Exercícios para acordar o cérebro

Os exercícios ajudam a desenvolver os lobos frontais, desenvolvem a memória, a percepção e a córtex do cérebro

Engana-se quem acredita que é apenas o corpo que necessita de exercícios para aumentar a resistência, disposição e a qualidade de vida. O cérebro também é bastante exigente e necessita de atividades.

O neurocientista dos Estados Unidos, Larry Katz, desenvolveu uma ginástica para o cérebro que recebeu o nome de neuróbica ou neurofitness. Para o estudioso, assim como o corpo, a mente também precisa ser estimulada, desenvolvida e treinada.

A técnica desenvolvida por Larry proporciona uma maneira agradável, confortável e equilibrada de se estimular o cérebro.

Os exercícios que irão ajudar a deixar o cérebro mais forte e jovem são simples e podem ser realizados a qualquer hora do dia, independentemente do local.

Exercícios de neuróbica

Conte as pessoas

Ao chegar em algum local com muitas pessoas, determine quantas estão ao lado esquerdo e direito, memorize os objetos do local, feche os olhos e enumere-os.

Nas compras

Na hora de fazer as compras do supermercado, no lugar de fazer uma lista, tente decorar todos os itens necessários. Busque algumas técnicas de memorização para isso.

Acordando

Assim que acordar, ligue o rádio ou a televisão e ao longo do dia escreva os principais pontos de tudo aquilo que lembrar.

Veja tambémOs alimentos indicados para manter o cérebro mais eficiente

Relógio

Uso o relógio de pulso no braço direito.

Vestindo-se

Na hora de se vestir, tente colocar as roupas de olhos fechados.

Quebra cabeça

Nos tempos livres monte um quebra cabeça e cronometre o tempo. Cada vez que jogar, tente quebrar seu próprio recorde.

Escovando os dentes

Escove os dentes com a mão direita, caso seja canhoto e esquerda se for destro.

Percurso diferente

Utilize um percurso diferente daquele que o cérebro já está acomodado para ir ao trabalho ou escola.

Palavra nova

Todos os dias recorra a um dicionário, aprenda uma palavra nova e introduza-a no seu cotidiano.

Objetos

Imagine vários objetos diferentes e mentalmente deforme-os, alterando os pesos, textura e cores dele.

Veja também: Saiba quais são os alimentos que desenvolvem o cérebro das crianças

Pratique meditação

A meditação além de ajudar a melhorar e reforçar o cérebro, traz outros inúmeros benefícios para à saúde e organismo.

Ela aumenta a contração e a capacidade, promove a auto disciplina, auto confiança, auto aceitação e auto consciência, melhora e fortalece o sistema imunológico e traz paz e clareza ao raciocínio.

Benefícios do exercício para o cérebro

Em entrevista ao portal Academia Brasileira de Neurologia, a neurologista Sônia Maria Dozzi Brucki, revelou que os exercícios são uma das melhores formas de manter a saúde da mente.

Os exercícios ajudam a desenvolver os lobos frontais, desenvolvem a memória, a percepção e a córtex do cérebro.

“Com o passar dos anos, acontecem mudanças na cognição. No geral, algumas de nossas capacidades, como a memória, são reduzidas. Obviamente, isso varia de pessoa para pessoa. Há indivíduos que permanecem iguais e há aqueles em que essa diminuição é mais rápida. Alguns fatores, no entanto, estão envolvidos com a preservação dessas funções: uma boa alimentação, bom sono, bom humor, o tratamento das doenças sistêmicas (como diabetes, hipertensão, dislipidemia e obesidade), exercício físico e manutenção de um cérebro ativo”, revelou.

Veja também: Condicionar o cérebro é a melhor forma de emagrecer

Para o neurologista Leandro Teles, o cérebro precisa se sentir desafiado. “Muitas pessoas acabam caindo na rotina e automatizando boa parte da atividade mental. O cérebro ser tirado da zona de conforto, criar soluções, testar hipóteses, errar, acertar, enfim, aprender durante toda a vida. Isso é conseguido no dia a dia buscando sempre atividades intelectuais novas ou mesmo fazendo coisas da rotina de um jeito criativo e diferente”, aconselhou.-

Sobre o autor

Formada em Jornalismo pela Unicap, pós-graduada em Comunicação Empresarial e Mídias Digitais pela Devry, fez intercâmbio na ETC School, em Bournemouth (UK) e tem experiência nas áreas de assessoria de comunicação, produção de vídeo e foto e redação.