Ao saber disso você nunca mais jogará fora o bagaço da laranja

O bagaço da laranja, por exemplo, ajuda na digestão dos alimentos gordurosos, favorecendo o trabalho dos intestinos grosso e delgado

Certamente, quando criança, muita gente já deve ter ouvido a mãe ou avó falando que o bagaço da laranja devia ser consumido, pois ele era rico e fibras, o que faz bem para o organismo.

Caso você não tenha sido uma dessas pessoas que contou com a sabedoria dos mais velhos, preste atenção nessa comprovação:

De acordo com estudos realizados a respeito das propriedades do bagaço de certas frutas, foi constatado que, realmente, a sabedoria das pessoas de mais idade continua com elevado grau de relevância. Para ficar um pouco mais por dentro do assunto, acompanhe o que segue.

Ao saber disso você nunca mais jogará fora o bagaço da laranja

Foto: depositphotos

Sobre as propriedades dos bagaços

Só para confirmar o que já era dito pelas mães e avós, comer o bagaço de algumas frutas diminui a quantidade de calorias assimiladas pelo corpo. O bagaço da laranja, por exemplo, é feito de celulose, um tipo de fibra que o organismo não consegue absorver.

Sendo assim, ela é capaz de diminuir a assimilação de açúcares e gorduras, o que impede a reabsorção do colesterol. Ela também beneficia o paciente que tem diabetes, já que a substância controla a taxa de glicose no sangue. A fibra também filtra toxinas indesejáveis no corpo

O bagaço da laranja ainda ajuda na digestão dos alimentos gordurosos, favorecendo o trabalho dos intestinos grosso e delgado. Essa substância encontrada no bagaço da laranja também é encontrada em outras frutas, a exemplo da maçã, banana, beterraba, cenoura, repolho, nozes, ervilha e quiabo.

Cuidados

A única contra indicação para o consumo do bagaço das frutas, sobretudo da laranja, é durante os treinos físicos, pois nesse momento, quem precisa de energia são os músculos.

Sobre o autor

Formado em Jornalismo pela UniFavip | Wyden. Já trabalhou como repórter e editor de conteúdo em um site de notícias de Caruaru e em três revistas da região. No Jornal Extra de Pernambuco e Vanguarda de Caruaru exerceu a função de repórter nas editorias de Economia, Cidades, Cultura, Regional e Política. Hoje é assessor de imprensa do Shopping Difusora de Caruaru-PE, Seja Digital (entidade responsável pelo desligamento do sinal analógico no Brasil), editor da revista Total (com circulação em Pernambuco) e redator web do Remédio Caseiro.