Chá e receitas naturais para dor de garganta

Entre as principais formas de alívio para esse tipo de dor estão o consumo de gengibre e o chá de canela com mel

Chá e receitas naturais para dor de garganta são sempre bem-vindos porque nunca se sabe quando vamos ser acometidos por esse incômodo mal.

Quem nunca passou por uma dor de garganta daquelas? Dor, secreção, incômodo, perda da fala e do paladar… Esses são alguns dos sintomas que vez ou outra aparecem na garganta, dificultando a vida em vários sentidos.

Apesar de geralmente serem causadas por problemas simples de tratar, a dor de garganta pode causar muita dor e agonia.

Às vezes são causadas por inflamações e infecções, sendo necessário, nesses casos, uma perspectiva médica. Em outros casos, pode ser causada inclusive pelo excesso do uso da voz ou pela ingestão de comidas e bebidas muito geladas, por exemplo.

Em todos os casos, a dor de garganta é um episódio horrível, que pode ser aliviado com algumas alternativas naturais. Não faz muita diferença como a dor na garganta surgiu, as alternativas naturais podem acelerar o tratamento e proporcionar alívio, muitas vezes imediato. Confira.

Receitinhas naturais para aliviar e tratar a dor de garganta

Gengibre

Por ter propriedades analgésicas, o chá de gengibre é usado para tratar dor de garganta

O gengibre tem ação rápida e bastante eficiente, sendo muito indicado para aliviar os sintomas (Foto: depositphotos)

Para começar, nada melhor do que falar do remédio natural mais clássico e consumido para o alívio de dores na garganta: o gengibre. Rico em propriedades analgésicas, o gengibre é recomendado para o alívio de diversas dores, mas tem o seu efeito percebido de forma mais rápida nas dores de garganta.

Tem ação rápida e bastante eficiente, sendo uma pedida comum em farmácias – onde é encontrado em forma de balas e sprays. Apesar disso, sua versão natural consegue ser ainda mais potente.

Veja também: 5 chás que você deve tomar para combater dor de garganta

É anti-inflamatório e antibiótico, portanto pode ser ingerido mesmo em casos de inflamação e infecção. Não possui contraindicações. É barato e muito fácil de encontrar em feiras, mercados, hortifrutis e lojas de artigos naturais.

Além de todos esses benefícios, o gengibre reforça o sistema imunológico, fortalecendo as defesas do corpo e é capaz de acelerar o metabolismo, facilitando a perda de peso.

A melhor maneira de consumir os benefícios do gengibre é através do seu chá. Para prepará-lo, lave bem a raiz e as seque. Depois corte em pedaços ou rale. Você pode comprar a raiz já picada ou ralada em lojas de artigos naturais.

Ferva 200 ml de água. Quando atingir o ponto de fervura, abaixe o fogo, acrescente uma colher (de sopa) de gengibre, – mas pode usar mais ou menos, o que vai mudar o teor amargo – e tampe a panela. Deixe em fogo baixo por 10 minutos.

Em seguida, coe e sirva. Se preferir, adoce com mel de abelha, o que o deixa mais analgésico ainda. Para aliviar as dores de garganta, tome o chá três vezes ao dia. Seu efeito é potencializado quando ele está morno.

Chá de canela com mel de abelha

A combinação de canela e mel tanto alivia quanto trata a dor de garganta

Esse chá alivia rapidamente dores e ressecamentos na garganta (Foto: depositphotos)

A combinação de canela e mel é eficiente tanto para tratar o que causa a dor de garganta quanto para aliviar as dores. Isso porque a canela é um antisséptico natural muito eficiente, que limpa a garganta dos vírus e bactérias que a aflige.

Veja também: Gargarejo com vinagre para aliviar dor de garganta

Já o mel é um excelente antibiótico natural, utilizado desde a Antiguidade pela medicina. Além disso, possui propriedades analgésicas muito eficientes, que servem para proporcionar alívio rápido para dores e ressecamentos.

Dessa forma o chá de canela e mel ajuda a combater as dores de garganta causadas por agentes externos como bactérias e vírus; e, de quebra, ajudam a aliviar bastante a dor.

Para preparar o chá é muito simples, mas é preciso que a canela seja em pau. Ferva 500 ml de água e adicione de três a quatro paus de canela. Deixe o fogo baixo e tampe a panela por 10 minuto. Em seguida, desligue o fogo e deixe amornar.

Retire a canela da água e adicione duas colheres de mel de abelha. Mexa bem para misturar tudo. Pronto! O ideal é beber meia xícara do chá sempre que a garganta começar a doer mais forte. Não tome mais que quatro vezes ao dia.

Além dos benefícios para a garganta, esse chá é um ótimo termogênico e ajuda no ciclos menstruais. Auxilia também no combate a rouquidão.

Gargarejo com água e sal

O gargarejo de água e sal higieniza a garganta, acelerando a cura da dor de garganta

O gargarejo com água e sal é eficaz para eliminar os micro-organismos (Foto: depositphotos)

Essa dica também é muito básica e caseira. Muita gente que faz o gargarejo com água e sal percebe os efeitos, mas não sabe o que exatamente causa o alívio.

Veja também: Pastilha caseira para tratar dor de garganta e tosse

O sal é uma substância com capacidade de eliminar bactérias, vírus, fungos e outros agentes nocivos que causam mal ao corpo. Quando esses agentes se alojam na garganta, as inflamações e infecções podem causar muitas dores e incômodo.

O gargarejo com água e sal é super eficaz para eliminar os micro-organismos e higienizar a garganta, o que acelera bastante o tratamento. Além disso, as propriedades básicas do sal são capazes de proporcionar alívio rápido, porém não muito duradouro.

Para fazer o gargarejo, é só encher um copo com água e uma colher de sal de cozinha. Mexer bem até diluir, gargarejar bastante – o máximo que conseguir – e depois cuspir.

Jamais engula a água com sal. Além de estar colocando os micro-organismos da garganta para dentro do corpo, a mistura é muito rica em sódio, o que pode provocar danos referentes a pressão e metabolismo.

O limite máximo de gargarejos por dia é de três vezes. Fazer mais do que isso pode causar ressecamento da boca e da garganta, o que pode piorar toda a situação.

Procure um médico

Por mais que as dores de garganta sejam causadas, geralmente, por problemas simples e leves de saúde, em alguns casos, essa situação pode ser causada por doenças sérias e graves.

Veja também: Dores na garganta podem estar ligadas a chegada da primavera

A garganta, assim como a boca, é uma área muito sensível e de potencial doloroso enorme. Então, se alguma coisinha estiver fora do lugar, ou mesmo a menor feridinha surgir, vamos perceber imediatamente. Se os sintomas não sumirem em uma semana, procure um médico especialista.

Sobre o autor

24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.