Aprenda a tratar a diarreia em casa com tranquilidade

A diarreia pode causar desidratação. Aprenda tratamentos caseiros, através de remédios naturais


A diarreia é uma condição médica em que se verifica um desregulamento do intestino que provoca frequentes evacuações de aspecto aquoso, dores de barriga e cansaço. Geralmente tem a duração de alguns dias e pode causar desidratação, devido à grande perda de líquidos nas fezes.

A desidratação é considerada a pior complicação que a diarreia acarreta. Adultos são mais resistentes, mas bebês, crianças e idosos desidratam-se com facilidade.

Quem apresenta esse quadro precisa procurar um médico e ser receitado com fármacos específicos. Mas existe também a possibilidade de tratar a condição com remédios caseiros de forma segura e eficiente. Lembrando que isso varia de acordo com a intensidade do caso. Peça orientação ao médico.

Remédios Caseiros para diarreia

Aprenda a tratar a diarreia em casa - Água de Arroz

Foto: depositphotos

Água do arroz: Ferva um punhado de arroz em duas xícaras de água, com uma pitada de sal e uma colherzinha de açúcar. Coe e tome o caldo.

Soro Caseiro:  Prepare o soro caseiro com um litro de água, uma colher (de sopa) de açúcar e uma colher (de chá) de sal. Beba ao longo do dia, isso ajudará a evitar a desidratação.

Canja de Galinha: O ideal para a alimentação é uma canja preparada com peito de frango sem pele, cenoura e arroz com um pouquinho de sal. Essa canja alimenta e a água da fervura do arroz beneficia o intestino, assim como o sal ajuda a reter líquido, evitando a desidratação.

Como parar a diarreia com chá

Aprenda a tratar a diarreia em casa - Chá da folha da goiabeira

Foto: depositphotos

Chá de Folha de Goiabeira: Ferva duas ou três folhas da árvore em uma xícara de água, deixe esfriar e beba. É indicado não adoçar, mas se achar necessário opte por mel.

Chá de Casca de Romã: Coloque uma xícara das cascas higienizadas da romã em um litro de água filtrada dentro de um recipiente e leve ao fogo. Quando começar a ferver, tampe e desligue, deixando a mistura descansar por um período de aproximadamente 10 minutos ou até amornar. Depois disso, basta coar e consumir.

Chá da Casca da Maçã: Coloque um litro de água em um recipiente e leve ao fogo. Adicione as cascas de duas maçãs e então desligue quando começar a ferver. Tampe o recipiente e deixe em repouso por 10 minutos, coando e consumindo em seguida, sem adoçar.

Outras recomendações para controlar a diarreia

-Não consuma cafeína, laticínios, alimentos muito doces ou com muitas fibras, que pioram a diarreia.
-Alimente-se evitando gorduras, alimentos ácidos, como certas frutas e também os que fermentam facilmente, como feijão, batata, repolho, etc.
– Frutas como a banana, a goiaba e a maçã podem ajudar a conter a diarreia.
– Repouse bastante, o corpo está debilitado e precisa se recompor.
– Beba muito líquido, de dois a três litros por dia. A água de coco é uma boa opção.


Causas da enfermidade

As causas mais comuns da diarreia são infecções dos intestinos provocadas por vírus, bactérias ou parasitas intestinais como a amebíase e giardíase. Estas infecções são geralmente adquiridas a partir de alimentos ou água contaminados por material fecal ou contraídas diretamente a partir de outra pessoa infectada, geralmente em lugares públicos, como: transportes públicos, igrejas e cinemas.

Outras causas

– Alergia.
– Intolerância à lactose.
– Alguns medicamentos, incluindo antibióticos, antirretrovirais.
– Doença inflamatória intestinal.

Sintomas da Diarreia

  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Estômago estufado;
  • Urgência em evacuar;
  • Cólica;
  • Dor abdominal;
  • Dependendo da causa: febre e fezes com sangue.

Sintomas da desidratação

Boca seca, lábios rachados, letargia, confusão mental e diminuição da urina são sintomas de desidratação que, além de diminuir as reservas de água do corpo humano constituído por cerca de 75% de água, reduzem os níveis de dois importantes minerais: sódio e potássio.

Como se prevenir contra a diarreia?

Aprenda a tratar a diarreia em casa - Higienize mãos

Foto: depositphotos

  • Lavar as mãos antes das refeições.
  • Usar calçados.
  • Higiene no preparo de alimentos.
  • Acondicionar bem os alimentos para evitar que estraguem.
  • No caso de intolerância a algum alimento evite seu consumo.
  • Fazer acompanhamento periódico das doenças que podem causar diarreia, seguindo sempre as orientações médicas.
  • Beber água filtrada ou fervida.
  • Evitar tomar banho em rios ou piscinas sabidamente contaminados.
  • Higiene pessoal.

Aguda ou crônica?

Aguda: é quando ela dura menos que 14 dias. Geralmente causada por vírus, bactérias ou parasitas; alimentos contaminados, alimentos com grande quantidade de fibras, café, chás, refrigerantes, leite e seus derivados, chocolate; medicações como antiácidos, laxantes; ingestão de açúcares não absorvíveis; isquemia intestinal; impactação fecal; inflamação pélvica.

Crônica: quando tem duração maior do que 14 dias. Têm como causas doenças inflamatórias do intestino, cânceres intestinais, alterações da imunidade como AIDS, alergias alimentares.

Diagnóstico

Normalmente é feito com base na história clínica e exame físico. No caso de diarreias que demorem mais do que 15 dias para melhorar são realizados exames complementares como: pesquisa de sangue oculto nas fezes, coprocultura, exames complementares para diagnóstico de outras doenças que possam estar causando diarreia.

Atenção para a diarreia em crianças!

A diarreia é um problema frequente entre crianças. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, os episódios acontecem de 3 a 4 vezes por ano. O que preocupa é que a diarreia dá margem para a desidratação que é muito mais fácil de acontecer em crianças.

No entanto é importante ficar atento quanto a recorrência porque diarreias frequentes principalmente em bebês podem ser sinais de infecções intestinais ou reação alérgica a certo tipos de alimentos.

A diarreia do tipo aguda corresponde a 16% dos atendimentos nas emergências pediátricas, e a 9% das internações em menores de 5 anos, segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria. A causa mais comum de diarreia aguda são as infecções, sendo que 74% delas são causadas por vírus, 20% por bactérias e 6% por parasitas.

O Rotavírus é o agente mais comum, encontrado em qualquer idade, porém mais prevalente em menores de 5 anos, com maior frequência em crianças entre os 6 e os 24 meses. Sua transmissão ocorre predominantemente pelo contato pessoa a pessoa, mas também pode ocorrer por secreção respiratória e contatos com brinquedos ou superfícies contaminadas.


Informar erro