Comer antes de dormir engorda?

Certos hábitos podem colocar sua dieta a perder. Veja se esse é um deles

Se você é uma daquelas pessoas que têm dúvidas se comer antes de dormir engorda, chegou a hora de esclarecer todas elas a partir da leitura deste artigo. Certos hábitos podem colocar sua dieta a perder, veja se comer antes de dormir é um deles!

Antes de seguir com os esclarecimentos é bom levar em consideração que o organismo de cada pessoa funciona de forma única, necessitando de avaliação individual, principalmente quando alguns objetivos são levados em consideração.

Isso é só uma forma de atentar para a importância de procurar um profissional de saúde para responder a tais questões. Isso garante maior segurança na rotina que está sendo adotada.

Comer antes de dormir engorda?

Comer antes de dormir pode engordar caso você opte por alimentos calóricos

Dormir depois da alimentação pode até fazer bem (Foto: depositphotos)

A resposta para essa pergunta é “não”, comer antes de dormir não engorda. Porém, é importante levar em consideração o que foi falado no início desse artigo e também qual o tipo de alimento que você escolheu para comer antes de dormir.

Todos esses fatores podem contribuir para que a resposta para essa pergunta continue sendo “não”. Por isso que é tão importante que um profissional seja consultado para garantir que não saia nada de errado quanto ao futuro da sua dieta.

Mas, não basta apenas falar que comer antes de dormir não engorda para satisfazer a curiosidade de certas pessoas. Por isso, mais detalhes sobre o assunto será passado a partir de agora.

Veja também: O que comer antes de caminhar

Cochilo depois de comer faz mal?

Seja no almoço, jantar ou qualquer outra refeição, muita gente sente aquela vontade de tirar um cochilo, certo? Isso é explicado devido ao esforço que o corpo faz para digerir o alimento que acabou de ser ingerido.

É nessa hora que acontece uma verdadeira operação tarefa para que todos os nutrientes ingeridos através dos alimentos sejam distribuídos pelo corpo. O cérebro é o responsável por comandar toda essa operação.

Dessa forma, o fluxo sanguíneo para essa área acaba por ser reduzido, fazendo com que as atividades ligadas a ele sejam reduzidas, o que causa aquela sensação de sonolência.

Quando a pessoa dorme, no decorrer do sono, o combustível mais usado pelo corpo para manter as suas funções vitais em funcionamento é a gordura, em comparação ao açúcar. Sabendo o alimento certo para consumir, dormir depois da alimentação pode até fazer bem.

É importante destacar que o corpo demora cerca de duas horas para consumir os alimentos. Sendo assim, esse é o intervalo que é sugerido entre a última refeição da noite e o horário para ir dormir.

Porém, toda regra tem exceção. No geral, ela vai depender do biótipo de cada pessoa e dos hábitos cultivados ao longo do dia. “Vamos combinar que fazer um sanduíche com pão integral e um suco de frutas é diferente de comer um prato de macarronada antes de dormir”, diz o nutricionista Omar Faria.

O que você escolhe comer nos momentos que antecedem o sono também interfere na qualidade do mesmo. Se for um alimento leve, leite ou mesmo um suco natural, você pode ingeri-lo até 30 minutos antes de dormir.

“Tudo depende do que você come. O que não deve acontecer é você dormir com fome ou comer como se não houvesse amanhã antes de dormir”, vale a dica do nutricionista Omar Faria.

Veja também: O que comer antes de correr?

O que comer antes de dormir?

Como foi sugerido anteriormente, apostar em alimentos leves pode ser uma boa saída para evitar problemas com a qualidade do sono e com a balança, já que esse é o objetivo principal desse artigo.

Para quem busca ter um bom sono durante a noite, evite ir para a cama de estômago cheio, além de alimentos pesados, gordurosos e difíceis de serem digeridos, já que o metabolismo fica mais lento.

