Chá de salsa: para que serve esta bebida

Além de ser um ingrediente da culinária, a salsa produz um chá que limpa os rins e melhora a saúde

Você sabe para que serve o chá de salsa? Essa bebida, por incrível que pareça, é conhecida como uma das melhores e mais saudáveis opções de chás que existe! Está impressionado(a)? É porque ainda não viu todos os benefícios que você vai conseguir ao consumir esse chá.

Começando com uma prévia do poder dessa bebida, já adiantamos: é uma das melhores para purificar, limpar e melhorar os rins! Então se está procurando uma bebida que ajuda a emagrecer, a manter a boa saúde e ainda recupera os danos renais, pode cessar as buscas! Você já encontrou!

Muita gente faz careta ao pensar no sabor deste chá, mas convenhamos: seria pedir demais que um chá tão poderoso como esse ainda por cima fosse super gostoso. Mas brincadeiras à parte, o chá de salsa pode ser gostoso sim! E aqui vamos te ensinar como deixar a bebida deliciosa e nutritiva.

Aliado das dietas de perda de peso, tratamentos renais e um potente amigo da saúde da mulher, o chá de salsa tem poderes incríveis. Por isso, preste bem atenção neste artigo e confira como transformar esse ingrediente comum que é a salsa em um potente chá!

Chá de salsa: Para que serve?

A lista de benefícios do chá de salsa (ou salsinha) é imensa. Aqui, separamos os melhores e principais efeitos dessa bebida para o organismo humano.

O chá de salsa serve para auxiliar no tratamento de doenças renais, como pedra nos rins e infecções urinárias

Devido ao seu feito relaxante e calmante, essa bebida ajuda a diminuir as cólicas menstruais (Foto: depositphotos)

Confira para que serve o chá de salsa:

  • Limpa os rins
  • É anti-inflamatório
  • Melhora as defesas do corpo
  • Alivia dores da cólica menstrual
  • Previne doenças cardíacas
  • É diurético
  • Combate o mau hálito
  • Melhora a digestão
  • Trata e previne a anemia
  • Fortalece unhas, cabelos e pele
  • É antioxidante
  • Previne o câncer

Conheça os benefícios dessa bebida

Veja com detalhes todos os benefícios oferecidos pelo chá de salsa.

Limpa os rins

Em primeiro lugar, o chá de salsa faz muito bem para os rins. Essa é uma das suas maiores qualidades. É um chá muito indicado para auxiliar no tratamento de doenças renais, como pedra nos rins e infecções urinárias.

Veja também: Tratamento caseiro para infecção urinária

É anti-inflamatório

Os distúrbios inflamatórios podem ser tratados e aliviados com o chá de salsa. Isto porque essa planta possui vitamina C, que ajuda na prevenção de doenças inflamatórias.

Melhora as defesas do corpo

O chá de salsa contém a vitamina C e vitamina A. Essas propriedades são muito importante para aumentar a defesa do organismo e prevenir diversas doenças. A vitamina C também ajuda a acelerar a cura de feridas e reforça os ossos e dentes.

Alivia dores da cólica menstrual

As mulheres que sofrem com a cólica menstrual têm um grande aliado: o chá de salsa. Devido ao seu efeito relaxante e calmante, essa bebida ajuda a diminuir dores por todo o corpo. Em relação a cólica em si, seu efeito se dá pela ação antiespasmódica.

Previne doenças cardíacas

O chá de salsa também consegue afastar os riscos de desenvolvimento das doenças do coração. Esse efeito é resultante da ação do ácido fólico em sua composição, que ajuda no controle da homocisteína.

A homocisteína é um composto químico que, em grande quantidades no corpo, pode levar a doenças cardíacas como ataque do coração, aterosclerose e derrame.

É diurético

O chá de salsa estimula o funcionamento dos rins, como já citado antes. Ele também melhora a circulação de um modo geral e elimina toxinas do corpo através da ação diurética. É um ótimo chá para ser tomado durante tratamentos de infecção urinárias, pois expulsa os micro-organismos presentes na bexiga.

Combate o mau hálito

Esse é um daqueles benefícios escondidos, que pouca gente sabe. O chá de salsa traz a clorofila da planta em sua composição. Isso ajuda a manter o hálito fresco e agradável.

Melhora a digestão

Essa bebida estimula a produção de saliva e de enzimas essenciais para a digestão. Ambas diminuem a acidez no estômago e previnem problemas como azia e estufamento.

