Antioxidantes naturais combatem o envelhecimento precoce. Veja benefícios

Alguns alimentos têm elementos compostos que evitam a oxidação da estrutura celular


Diversos fatores influenciam sob o envelhecimento, muitos deles, fora do alcance, como a genética, por exemplo. Contudo, dentre os passíveis de mudança, um em especial pode, de fato, deixar o “ponteiro do relógio” caminhando a favor das pessoas, impedindo que os anos corram fora do ritmo: uma alimentação rica em antioxidantes. E é justamente nisso que muitas pessoas pecam.

Esses elementos são compostos de vitaminas, minerais e outras substâncias químicas capazes de evitar a oxidação da estrutura celular. Alguns são produzidos pelo próprio organismo, mas outros, como as vitaminas C, E e o betacaroteno, devem ser supridos por meio da alimentação, pois são fundamentais para proteger células saudáveis de danos no DNA.

Já é cientificamente comprovado que uma dieta rica em alguns antioxidantes previne contra doenças cardíacas, derrames e doenças relacionadas ao envelhecimento. Há uma grande variedade de alimentos ricos nessas substâncias, que também podem ser encontrados em suplementos e produtos cosméticos, como vegetais, frutas, legumes, hortaliças e cereais.

Radicais livres X Antioxidantes

A oxidação é um processo químico natural que ocorre frequentemente no corpo humano, esse processo resulta em moléculas instáveis chamadas de radicais livres. Em pequenas quantidades, essas moléculas são úteis para a saúde, pois desempenham um papel importante em algumas atividades das células, como transferência de elétrons para atingir a estabilidade.

Quando produzidas em excesso, podem ser tóxicas ao organismo e gerar diversos problemas, prejudicando o funcionamento celular – esse processo é conhecido como “estresse oxidativo”, e ainda podem contribuir para o desenvolvimento de doenças crônicas, como a aterosclerose, obesidade, diabetes, hipertensão, ou degenerativas, como o Alzheimer e o Parkison, além de favorecer o envelhecimento das células.

De acordo com a nutricionista Joana Carollo, especializada em nutrição clínica, uma alimentação baseada em frutas, vegetais e grãos integrais, fornece uma boa quantidade e variedade de antioxidantes, contribuindo para fortalecer o sistema imunológico e diminuindo os riscos de desenvolvimento de algumas patologias ligadas ao envelhecimento natural das células.

“Incluir no cardápio diário frutas e vegetais preferencialmente crus, fornece um aporte maior e mais concentrado para que o organismo tenha uma absorção eficaz dos antioxidantes que ele precisa para funcionar corretamente. