Chá de cebola – Propriedades e como fazer esta infusão

O chá de cebola pode ser usado pela medicina natural de várias maneiras, desde expectorante até mesmo um forte remédio de inibição do câncer

Você já ouviu falar sobre o chá de cebola? Essa bebida natural é o segredo de muitas pessoas para se manter super saudáveis e resolver um montão de problemas de saúde sem precisar tomar remédios comuns. Conheça aqui as propriedades, benefícios e como preparar esse chá.

Mas antes de mais nada, é preciso entender que a cebola é um alimento natural do tipo bulbo. Seu nome científico é Allium cepa. Alguns livros e estudos estimam que a cebola seja um alimento consumido há mais de 4 mil anos. Calcula-se também, comprovadamente por registro históricos, que os primeiros usos medicinais da cebola foram feitos pelos egípcios. (1)

Em relação ao sabor da cebola, é um critério do paladar. Existem pessoas que amam e outras que odeiam. Mas, o que ninguém pode negar é que este é um alimento rico em benefícios para a saúde. Essa riqueza é irrefutável!

Nesse artigo você vai aprender tudo sobre o chá de cebola. Trata-se de uma bebida natural que transfere os benefícios da planta para o líquido da infusão. Com o uso desse chá, é possível obter várias capacidades medicinais incríveis. Confira a seguir!

Benefícios e propriedades do chá de cebola

A cebola, por si só, é um alimento rico em propriedades benéficas para a saúde e bem-estar. E quando o assunto é chá de cebola, as propriedades medicinais podem ser exploradas da melhor maneira. Veja os benefícios do chá de cebola:

Chá de cebola

A ação expectorante é um dos principais benefícios do chá de cebola (Foto: depositphotos)

  • Rico em nutrientes saudáveis
  • É um expectorante natural
  • Ajuda a emagrecer
  • Age como um laxante natural
  • É anti-inflamatório
  • É diurético
  • Ajuda a equilibrar os níveis de glicose
  • Combate o câncer
  • É uma fonte natural de selênio.

Conheça melhor os benefícios

Além do uso na culinária, onde serve de tempero para grande quantidade de comidas, receitas, saladas etc., a cebola também pode ser empregada como um produto medicinal da ciência alternativa. O chá de cebola é uma bebida que traduz essa capacidade.

O chá de cebola pode ser usado pela medicina natural de várias maneiras, desde expectorante até mesmo um forte remédio de inibição do câncer. Além disso, estudos comprovam outros efeitos medicinais desse chá, como laxante, anti-inflamatório, carminativo e diurético.

A seguir, veja um pouco sobre cada um dos benefícios comprovados pela ciência e se surpreenda com o enorme potencial da cebola e do seu chá!

Rico em nutrientes saudáveis

A cebola possui algumas vitaminas importantes para a manutenção da boa saúde. Entre as principais vitaminas presentes na composição da cebola, podemos destacar a vitamina B9 (ácido fólico), C, A e a colina, uma vitamina do complexo B. (2)

Contém muitos sais minerais, como potássio, fósforo, cálcio, magnésio e sódio. Todos esses são essenciais para uma vida saudável. Por toda essa composição, o chá dessa planta tem diversas propriedades benéficas à saúde. O seu uso diário é considerado preventivo de várias doenças e incômodos.

Muitas pessoas saudáveis no mundo tem o hábito de consumir constantemente o chá de cebola. Isso acaba ajudando a melhorar o metabolismo, evitar doenças graves e gerar a sensação de bem-estar.

É um expectorante natural

Você já ouviu falar sobre o xarope de cebola ou água de cebola? São receitas naturais da medicina alternativa usadas principalmente como expectorante. O chá de cebola também tem esse potencial, principalmente no combate da bronquite, catarros crônicos, e secreções brônquicas. (3)

Além desses benefícios, o chá de cebola é útil no tratamento de tosse, acúmulo de catarro, rouquidão e mucosidades em geral. Por isso, se a gripe ou tosse com secreção apareceu, é melhor já ir fazendo um chazinho de cebola para mandar o catarro embora.

