Flor de sal: o que é e como usar esse incrível tempero

Com a popularização do universo gourmet, um item ganhou destaque: a flor de sal. Mas, afinal, o que é esse tempero tão comentado? Engana-se quem pensa que essa é uma especiaria exótica e pouco acessível. 

Afinal, o que é a flor de sal?

Flor de sal é o nome que se dá aos cristais que se formam na superfície da água do mar. Sua principal característica, além do formato irregular, é a alta capacidade de potencializar o sabor dos alimentos, superior aos demais tipos de sal existentes.

Uma pitada de sal é fundamental no preparo da maioria dos alimentos. Até mesmo nos doces, a presença desse ingrediente tende a tornar o prato mais equilibrado e harmônico. No entanto, o sal jamais poderá ser o principal atrativo de uma refeição, visto que seu consumo em excesso é extremamente prejudicial à saúde.

Tigela com flor de sal

A flor de sal é utilizada na finalização de pratos, como uma adição extra de sabor e textura (Foto: depositphotos)

Contrariando as expectativas, a flor de sal mudou seu papel e passou a ser protagonista de muitos pratos da alta gastronomia. Se o paladar agradece, a saúde não fica para trás. Enquanto o de cozinha é ultra processado e sem nutrientes, a versão em flor é muito mais saudável e pura, sem qualquer tipo de aditivos.

O processo de “produção” da flor de sal é delicado e totalmente natural. Diferente dos outros tipos, que podem ser extraídos em qualquer época do ano, esta outra precisa de sol e calor para florescer. Isso porque sua formação depende da evaporação da água marinha. Depois de formados os pequenos cristais, que parecem finas folhas de sal, eles precisam ser delicadamente retirados e levados para secagem.

Fazer flor de sal exige um cuidado pouco visto nas grandes indústrias. Não é à toa que ela é chamada de caviar marinho. Tamanho cuidado resulta em um produto um pouco mais caro, porém, de sabor inigualável. Pela ausência de industrialização e produtos químicos, a fina especiaria preserva em si mais de 80 minerais e nutrientes.

Benefícios para a saúde

Segundo Patrícia Oliveira, nutricionista do Centro de Qualidade de Vida (CQV), entre os minerais presentes neste ingrediente estão zinco, ferro, iodo, magnésio, potássio e cálcio. Eles são essenciais para o equilíbrio dinâmico do nosso corpo, pois atuam na imunidade, na contração muscular, na saúde óssea, na formação de antioxidantes para prevenção de doenças crônicas, dentre outros benefícios.

Entre esses, o iodo merece destaque. Este mineral é fundamental para a síntese de alguns hormônios que auxiliam na regulação do organismo e suas funções. O funcionamento da glândula tireoide, inclusive, é essencialmente dependente do iodo. Entre seus benefícios estão o auxílio no crescimento físico e neurológico, eliminação de toxinas, metabolismo e manutenção da temperatura corporal.

Basta ler o rótulo das embalagens do sal de cozinha para encontrar o termo “sal iodado”. Isso porque durante o processo de industrialização o sal refinado perde todos os seus minerais, inclusive o iodo. Isso já não acontece com a flor de sal, que possui a concentração adequada de iodo natural.

Outra grande vantagem é o menor nível de sódio em relação aos demais tipos. Isso, em adição aos minerais presentes no precioso tempero, ajudam a combater diversos males causados ou acentuados pelo consumo exagerado do sal comum. Entre eles hipertensão, cálculos renais, excesso de peso, retenção de líquidos, envelhecimento precoce, problemas cardíacos, entre outros.

Ainda assim, a nutricionista alerta que seu uso deve ser feito com parcimônia pelos hipertensos. É importante ressaltar que, a depender da região de onde o ingrediente foi extraído, seus componentes também podem ser diferentes. Isso influencia principalmente na presença e concentração de certos minerais.

Saiba a diferença entre a flor de sal e os demais tipos de sal 

Flor de sal é sal grosso? O que o diferencia dos demais tipos de sal? Dúvidas como estas se tornaram mais comuns após a popularização deste ingrediente. Apesar de todos serem, de alguma forma, sal, e utilizados no preparo de alimentos, há uma grande diferença entre sal grosso, sal refinado e flor de sal.

Imagem dos tipos de sal

Sal refinado

Como se sabe, o sal de cozinha é fortemente processado antes de chegar às embalagens para ser consumido. Depois de ser lavado, moído, centrifugado e seco, o sal refinado é peneirado. Feito isso, alguns aditivos são acrescentados, como estabilizantes e antiumectantes, além do iodato de potássio. Somente então ele é embalado, chegando às prateleiras.

