Benefícios da granola: descubra se ela engorda e como comer

A granola é um alimento composto por um mix de grãos, sementes, frutas secas, cereais e mel. Se usada da forma correta, é uma grande aliada da boa saúde, capaz de prevenir o câncer, problemas na gestação e, até mesmo, emagrecer.

Por ser uma mistura de ingredientes, possui numerosos e variados nutrientes. A base desse alimento consiste em cereais (aveia, amaranto, flocos de milho), sementes (amêndoas, nozes, castanhas), frutas secas (damasco, uva passa, lascas de coco) e adoçante (mel, açúcar mascavo). No entanto, as receitas podem variar.

Para evitar efeitos adversos, é importante, sobretudo, evitar o exagero, respeitando as porções diárias indicadas, e fazer boas combinações, sempre optando por alternativas saudáveis e naturais. A seguir você confere as vantagens de se consumir a granola e também indicações quanto a forma de consumo.

Benefícios da granola para a saúde

Prevenção de câncer

De acordo com o nutricionista, Sidrack Vila Nova Filho, a aveia é um ingrediente essencial das granolas tradicionais e que ajuda a prevenir diversos tipos de câncer. “A aveia é rica em isoflavonas e vitamina E, potentes oxidantes que ajudam a prevenir a formação de cânceres, como: o de cólon e de mama, por exemplo”, destacou.

Prevenção e controle de diabetes

Outro grande benefício da granola diz respeito a pacientes diabéticos ou pessoas que estão com altas taxas de glicemia. Por ser rica em fibras solúveis, a granola ajuda na diminuição da absorção de açúcar durante a digestão. O nutricionista explica que esse processo pode ajudar no controle da glicemia.

Favorece o trânsito intestinal

Ela ainda é uma aliada saudável da flora intestinal, combatendo problemas como a prisão de ventre.

“A fibra insolúvel presente nos ingredientes da granola é caracterizada por não ser digerida no trato gastrointestinal (TGI), o que ajuda na formação do bolo fecal, além de hidratar as fezes devido a maior absorção de água”, explicou o especialista.

Esse processo ajuda a aumentar o peristaltismo (movimento de “empurrar” o bolo fecal), o que permite a melhor eliminação de fezes e consequentemente previne/trata a constipação.

Aumento de saciedade

As fibras insolúveis também ajudam a elevar a sensação de saciedade, pois passam mais tempo para serem digeridas, fazendo com que o corpo necessite menos de comida.

Segundo Vila Nova Filho, “este é um processo benéfico para quem está tentando diminuir a quantidade de alimentos ingeridos diariamente visando o emagrecimento.”

Diminuição de colesterol

Outra grande vantagem medicinal da granola é que, se usada corretamente, ela pode agir como um alimento hipocolesterolêmico. “Além de diminuir a absorção de açúcar, as fibras solúveis absorvem parte dos ácidos biliares que serão excretados nas fezes, o que acarreta na diminuição do processo de formação de colesterol”, diz o nutricionista.

Melhora da função cognitiva

A granola é rica em ácidos graxos que são importantíssimos para a saúde do cérebro. “Esse nutriente é essencial para a constituição dos tecidos cerebrais bem como para a boa execução das suas funções, o que ajuda a melhorar a capacidade cognitiva do indivíduo”, esclarece.

Além disso, ela ainda é capaz de melhorar parâmetros saudáveis da memória e prevenir ou mesmo auxiliar no tratamento de doenças associadas à saúde mental.

Programação fetal

Uma atuação peculiar desse alimento é que ele pode fazer muito bem para gestantes. Segundo o nutricionista, “o ômega-3 da granola é um nutriente imprescindível para o período fetal, uma vez que está associado a formação e desenvolvimento neurológico do feto.”

O especialista ainda recomenda que gestantes devem fazer o consumo adequado desse nutriente desde antes de engravidar e durante toda a gestação. Mas para fazer isso sem nenhum risco, o ideal é consultar um profissional da nutrição.

Contribui para a saúde cardiovascular

“A granola é rica em diversos minerais que participam do metabolismo cardiovascular como, potássio, fósforo, zinco, magnésio e cálcio, que são necessários para a boa circulação sanguínea, diminuindo a pressão“, esclarece.

As fibras também ajudam na diminuição do colesterol e LDL, o que previne perfis lipídicos com propensão a aterosclerose.

Auxilia a saúde dos tecidos

A vitamina E e os minerais presentes na granola fazem dela uma potente aliada para a saúde de tecidos, tendo a capacidade de retardar o envelhecimento de células epiteliais, melhorar a elasticidade e a sustentação de tecidos conjuntivos, bem como a contração dos músculos.

Porção de granola

A granola reúne cereais, sementes e frutas secas, como aveia, castanhas e uvas passas (Foto: depositphotos)

Granola engorda?

Se usada da forma errada, sim. Mas é possível consumir granola e emagrecer, o segredo é comer do jeito certo e com alimentos pouco calóricos, como iogurte natural ou leite desnatado. No geral, você deve se lembrar de que há mel/açúcar mascavo na composição da granola, então você não deve comer em exagero, ou isso representará em aumento de gordura.

Como consumir granola corretamente

Um dos principais erros na hora de consumir granola é ingeri-la junto a alimentos que podem ser calóricos e prejudiciais, como açaí industrializado, sorvetes, iogurtes calóricos e doces.

Para ingerir a granola sem peso na consciência, o que se recomenda é comer 1 colher (de sopa) de granola no café da manhã junto a alimentos pouco calóricos, como um copo de iogurte natural ou leite desnatado, por exemplo. Você também pode comer essa quantidade de granola com uma fruta, como o mamão, banana ou abacate.

Cuidados importantes na hora de consumir

É importante avisar que, a depender dos ingredientes utilizados na granola, seus benefícios irão variar. Inclusive, é preciso tomar cuidado pois algumas granolas podem ser ricas em açúcar e gorduras, que podem estimular quadros inflamatórios no corpo e favorecer o aparecimento/piora de doenças crônicas não transmissíveis como diabetes, aterosclerose e obesidade.

*Artigo feito com a colaboração do nutricionista clínico e materno-infantil e doutorando pela Universidade Federal de Pernambuco, Sidrack Lucas Vila Nova Filho (CRN-6: 20387).

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.

Sobre o autor

Avatar
24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.