Conheça os benefícios do jenipapo para o organismo

O jenipapo é uma fruta de polpa aromática muito usada na gastronomia. Ela serve como matéria-prima de compotas, doces, xaropes, chás e licores. Somado a essa diversidade de uso na cozinha, seus frutos são ricos em fibras e ferro o que também lhe dá o status de remédio natural.

Entre seus principais benefícios para a saúde estão o combate a anemia e o auxílio no bom funcionamento intestinal. No entanto, é sua atuação no controle dos desconfortos sentidos pelas mulheres grávidas que lhe coloca em destaque.

Jenipapo

Comum no Nordeste, o jenipapo combate anemia, estimula o apetite e dá eenrgia (Foto: depositphotos)

Além das já citadas, o jenipapo apresenta outras vantagens para o organismo. Conheça melhor seus efeitos e qual a melhor forma de usufruir deles. Aproveite e aprenda a fazer o suco, o licor e o doce dessa fruta.

Benefícios do jenipapo

De acordo com a nutricionista Angélica Grecco, a fruta traz muitos benefícios para a saúde por ser rica em ferro, cálcio, vitaminas B1, B2, B5 e C. Também por possuir fibras, fósforo e proteínas.

  • Auxilia no tratamento do reumatismo.
  • Previne e controla a anemia: a fruta é rica em ferro, um dos nutrientes essenciais para manter os glóbulos vermelhos saudáveis.
  • Favorece o bom funcionamento do intestino: o chá da planta é laxante e combate problemas de estômago.
  • Melhora a digestão e estimula o apetite.
  • Trata doenças respiratórias: o xarope de jenipapo é bem difundido e usado para bronquite, asma e gripe.
  • Atua como afrodisíaco: o suco de jenipapo estimula a libido tanto em homens, quanto em mulheres.

Todas as partes do jenipapo podem ser aproveitadas. A raiz serve para fazer um chá laxante. A casca combate as úlceras. Já as sementes servem para fazer sucos que ajudam a combater problemas no estômago (1).

Aliado das gestantes

Além de todo esse desempenho no corpo, o jenipapo ainda é indicado para gestantes que costumam sentir muitas náuseas e vômitos. O suco de jenipapo pode ser tomado pela grávida a cada duas horas e ajuda também a manter o sistema nervoso mais estável.

Emagrece?

Segundo a nutricionista, o jenipapo não é indicado para o emagrecimento. Uma porção de 100 gramas dele contém 113 calorias (2), sendo considerado calórico. Quem deseja perder peso deve consumir o fruto com parcimônia.

Em contrapartida, ele é ideal para crianças que precisam ganhar peso. Por ser calórico, ele estimula o apetite e confere energia ao organismo.

Como usar na culinária

O fruto maduro apresenta aroma forte e sabor doce e ácido ótimo para o preparo de compotas, doces, sorvetes, refrescos e, especialmente, na produção de um licor, muito apreciado no Norte e Nordeste do Brasil.

Com a fruta também pode-se fazer vinho, através da fermentação, e das flores pode-se extrair um óleo aromático.

1. Doce de jenipapo

Ingredientes

  • 2 a 5 frutos do jenipapo
  • 2 kg de açúcar cristal
  • 1 litro de água
  • Cravo-da-índia e canela a gosto.

Modo de preparo

Primeiro prepare os jenipapos: descasque, tire as sementes, lave bem e corte em tiras. Em seguida, em uma panela, coloque os frutos com ½ litro da água e espere ferver. Escorra a água e coloque junto ao jenipapo o restante da água e o açúcar. Cozinhe em fogo médio até engrossar. Acrescente a canela e o cravo-da-Índia e está pronto.

2. Suco de jenipapo

Ingredientes

  • 1 jenipapo
  • 250 ml de água
  • Açúcar ou adoçante.

Modo de preparo

Lave o jenipapo, retire os caroços e corte em pedaços. Passe todos os ingredientes no liquidificador, até ficar homogêneo. Coe e sirva com pedras de gelo.

3. Licor de jenipapo

Ingredientes

  • 4 jenipapos
  • 1 litro de água
  • 1 kg de açúcar cristal
  • ½ litro de cachaça.

Modo de preparo

1º passo: lave os jenipapos, corte-os ao meio. Coloque dentro de um vidro e deixe-os de molho na cachaça por 10 dias.

2º passo: misture o açúcar e a água em fogo alto até formar uma calda grossa. Tire do fogo e espere esfriar.

3º passo: pegue o jenipapo que estava de molho na cachaça e despeje em cima da calda, espremendo os frutos com a mão. Coe a bebida em coador de flanela ou de papel. Repita até o líquido ficar bem transparente.

4º passo: armazene em garrafa de vidro.

Características da fruta

Originário de uma árvore nativa das Américas do Sul e Central, o jenipapo resiste à seca e se adapta bem a diferentes tipos de solo e temperaturas. No Brasil, é comum na região Nordeste.

O jenipapeiro (Genipa americana) é frondoso e possui copa arredondada, flores branco-amareladas muito perfumadas, seus frutos são grandes, marrons, em formato de globo, com a polpa doce e sementes achatadas. E só podem ser colhidos quando maduros (3).

Curiosidade

Em tupi-guarani, jenipapo significa “fruta que serve para pintar”. Os índios brasileiros o utilizam para pintar o corpo e objetos em cerimônias e rituais religiosos.

*Artigo feito com a colaboração da nutricionista do Instituto Endovitta, Angélica Grecco (CRN: 26241).

Referências

(1) COSTA, R. et al. Obtenção e caracterização do extrato fluido de Genipa americana Linnaeus. Revista Eletrônica De Farmácia, 16(E), 2019. Disponível em: https://doi.org/10.5216/ref.v16.47461. Acesso em: 20 de setembro de 2019.

(2) COSTA, Ricardo Bezerra. Purificação, caracterização e avaliação de atividade antifúngica e citotóxica da lectina de casca de Genipa americana (Jenipapo).2018. 98 f. Dissertação (Mestrado em Bioquímica e Biologia Molecular) – Escola de enfermagem e Farmácia, Programa de Pós Graduação Multicêntrico em Bioquímica e Biologia Molecular, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2018.

(3) FARIA, Tenila dos Santos. Avaliação do efeito do processo de secagem do extrato de jenipapo (Genipa americana L.).2019. 79 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Alimentos) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019. Disponível em: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2019.345 . Acesso em: 20 de setembro de 2019.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista, especialista em Comunicação Digital e Mestre em Serviço Social. Atua como redatora e revisora freelancer. Atualmente vive como nômade digital pela Europa. Cearense de coração paraibano levando o corpo pelo mundo afora!