Trata e previne a anemia

A salsa contém ferro e vitamina C, nutrientes essenciais no tratamento da anemia. Esses componentes também são ótimos para combater a fadiga e o cansaço.

Fortalece unhas, cabelos e pele

A clorofila presente na composição do chá de salsa ajuda também a fortalecer e nutrir os cabelos, unhas e a pele em geral.

É antioxidante

Esse chá também atua na proteção e reversão dos danos oxidativos nas células. Esse problema acarreta no envelhecimento precoce e doenças de origem celular, como Parkinson e Alzheimer. Use o chá regularmente para evitar essas doenças.

Previne o câncer

A salsa possui uma substância chamada miristicina, que ajuda a inibir tumores malignos, que resultam em câncer. Uma vez que a salsa é considerada um alimento quimiopreventivo, o chá dessa bebida é indicado para quem tem histórico de câncer na família e ex-pacientes da doença.

Como fazer chá de salsa

Em uma panela, coloque 2 xícaras de água pura e espere ferver. Quando atingir a ebulição, desligue o fogo e adicione o equivalente a 4 colheres (de sopa) de salsa (ou salsinha). Tampe e deixe por 10 minutos. Beba sem açúcar.

Bem simples, não é? Mas a verdade é que o sabor do chá de salsa não é tão apreciado por todos os paladares. Isso porque estamos acostumados a tomar chás bem mais saborosos, como o de hortelã e canela.

Por isso, agora vamos te ensinar várias receitas que, na verdade, são truques para melhorar o sabor deste chá. Assim você vai poder inclui-lo na sua dieta sem problemas.

Veja também: Benefícios da salsa para saúde do organismo

Receitas de chá de salsa

Esse tópico foi feito especialmente para aquelas pessoas que não gostam do sabor do chá de salsa (ou da salsa em si), mas querem os benefícios que a bebida oferece. Pode ficar tranquilo(a)! Vamos te mostrar receitas que neutralizam o sabor da planta, mas mantém todos os benefícios.

O chá de salsa é um aliado da saúde renal devendo ser usado para prevenir problemas nos rins

Para melhorar o sabor do chá de salsa, aposte no limão, abacaxi ou canela (Foto: depositphotos)

Chá de salsa com limão

Essa é aquela dica básica e simples para disfarçar o sabor da salsa e transformar esse chá em uma bebida suave e refrescante.

Receita: Coloque 1 litro de água em uma panela para ferver. Após isso, desligue o fogo e adicione 5 ramos de salsa. Tampe e deixe por 10 minutos. Em seguida, adicione o suco de 1 limão, coe e beba. Se preferir, adoce com 1 colher (de sopa) de mel.

Chá de salsa e casca de abacaxi

Entre as receitas do chá de salsa, a mais nutritiva é o chá de salsa com a casca do abacaxi. Essa mistura resulta em um chá mais doce e cítrico, que reduz bastante o sabor puro da salsa.

Receita: Em uma panela, coloque 2 xícaras de água e espere ferver. Adicione a casca lavada de meio abacaxi e deixe em fervura por 10 minutos. Desligue o fogo e espere a fumaça cessar. Depois adicione 3 colheres (de sopa) de salsa, tampe e deixe por mais 5 minutos. Coe e beba sem açúcar.

A casca do abacaxi já vai trazer doçura à bebida, mas se você não achar suficiente, adicione 1 colher (de sopa) de mel. Não use açúcar, porque assim o chá vai perder nutrientes.

Chá de salsa com canela

Outro alimento bastante eficiente para disfarçar o sabor da salsa é a canela. Além de melhorar o sabor (para aqueles que têm o paladar mais difícil), a canela traz para o chá outros benefícios. Melhorar o metabolismo e higienizar o organismo são alguns deles.

Receita: Em uma panela com 2 xícaras de água quente (sem ter atingido o ponto de fervura), adicione 1 pau de canela e 2 colheres (de sopa) de salsa. Misture bem e desligue o fogo. Tampe e deixe por 10 minutos. Em seguida, coe e beba.

Essa também é uma das opções em que não é recomendado adoçar o chá de jeito nenhum. O uso de açúcar, adoçante e até mesmo mel vai acabar “cortando” vários efeitos positivos do chá.

Chá de salsa com gengibre

Essa é a melhor opção para quem quer usar o chá para emagrecer. Isso porque o chá de salsa já é muito pouco calórico, mas quando preparado com gengibre, aumenta a queima de calorias do corpo.

