Como fazer chás com ervas finas

As ervas finas mais conhecidas são alecrim, tomilho, cebolinha e salsa

Você o que são ervas finas? E como fazer chás com ervas finas? Nesse artigo você vai aprender isso e muito mais. Acompanhe!

Plantas conhecidas por salsinha, cebolinha, alecrim e tomilho são consideradas ervas finas. Elas são bastante utilizadas na culinária do mundo inteiro, mas também em chás e extratos.

Essas ervas são ricas em substâncias desintoxicantes, responsáveis por eliminar os radicais livres, que trazem inúmeras complicações para o nosso organismo, como o envelhecimento precoce e câncer.

As bebidas à base de ervas finas também são aliadas poderosas do emagrecimento. Prova disso, são os chamados sucos detox que limpam o organismo, regulam o intestino e ajudam a queimar a gordura corporal acumulada.

O chá de ervas finas ajuda no emagrecimento do corpo

Salsinha, cebolinha, alecrim e tomilho são consideradas ervas finas (Foto: depositphotos)

Quando você for preparar alguma bebida com ervas finas, utilize sempre as mais frescas, sem sinais de mofo. Guarde-as em lugares secos e arejados e confira o aroma e a cor das folhas. Confira algumas receitas de chá de ervas finas.

2 receitas de chás com ervas finas

1. Chá tradicional de ervas finas

O blog ‘Chá Benefícios’ ensina como fazer uma receita tradicional do chá de ervas finas. Pegue 500 ml de água filtrada e coloque em uma panela com tampa até levantar fervura.

Depois disso, coloque 1 colher (de chá) de cada erva fina mais tradicional, como salsinha, cebolinha, tomilho e alecrim. Procure utilizar as ervas frescas e verdinhas.

Em seguida, deixe a mistura ferver por cerca de 10 minutos, sempre com a tampa da panela tampada. Ao desligar o fogo, mantenha o recipiente fechado por outros 10 minutos. Coe e beba até duas vezes ao dia.

2. Chá gelado de ervas finas

Separe as ervas finas secas que são facilmente encontradas nos supermercados e lojas do gênero, e coloque-as para ferver em 500 ml de água. Mantenha a panela fechada mesmo após a água levantar fervura por pelo menos 10 minutos.

Esse tempo é necessário para que a mistura apure tanto o seu aroma como para que ative os princípios ativos. Depois disso, coe e espere esfriar.

Em um liquidificador, coloque o chá já frio, com algumas pedras de gelo e o sumo de alguma fruta cítrica, como limão ou laranja. Bata e sirva gelado.

Cuidados

É importante lembrar que o consumo de qualquer tipo de chá deve ser moderado e contar com a liberação de um médico especialista. Se você faz uso de algum medicamento prescrito, não suspenda o seu uso até que um especialista analise o seu caso.

Crianças menores de dois anos, gestantes, lactantes e idosos com saúde frágil não devem tomar chás e extratos sem supervisão médica.