Apesar de natural, o chá de cebola é um expectorante bem potente. Se não acredita, faça um pouco do chá e comprove por si mesmo(a).Essa bebida possui vitamina C, o que também pode ajudar no combate a gripes e resfriados, além do catarro que eles podem trazer.

Ajuda a emagrecer

Quando o assunto é perder peso, a cebola pode ser uma grande aliada. O chá de cebola é um chá que tem pouquíssimas calorias e promove saciedade. É uma ótima opção para quem está em dieta de emagrecimento.

Uma cebola inteira tem entre 50 a 60 calorias. (2) Se isso já é pouco, imagine o chá feito com esse bulbo. Tanto o chá feito de cebola quanto a infusão da casca são bebidas naturais com baixíssimo teor calórico.

Além disso, as propriedades da cebola promovem melhora no funcionamento do intestino. (1) Ao combater a prisão de ventre e os gases, o chá desincha a região abdominal. Isso é recomendado para quem busca perder medidas nessa região do corpo.

Como se não bastasse tudo isso, a cebola ainda possui ação diurética. Isso quer dizer que ela faz aumentar o fluxo urinário e ajuda o organismo a eliminar líquido retido, o que também reduz medidas e promove bem-estar.

Age como um laxante natural

Como citado anteriormente, o chá de cebola possui um leve efeito laxante natural. Seu consumo ajuda o intestino a regular as suas funções, prevenindo a conhecida prisão de ventre (1).

Essa ação se deve a sua fibra solúvel, uma substância conhecida como frutano. Ao chegar no intestino, o frutano se transforma em uma espécie de gel que se converte em ácidos graxos. Esses ácidos estimulam os movimentos intestinais, melhorando a flora e a saúde local.

É uma opção muito recomendada para combater a prisão de ventre causada por estresse ou traumas (físicos e psicológicos). Não possui contraindicações nesse caso.

É anti-inflamatório

A cebola possui compostos sulfúricos e antioxidantes entre as suas propriedades. Eles ajudam a combater e prevenir inflamações em todo o organismo, seja qual for o tipo de inflamação. (1)

Dessa forma, consumir o chá de cebola constantemente pode prevenir dores e doenças inflamatórias. Além disso, beber essa infusão pode aliviar dores nas articulações, ombros e lombar, caso essas dores sejam causadas por quadros inflamatórios.

A ação anti-inflamatória de alimentos desse tipo pode servir como auxiliar no tratamento de úlceras e inflamações de qualquer tipo. Por isso, ajuda tratando problemas de pele, cérebro, garganta, ossos, estômago, rins e intestinos.

É diurético

O chá de cebola é uma bebida diurética. (1) Já falamos acima um pouco sobre esse efeito, mas agora vamos especificar esse benefício. Uma bebida diurética e depurativa, que ajuda o sistema urinário, auxilia na eliminação de toxinas e líquidos retidos, melhorando o funcionamento dos rins.

É imprescindível em casos de retenção de líquido, infecção urinária e recuperação da qualidade da urina. Potencializa os tratamentos para combater os problemas citados.

Ajuda a equilibrar os níveis de glicose

Alguns estudos indicam que a cebola é capaz de estabilizar a glicose sanguínea, o que é bastante benéfico para pacientes com diabetes. (4) Esse potencial se deve a presença da inulina em sua composição.

A inulina é um carboidrato complexo, que não deve ser confundido com a insulina, apesar de ambas atuarem sobre a glicose no corpo. A inulina pertence a classe da frutanas e está presente nas raízes da cebola.

Ela apresenta propriedades iguais às das fibras solúveis, que são capazes de equilibrar o nível de glicose no sangue e reduzir lipídios circulantes. Além disso, o seu consumo aumenta significativamente a absorção de cálcio em meninas e mulheres.

