Chá de quixaba – Benefícios e propriedades

O chá de quixaba é rico em propriedades nutricionais e benefícios para a saúde e bem-estar. O fruto é um complexo de vitaminas e nutrientes indispensáveis ao corpo humano. Genuinamente brasileira e comum no Nordeste do Brasil, a quixaba é uma fruta saborosa que pode ser o segredo para uma vida saudável.

A quixabeira (Sideroxylon obtusifolium) é uma árvore de grande porte, que pode chegar aos 15 metros de altura. Os frutos são redondos, pequenos, doce e de cor preta, semelhante às jabuticabas. Suas propriedades são benéficas ao corpo humano de várias formas, garças ao seu potencial medicinal.

Também conhecida como sapotiaba, maçaranduba da praia e caronilha, é possível encontrar essa planta em regiões tropicais e pantaneiras do Brasil. Tanto o fruto, quanto a casca da árvore e folhas possuem propriedades medicinais e são comumente usadas em tratamentos de doenças através da medicina caseira e alternativa.

São uma das frutas preferidas de aves e algumas espécies de insetos. Confira um pouco mais sobre as possibilidades do uso da quixaba.

Propriedades da quixaba e do chá

O quixaba possui diversos princípios ativos que agem em variados sistemas do corpo humano. Esses benefícios podem facilmente serem ingeridos in natura, com o consumo da fruta de forma natural. Outra maneira de obter essas propriedades presentes na quixaba é através do chá feito com a casca da árvore.

Apesar do fruto conter muitos nutrientes, a casca da quixabeira é quem detém a maior capacidade medicinal da planta no geral. Em sua composição é possível encontrar anti-inflamatórios, hipoglicemiantes e propriedades altamente cicatrizantes.

Mulher tomando chá

A infusão dessa planta é feita com as cascas da árvore quixabeira (Foto: depositphotos)

Na composição química do fruto e da casca é possível encontrar triterpenos, ácido triterpênico e inclusive esteroides. O que faz tanto a fruta natural quanto o chá possuírem efeito tônico.

Possui sabor doce, que é mais acentuado quando consumido de forma natural e com a fruta fresca. Contudo, esse teor doce se dilui na forma de chá, que deve ser consumido preferivelmente sem açúcar.

Benefícios do chá de quixaba

São muitos os benefícios oferecidos através do consumo do chá de quixaba. Entre eles, alguns se destacam, como a capacidade de auxiliar no tratamento para diminuir alguns tipos de dores constantes, seu efeito anti-inflamatório e cicatrizante. Confira os principais benefícios:

Alivia dores de coluna

Um dos principais efeitos do chá de quixaba é a sua capacidade de aliviar dores de coluna. Sua capacidade analgésica é geral, e atua em várias áreas do corpo. (1) Então por que essa ênfase nas dores das costas? Isso se deve graças aos princípios ativos da quixaba, que atuam com mais facilidade em órgãos e musculatura da região lombar.

Ajuda no tratamento de cisto no ovário

As propriedades da quixaba, quando consumidas em forma de chá morno, ajudam no alívio e tratamento de cistos nos ovários. As mulheres que já passaram ou passam por esse problema sabem o quanto é doloroso e difícil.

A ingestão do chá de quixaba ajuda a aliviar dores causadas por cistos, nos episódios popularmente chamados de “crises de ovários”. Isso também acontece graças às propriedades analgésicas, as mesmas responsáveis por aliviar as dores de coluna já citadas.

Além disso, alguns estudos apontam essa planta como um remédio natural para evitar tipos de câncer. Isso graças à presença de antocianinas, substâncias que pertencem à classe dos flavonoides. (2)

Controla a diabetes

Apesar de ser uma fruta doce, a quixaba é hipoglicêmica. Isto é, possui propriedades capazes de diminuir o nível de açúcar no organismo, desse modo, contribuindo para o controle dos picos glicêmicos. (2)

É uma grande aliada dos diabéticos, pois além de ser saborosa é uma fruta que traz grandes vantagens para o organismo que sofre desse problema. Para que esse efeito seja conquistado, é preciso fazer uso regular do chá de quixaba.

Combate inflamações

O chá da quixaba também é bastante recomendado para aliviar dores e tratar inflamações no geral. Isso porque, trata-se de uma planta com atividades analgésicas, como já foi mencionado. (1) Contudo, seu efeito mais perceptível é percebido em inflamações de garganta e articulações.

Ajuda na cicatrização de feridas

O chá de quixaba tem grande potencial adstringente, o que provoca a diminuição de secreções. Assim, ele é muito bom para a cicatrização de feridas na pele. (2)

Nesse caso, a infusão da quixaba deve ser usada de duas formas: parte aplicada sobre a ferida e outra parte ingerida. A aplicação ajuda na higienização da ferida, e o consumo auxilia e acelera a cicatrização. Por isso, é muito recomendada para assegurar uma cicatrização saudável.

Receita do chá de quixaba

Ingredientes

  • 2 colheres (de sopa) de casca seca de quixaba
  • 1 litro de água

Modo de preparo

Fazer a infusão da quixaba é muito fácil. Esquente a água em uma panela. Quando atingir o ponto de fervura, adicione as cascas da quixaba. Deixe agir por 15 minutos. Depois deixe amornar, coe e coloque em um recipiente limpo. Vá consumindo durante o dia.

O tempo de fervura é mais longo do que os chás comuns elaborados com ervas, porque as cascas demoram mais para liberar os nutrientes. Contudo, é um chá bastante potente. Pode ser consumido inclusive por crianças, mas deve ser evitado por diabéticos que já fazem uso de insulina e mulheres que amamentam.

Para mais informações, consulte um médico

Se você pretende usar o chá de quixaba para tratamento de alguma doença, como diabetes, procure antes a opinião de um médico especialista. Os efeitos da quixaba podem ser neutralizados ou mesmo provocar efeito negativo se for usada de forma errada e em situações inapropriadas.

Mais informações sobre a quixaba

A casca da quixabeira é tão valiosa devido ao seu potencial medicinal usado em métodos naturais de tratamento de doenças que a árvore está seriamente ameaçada de extinção. A cada dia é mais difícil encontrar a planta na natureza, sendo mais comum vê-la em propriedades privadas.

Além disso, a madeira dessa árvore é muito usada em construções civis e marcenaria, o que aumenta o seu extrativismo e comercialização. É usada também para a produção de carrancas, esculturas entalhadas muito comuns em cidades do Nordeste.

Os principais agentes de preservação da quixabeira são os pescadores. Devido a sua presença próxima a rios e áreas de simples embarcações, esses profissionais formam as principais organizações brasileiras de conservação e proteção à quixaba.

Referências

(1) NETO, Vitor Araújo. et al. “Benefícios terapêuticos de Sideroxylon obtusifolium (Humb. Ex. Roem. & Schult.) TD Penn., Sapotaceae, em modelos experimentais de dor e inflamação“. Revista Brasileira de Farmacognosia, 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-695X2010005000043&script=sci_arttext. Acesso em 1 de março de 2019.

(2) FIGUEIREDO, FJ; LIMA, Vlag. “Atividade antioxidante de antocianinas de frutos de quixabeira ( Sideroxylon obtusifolium )“. Revista Brasileira de Farmacognosia, 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1516-05722015000300473&script=sci_arttext. Acesso em 1 de março de 2019.

Sobre o autor

Avatar
24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.