Arroz parboilizado ou integral: Qual o melhor? Veja

O arroz é um alimento que está bastante presente na mesa do brasileiro

Por tudo que já foi falado sobre as diferenças e semelhanças entre alguns alimentos, não é difícil as pessoas ficarem confusas na hora de escolher o que vai utilizar. Essa dúvida é bem recorrente entre os tipos de arroz parboilizado ou integral.

Seja em relação aos nutrientes ou a diferença que eles fazem em relação à saúde, os questionamentos brotam. Além do mais, dependendo da condição de cada pessoa, não se sabe ao certo o melhor para consumir.

“O arroz é um alimento que fornece energia, dentre os energéticos, ele é o mais saudável por não ter o glúten, assim como a farinha e os pães. Para levar uma vida mais saudável, o arroz é melhor”, adianta a nutricionista Daniela Menardo.

O arroz parboilizado e o integral se diferem no sabor, aparência e forma de preparo

Existem 3 tipos de arroz mais conhecidos: branco, integral e parboilizado (Foto: depositphotos)

Independente de tudo, o que deve ser levado em consideração na hora de decidir é a orientação de um profissional ligado ao ramo da nutrição ou até o médico que costuma fazer o seu acompanhamento.

“Em primeiro lugar, é preciso saber que há diferença entre o arroz parboilizado e o arroz integral. O arroz parboilizado, conhecido também como arroz vaporizado, não é arroz integral”, afirma a nutricionista Carol Morais.

Arroz: parboilizado ou integral?

Para responder essa pergunta, é preciso prestar atenção em algo que vai muito além do sabor, aparência e forma de preparo. Dependendo da necessidade de cada pessoa, o arroz indicado pode variar.

Veja também: 10 utilidades do arroz que você nem desconfiava

O arroz é um alimento que está bastante presente na mesa do brasileiro. Ele é facilmente combinado, seja com pratos mais sofisticados ou no chamado basicão (feijão, bife e batata frita).

O arroz integral possui sais minerais como fósforo, ferro e cálcio. Somado a isso ainda tem proteínas, vitaminas do complexo B e fibras. O arroz parboilizado também é rico em carboidratos, porém, a quantidade de nutrientes é um pouco menor.

Essa perda de nutrientes acontece no processo de produção, já que ele é mantido por um longo período imerso em água fervente para que a casca se desprenda. “Alguns nutrientes são mantidos dentro do grão. Então, seu valor nutricional é melhor do que o arroz branco”, explica Daniela Menardo.

Os nutrientes não se perdem, apenas se transformam. “Quando o arroz passa por esse processo, parte dos nutrientes que estão na sua casquinha e no germe são integrados ao amido, ou à sua camada interior”, acrescenta Carol Morais.

Arroz integral é mais saudável

Mediante tudo isso que foi explicado até agora, já dá para perceber que é muito mais saudável ingerir o arroz integral do que o parboilizado. Mas, em qualquer dúvida, o bom mesmo é consultar o médico.

Veja também: A forma como você cozinha o arroz pode prejudicar sua saúde

“O melhor para consumo seria o integral, porém, na escolha entre branco e parboilizado, o parboilizado é mais nutritivo. O arroz polido (branco) não tem nutriente nenhum”, carimba Daniela Menardo.

Os dois tipos de arroz possuem uma coisa em comum: boas taxas de metionina. Trata-se de um tipo de aminoácido essencial, o qual não é produzido pelo ser humano.

Ele pode atuar positivamente em várias funções. Entre as principais estão: melhora o humor, diminui os níveis de colesterol, melhora a sensação de fadiga, além de fortalecer os cabelos e hidratar as unhas.

Benefícios do arroz integral

O arroz integral prolonga a sensação de saciedade

O arroz integral é considerado o mais nutritivo e saudável (Foto: depositphotos)

O arroz integral é um alimento rico em fibras, por isso atua no favorecimento do trânsito intestinal, ajuda a reduzir o acúmulo de gordura na região abdominal, melhora o metabolismo muscular e controla a insulina.

Esse tipo de arroz também possui cadeias moleculares longas, o que faz com que ele demore para ser metabolizado e absorvido pelo corpo. Tudo isso prolonga a sensação de saciedade.

Ele também previne a diabetes justamente por controlar a insulina do corpo. Quanto a escolha do arroz integral, a nutricionista Carol Morais endossa, “quanto mais natural e integral melhor”.

Benefícios do arroz parboilizado

O arroz parboilizado pode ser considerado melhor que o branco

O arroz parboilizado é rico em vitaminas e sais minerais (Foto: depositphotos)

O arroz parboilizado tem lá suas vantagens, não tanto feito o arroz integral, porém, bem mais do que o arroz branco. Ele é rico em vitaminas e sais minerais, justamente pelo processo de parboilização.

Na hora de cozinhar, muita gente reclama do tempo que o arroz integral leva para ser preparado. O arroz parboilizado fica pronto mais rápido e também fica bem soltinho. Ele também rende mais e requer menos óleo para se preparado.

Veja também: Saiba como preparar arroz deixando-o menos calórico

Outra vantagem que ele apresenta é manter as principais propriedades quando aquecido. “O arroz parboilizado pode sim ser considerado melhor que o branco já que concentra uma maior quantidade de nutrientes”, diz o site Treino Mestre.

No entanto, quando comparado ao integral, ele sai perdendo. “Ele não possui um valor nutricional tão bom e possui menos fibras”, complementa a página. Já no quesito sabor, o parboilizado sai na frente.

Dica adicional

Qualquer dúvida que venha a aparecer quanto a ingestão do arroz integral ou parboilizado, a melhor forma de esclarecê-la é procurar uma orientação com um profissional ligado à saúde, seja um médico ou um nutricionista.

Sobre o autor

Formado em Jornalismo pela UniFavip | Wyden. Já trabalhou como repórter e editor de conteúdo em um site de notícias de Caruaru e em três revistas da região. No Jornal Extra de Pernambuco e Vanguarda de Caruaru exerceu a função de repórter nas editorias de Economia, Cidades, Cultura, Regional e Política. Hoje é assessor de imprensa do Shopping Difusora de Caruaru-PE, Seja Digital (entidade responsável pelo desligamento do sinal analógico no Brasil), editor da revista Total (com circulação em Pernambuco) e redator web do Remédio Caseiro.