Receita: Coloque 3 xícaras de água em uma panela e espere esquentar. Antes de atingir o ponto de fervura, desligue o fogo e adicione 4 colheres (de sopa) de salsa e 1 pedaço de gengibre (entre 3 e 4 cm). Tampe por 10 minutos, em seguida coe e beba.

Nessa receita, você pode substituir o gengibre inteiro pelo gengibre em pó. A quantidade equivale a mais ou menos 1 colher (de sopa). Também é preferível que não se use nada para adoçar esse chá, uma vez que vai diminuir o efeito emagrecedor.

Veja também: Suco de salsa emagrece e é rejuvenescedor

Chá de salsa e hibisco

Essa é a melhor opção para tratar dois problemas comuns: a retenção de líquidos e a infecção urinária. A união da salsa com o hibisco promove a bebida uma enorme ação diurética e anti-inflamatória.

Receita: Coloque 1 xícara de água em uma panela e ligue o fogo. Quando estiver bem perto de atingir a fervura, desligue o fogo e adicione 1 colher (de sopa) de hibisco e 1 ramo de salsa. Tampe por 10 minutos. Em seguida coe e beba.

Essa receita pode ser adoçada, mas use 1 colher (de sopa) de mel para isso. Evite usar açúcar, para não diminuir o poder desse chá.

Como tomar essa bebida de forma correta

O chá de salsa é um grande aliado da boa saúde, mas muita gente o consome da forma errada. Todo chá possui horários e jeitos específicos que melhoram o seu funcionamento no corpo humano, e com o chá de salsa não é diferente.

O melhor horário para tomar o chá de salsa é pela manhã, use o chá para quebrar o jejum. De estômago vazio, o organismo vai absorver rapidamente os nutrientes e propriedades medicinais desse chá.

E graças ao seu efeito diurético, em cerca de meia hora, o corpo já vai ter adquirido todos os benefícios.

Quantas vezes devo tomar o chá?

Até 3 vezes ao dia. Como qualquer chá natural, o excesso de consumo pode ser um tiro pela culatra. E, em vez de beneficiar, o exagero pode prejudicar a saúde.

Dessas 3 vezes em que tomar o chá, separe 2 xícaras pela manhã (jejum e antes do almoço) e 1 xícara durante a tarde (antes do lanche da tarde).

Chá de salsa aborta?

Sim, pois aumenta as chances de um aborto espontâneo. Se você pesquisar um pouco sobre chás abortivos, vai ver o chá de salsa em quase todas as listas. Isto se deve ao fato de que a salsa afeta diretamente o útero, sendo um alimento que age nos espasmos uterinos.

O chá de salsa provoca espasmos e leve irritação no útero. No fim da gravidez, pode induzir ao parto. Já no início da gestação, pode provocar aborto.

A ação espasmódica no útero é benefício para mulheres que sentem cólica, pois alivia a dor, mas em mulheres grávidas o chá oferece mais riscos do que vantagens.

De todo modo, mesmo que esteja com a gravidez saudável, não faça uso do chá de salsa. Isso vai diminuir os perigos para a gestação e para o bebê. Veja abaixo outras contraindicações dessa bebida.

Contraindicações

O chá de salsa não é recomendável para diabéticos, uma vez que diminui o nível de glicose no organismo. Diabéticos fazem uso de remédios que já tem esse efeito, por isso, o chá de salsa pode ser um exagero e causar hipoglicemia.

Não exagere no uso do chá de salsa, pois pode causar sangramento vaginal, mal-estar, dores na região do abdômen e vômitos.

Salsa e cheiro verde são a mesma coisa?

Não. A salsa é uma planta usada como tempero, já o cheiro verde é um tempero preparado com a salsa e cebolinha. Em alguns locais, o cheiro verde ainda tem na composição o coentro, que também é uma planta usada na culinária.

Sendo assim, apesar de conter a salsa, o cheiro verde é um tempero e não uma planta em si. Para fazer o chá, sempre use apenas a salsa, limpa e fresca.

E a salsa e salsão?

Salsa e salsão não são a mesma planta, mas são parentes. Ambas pertencem à família da umbelíferas, mas são diferentes entre si. O salsão é o conhecido aipo, qual geralmente encontramos o seu caule verde na culinária.

Enquanto a salsa é a aquela plantinha verde que encontramos em receitas e molhos. Apesar de terem o nome parecido, ambas as plantas não devem ser confundidas, pois têm propriedades bem diferentes.

Sobre o autor

24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.