Iogurte com aveia

Antes de dormir é indicado comer iogurte com aveia

Esse alimento tem pouca caloria (Foto: depositphotos)

Dependendo do tipo de iogurte escolhido, a ingestão de calorias é mínima, por isso, engordar não vai ser o problema. O alimento é rico em triptofano, enquanto a aveia ajuda na absorção dos nutrientes.

Frutas secas

Antes de dormir é indicado comer frutas secas

Esse alimento é rico em fibras, mas evite o exagero (Foto: depositphotos)

As frutas secas são alimentos ricos em fibras e açúcar. Porém, na hora de ingerir, principalmente se for no período noturno, fique atento a quantidade. Já que exagerar pode colocar tudo a perder.

Torradas integrais

Antes de dormir é indicado comer torradas integrais

Combine torradas com queijo branco (Foto: depositphotos)

Os alimentos integrais são conhecidos por aumentar a sensação de saciedade. Com a torrada integral, a coisa não é diferente. Ela pode sim ser ingerida antes de dormir. Para completar, pode colocar um pouco de queijo branco.

Veja também: Alimentos para não comer no café da manhã

Queijo quark

Antes de dormir é indicado comer queijo quark

Esse laticínio prolonga a sensação de saciedade (Foto: depositphotos)

Esse tipo de queijo possui uma proteína que é absorvida de forma lenta pelo corpo, a caseína. Dessa forma, além de prolongar a sensação de saciedade ainda promove a síntese proteica, o que favorece a queima de gordura.

Manteiga de amendoim

Antes de dormir é indicado comer manteiga de amendoim

Esse alimento permite que a queima de gordura aconteça mesmo durante o sono (Foto: depositphotos)

A manteiga de amendoim é uma rica fonte de proteína, gorduras boas e fibra. O alimento otimiza a construção muscular e aumenta o dispêndio energético, ou seja, faz com que a perda de peso seja uma realidade, mesmo durante o sono.

Ovo

Antes de dormir é indicado comer ovo

Além de ajudar a emagrecer, o ovo melhora a qualidade do sono (Foto: depositphotos)

O ovo melhora a qualidade do sono e evita o desprendimento de energia em unidades menores. Outro ponto que faz do ovo um alimento ideal para se consumir antes de dormir é a presença da proteína triptofano.

Dicas adicionais

Uma boa solução para manter o foco na dieta, mesmo com aquela fome noturna, é procurar alimentos que induzam a mastigação e sejam pobres em calorias. A dica é dada pela médica nutróloga Liliane Oppermann.

O estímulo mastigatório é importante para deixar a pessoa mais saciada. Ou seja, tudo que é mastigável, a exemplo da cenoura, é válido”, diz Liliane. Outro alimento é a torrada integral, “ela tem bastante estímulo mastigatório”, completa a médica.

Ainda de acordo com a médica nutróloga, o ideal é investir em alimentos com substâncias específicas, são elas: triptofano, a vitamina B6 e o magnésio. Elas ajudam a preservar o bem-estar e controlar o peso.

Já em relação às frutas, uma boa dica para acabar com a forme e preservar o foco na dieta é a laranja. Nesse caso, ela é preferível se comparada ao suco, justamente pelo estímulo mastigatório que a fruta proporciona, em relação ao líquido.

Veja também: Como perder peso sem ter que comer menos

Em qualquer que seja a dúvida, não exite em procurar um profissional capacitado na área da alimentação. A partir das suas necessidades individuais, ele vai indicar qual a melhor solução para a adequação da sua dieta alimentar.

Sobre o autor

Formado em Jornalismo pela UniFavip | Wyden. Já trabalhou como repórter e editor de conteúdo em um site de notícias de Caruaru e em três revistas da região. No Jornal Extra de Pernambuco e Vanguarda de Caruaru exerceu a função de repórter nas editorias de Economia, Cidades, Cultura, Regional e Política. Hoje é assessor de imprensa do Shopping Difusora de Caruaru-PE, Seja Digital (entidade responsável pelo desligamento do sinal analógico no Brasil), editor da revista Total (com circulação em Pernambuco) e redator web do Remédio Caseiro.