Como essa propriedade está presente nas raízes da cebola, obviamente as raízes precisam ser inseridas na produção do chá. Portanto, lave-as antes de usar.

Combate o câncer

Sim, o chá de cebola pode combater e inibir vários tipos de câncer, como aponta um estudo realizado pelo Instituto Nacional do Câncer. (5) Na verdade, o artigo afirma que o verdadeiro medicamento natural é o dialilssufeto, presente em vegetais do gênero allium (cebola, alho, alho poró, cebolinha e outros).

Entre os tipos de câncer que podem ser tratados com a cebola e seus medicamentos naturais derivados, está o câncer de mama. Essa doença é responsável pela morte de inúmeras mulheres ao redor do mundo todos os anos.

O dialilssufeto é uma substância que possui ação direta sobre as células e tumores cancerígenos, mas esse feito ainda é estudado. Apesar de comprovado, a medicina ainda procura saber como sua ação anticancerígena funciona. Acredita-se que os mecanismos atuam na inibição da tumorigênese através da relação com a capacidade de excreção de produtos carcinogênicos.

É uma fonte natural de selênio

Por fim, mas não menos importante, a cebola (assim como o seu chá) são fontes naturais de selênio, um sal mineral importante para a prevenção de várias doenças graves. Estudos afirmam com a falta de selênio no organismo pode gerar catarata, distrofia muscular, depressão, infertilidade, doenças cardíacas, câncer e problemas renais em humanos. (4)

O selênio é um nutriente importante para quem quer ter uma vida saudável. Ele protege o corpo de doenças crônicas relacionadas ao envelhecimento, como artrite, cirrose, enfisema e doenças circulatórias.

O chá tem os mesmos benefícios da cebola crua?

O chá de cebola (assim como o suco, xarope e água de cebola) tem poderes curativos e preventivos muito eficazes. É claro que não contém, em quantidade, as mesmas propriedades que o vegetal cru. Por exemplo, entre um gole de chá e uma mordida em uma cebola crua, logicamente o consumo de nutrientes é diferente.

O chá é uma receita natural que transfere boa parte dos benefícios da cebola para a água através do processo de infusão. Portanto, os benefícios da cebola crua estão sim no chá, o que evita de que o paciente precise consumir a cebola in natura.

Diferenças entre a cebola branca e a roxa

Dos vários tipos de cebola que existem, dois são os mais famosos no Brasil: a cebola-branca e a cebola-roxa. Mas você sabe qual a diferença entre as duas? Descubra aqui!

Cebolas branca e roxa partidas

Enquanto a roxa possui mais caloria, a cebola branca possui mais cálcio (Foto: depositphotos)

Em primeiro lugar, a cebola roxa é mais calórica, apesar de ter sabor mais suave e doce do que a sua irmã. As propriedades que dão cor e doçura para a cebola roxa também são os responsáveis por ela ser mais calórica. Contudo, não é uma diferença grande.

A cebola roxa é mais rica em betacaroteno, o que combate o envelhecimento das células. Por outro lado, a cebola branca possui mais cálcio, que contribui para a saúde dos ossos e alguns órgãos.

Como preparar o chá

Essa infusão pode ser preparada com pedaços do vegetal, com as cascas ou com as raízes. Em algumas receitas, surgem benefícios específicos. Veja as três formas de preparo e escolha a melhor, os efeitos de todas são praticamente os mesmos!

Receita do chá de cebola

  1. Descasque meia cebola e corte em rodelas (anéis de cebola)
  2. Coloque 1 xícara de água no fogo até ferver
  3. Assim que atingir a fervura, adicione a cebola, mexa e deixe por 5 minutos
  4. Em seguida, desligue o fogo e deixe tampado por mais 2 minutos
  5. Coe, adoce com 1 colher (de chá) de mel e beba morno.