Imagem do sal refinado em saleiro

Tipo de sal fortemente processado (Foto: depositphotos)

Sal grosso

O sal grosso, por sua vez, não enfrenta o processo de refinação, mantendo a sua forma original. Seu processo de obtenção pode se dar através da extração mineral ou da evaporação da água do mar. Diferente do anterior, este não recebe aditivos e/ou conservantes. Talvez por isso este seja comumente confundido com a flor de sal.

Imagem do sal grosso

Forma original do sal com sua produção massiva. (Foto: depositphotos)

No entanto, ambos são completamente distintos, já que os cristais dependem de diversas variáveis para serem formados e extraídos, em um processo delicado e lento. Graças ao processo de constituição do ingrediente, fortemente influenciado pelo seu local de formação, a flor de sal possui sabor inigualável, o que lhe deu status de “ouro branco” da culinária.

Como fazer flor de sal

Imagem flor de sal

Forma original do sal com sua produção mais delicada e natural. (Foto: depositphotos)

Segundo a nutricionista Patrícia Oliveira, a flor de sal é raspada manualmente da camada superficial das salinas, sem tocar o fundo da água. Possui um sabor intenso e crocante. É utilizado, principalmente, após o preparo dos alimentos, pois o aquecimento pode alterar suas propriedades nutricionais, bem como a sua crocância. 

A diferença em relação ao sal refinado, é que ele não é processado, mantendo uma proporção maior de minerais e não tem adição de produtos químicos.

Assim sendo, se você se perguntar qual tipo de sal é melhor para a saúde, certamente, o sal gourmet ocupará o topo do ranking, deixando o sal refinado comum em última colocação. Se possível, evite-o, preferindo sempre as versões menos industrializadas, afinal, saúde não tem preço.

Uso da flor de sal na gastronomia 

A lista de ingredientes venerados na alta gastronomia é grande, e a de receitas sofisticadas que podem ser produzidas com a flor de sal também. Ao contrário do que ocorre com o sal comum, a versão gourmet é protagonista e não coadjuvante no preparo dos pratos.

Isso significa que ele não é utilizado como um tempero comum, muito menos durante a cocção dos pratos, o que removeria todas as suas características marcantes. Deste modo, na maioria das vezes a flor de sal é utilizada na finalização de pratos, como uma adição extra de sabor e textura.

Ao contrário do que se pode pensar, o sal gourmet é bem-vindo em vários tipos de pratos, entre carnes, peixes, vegetais e doces, inclusive. Em todos estes os cristais entram como um elemento de elegância e diferenciação, devendo ser lentamente apreciado. As notas de sal são responsáveis por aguçar as papilas gustativas e acentuar todos os demais sabores do prato.

Não sabe como pequenos cristais de sal puro poderiam harmonizar com pratos doces e delicados? Confira a receita abaixo:

Receita de calda fudge de chocolate, caramelo e flor de sal

Ingredientes

  • 100 g de açúcar
  • 540 g de creme de leite fresco em temperatura ambiente
  • 180 g de chocolate amargo ou meio amargo
  • 2 colheres (de chá) de flor de sal (ou a gosto)
  • 100 ml de leite.

Modo de fazer

Caramelize o açúcar até obter um tom bonito de guaraná. Adicione 300 g de creme de leite (cuidado, pois irá espirrar) e misture bem para desfazer os grumos de caramelo. Adicione a flor de sal, desligue o fogo e reserve. À parte, derreta o chocolate em banho-maria ou na potência média do micro-ondas e agregue o resto do creme de leite. Verta esta mistura de chocolate sobre o caramelo e misture até obter uma calda homogênea. Afine com o leite. Sirva aquecida sobre o sorvete.

Dica

A calda pode ser guardada em geladeira por uma semana, ou congelada por até 30 dias.

Onde comprar flor de sal?

Há alguns anos era um pouco mais difícil encontrar flor de sal para comprar, tornando-se algo praticamente exclusivo dos grandes chefs e restaurantes. Contudo, graças a sua popularização, o sal gourmet está mais acessível e pode ser facilmente encontrado, inclusive pela internet.

Para fazer uma compra assertiva é preciso verificar a procedência do ingrediente. Uma boa dica é desconfiar de valores muito inferiores, abaixo da média de mercado. Quanto à embalagem, a flor de sal pode ser encontrada tanto em pequenos frascos, como a granel, em lojas especializadas.

Independentemente do prato a ser preparado, a flor de sal pode ser uma carta na manga para adicionar requinte e sabor às refeições. O mais importante é lembrar que, assim como na mais alta gastronomia, o segredo de tudo está no equilíbrio.

*Artigo feito com a colaboração da nutricionista Patrícia Oliveira (CRN3 6054).

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista, especialista em Comunicação Digital e Mestre em Serviço Social. Atua como redatora e revisora freelancer. Atualmente vive como nômade digital pela Europa. Cearense de coração paraibano levando o corpo pelo mundo afora!