Veja dicas importantes para cuidar da pele do bebê no inverno

O vento frio, a diminuição da umidade do ar e os banhos mais quentes fazem com que a pele fique seca e sem vida

A chegada das baixas temperaturas podem representar um verdadeiro terror para a pele. Isso porque o vento frio, a diminuição da umidade do ar e até os banhos mais quentes fazem com que a pele fique seca e sem vida, por isso, investir em cuidados pontuais é a solução mais indicada. Se o frio faz todo esse estrago na pele dos adultos, imagine na pele dos bebês, que são ainda mais sensíveis.

Neste período os pais devem redobrar a atenção com a pele dos bebês, pois esses fatores contribuem para o ressecamento excessivo da epiderme. “No inverno a pele tende a ressecar e desidratar, tornando-a mais sensível. Por ter uma cútis muito delicada, os pequenos podem sofrer ainda mais com o problema”, alerta a enfermeira Natalia Modica.

Além do mais, algumas lesões podem ser identificadas, como explica a enfermeira Luciana Santos. “No geral, a pele ressecada não costuma causar maiores problemas, além do prurido (coceira), porém, em alguns casos, podem surgir pequenas lesões, que se não forem tratadas, geram complicações como descamação e lesões na pele, permitindo a entrada de germes e bactérias”.

Veja dicas importantes para cuidar da pele do bebê no inverno

Foto: depositphotos

O que fazer

Para evitar a incidência desses problemas, algumas providências podem ser tomadas, sobretudo no âmbito da prevenção. É importantes deixar claro que, ao menor sinal de qualquer anormalidade na pele do bebê, é imprescindível que os pais procurem orientação médica. Isso vai certificar que nenhum problema mais grave seja desenvolvido pelo bebê.

Para evitar alterações da pele do bebê no inverno, confira a seguir algumas dicas das enfermeiras:

Evite banhos quentes e demorados

A temperatura ideal para o banho deve girar em torno de 37/38 graus. Vale ressaltar que os banhos devem ser curtos, de no máximo 10 minutos. Na hora de optar por shampoo e sabonetes, a melhor opção são aqueles que não contêm álcool na fórmula. Já na hora de secar, uma toalha de algodão cumpre bem esse papel, além de não agredir demais a pele do bebê.

Aposte na hidratação e proteção labial

Após o banho, realize intensa hidratação com emolientes (óleo, cremes e pomadas), principalmente nas áreas expostas como rosto. Nesse sentido, o mercado oferece uma gama de produtos específicos para os bebês. Dessa forma, evite usar produtos dos adultos nos bebês. Não esqueça de hidratar e proteger os lábios, com protetor labial específicos para bebês ou lanolina.

Prefira roupas de algodão

Na hora de vestir o bebê, evite o uso de roupas de lã ou tecido sintético, prefira roupas de algodão. Caso seja inevitável, procure não deixar essas peças em contato direto com a pele do bebê, use uma roupa por baixo. Se nariz, mãos e pés estiverem gelados é sinal que o pequeno está com frio, por isso, preste atenção e esquente-o o mais rápido possível.