Essa é a versão tradicional do chá. Contém todas as propriedades e benefícios citados nesse artigo. Pode ser consumido até 3 vezes ao dia em casos de secreções ou tratamentos. Em outros casos, como prevenção de doenças, o indicado é 1 xícara por dia.

Receita do chá das cascas de cebola

  1. Retire a casca de uma cebola grande e lave-as em água corrente
  2. Em uma panela ou bule, ferva 1 xícara de água
  3. Ao atingir a fervura, adicione as casca e deixe por 10 minutos
  4. Após isso, desligue o fogo, coe e adoce com 1 colher (de chá) de mel.

As cascas da cebola possuem os mesmo nutrientes que a cebola, uma vez que trata-se de um vegetal do tipo bulbo. Tome 3 vezes ao dia em caso de tratamento de alguma enfermidade. Caso use de forma preventiva, 1 xícara por dia é suficiente.

Receita do chá das raízes de cebola

  1. Retire as raízes de duas cebolas médias e lave em água corrente
  2. Leve 1 xícara de água ao fogo e espere ferver
  3. Ao atingir fervura, adicione as raízes e deixe por 10 minutos
  4. Em seguida, tampe e deixe por mais 5 minutos
  5. Coe e adoce com mel.

As raízes de cebola contém a substância que ajuda no controle da glicose sanguínea. No entanto, também traz as outras propriedades medicinais do vegetal.

Precauções

O chá de cebola não possui contraindicações, mas existem algumas precauções importantes. A primeira delas tem a ver com estômagos sensíveis. Isso significa dizer que pessoas com dificuldade de digerir alimentos ou problemas gástricos podem sentir leves dores e mal-estar ao consumir o chá de cebola.

O uso excessivo dessa bebida também pode causar enjoos e irritação gástrica, por isso deve ser consumido sem exageros. Além disso, esse chá pode gerar gases e flatulências, dependendo da alimentação do consumidor.

Em mulheres grávidas e lactantes, tomar mais de uma xícara de chá por dia pode gerar azia e desconforto estomacal. Portanto, é melhor suspender o uso do chá de cebola durante esses períodos, mesmo que a paciente queira aproveitar das propriedades e benefícios dessa infusão.

Referências

(1) On Line Editora. “Guia Minha Saúde 07 – Tudo Sobre Emagrecedores Naturais”, 2017. Disponível em: https://books.google.com.br/books?id=yzUrDwAAQBAJ&printsec=frontcover&hl=pt-BR&source=gbs_ge_summary_r&cad=0#v=onepage&q&f=false. Acesso em 3 de dezembro de 2018.

(2) Self Nutrition Data. “Onions, raw Nutrition Facts & Calories”. Disponível em: https://nutritiondata.self.com/facts/vegetables-and-vegetable-products/2501/2. Acesso em 3 de dezembro de 2018.

(3) UEPB. “Plantas medicinais utilizadas”, 2009. Disponível em: http://sites.uepb.edu.br/biofar/download/v3n2-2009/12-PLANTAS_MEDICINAIS_UTILIZADAS.pdf. Acesso em 3 de dezembro de 2018.

(4) Carvalho, Patrícia G. B.; Machado, Cristina Maria M.; Moretti, Celso Luiz; Fonseca, Maria Esther de N. “Hortaliças como alimentos funcionais”, 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/%0D/hb/v24n4/01.pdf. Acesso em 3 de dezembro de 2018.

(5) PADILHA, Patricia de Carvalho; PINHEIRO, Rosilene de Lima. “O Papel dos Alimentos Funcionais na Prevenção e Controle do Câncer de Mama”, 2004. Disponível em: http://www.nutricaoemfoco.com.br/NetManager/documentos/o_papel_dos_alimentos_funcionais_na_prevencao_e_controle_do_cancer_de_mama.pdf. Acesso em 3 de dezembro de 2018.

Sobre o autor

Avatar
24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.