a sua condição física atual. “Para os iniciantes, é muito mais efetivo realizar uma caminhada de 40 minutos, 3 vezes por semana, do que caminhar 2 horas no domingo e passar mais 6 dias sem fazer nada. O corpo gosta de regularidade e se acostuma com isso, seja com exercícios regulares ou com o ócio regular”, explica o médico.

3. Como o corpo reage ao começarmos uma prática esportiva?

Muitas pessoas reclamam de dores e de não emagrecerem mesmo depois de iniciar uma atividade física. Mas, “é preciso entender o corpo. Você passa um ano sem se movimentar e de repente volta a caminhar. O cérebro fica confuso, não sabe que você quer emagrecer, só sabe que você não faz exercício. Neste primeiro momento, ele manda mensagens para o corpo entrar em estado de alerta. Daí que vêm as palpitações, formigamentos e as quedas de pressão que muitas pessoas reclamam no primeiro mês de um programa físico”, analisa o ortopedista.

4. É preciso acompanhamento de um treinador?

Sim. Via de regra toda pessoa que pratica algum exercício deve ter acompanhamento de um profissional da área de educação física. Ele poderá orientar e corrigir atividades feitas de forma errada.

5. Como acontecem as lesões?

“A maior incidência de lesões acontece por falta de aquecimento ou exagero na realização das atividades, seja por muita intensidade, muita carga ou longa duração. Em qualquer exercício físico podem ocorrer lesões, mas isso não deve te desanimar. Tratados adequadamente, é possível retomar a rotina em ótimas condições”, explica Cunha.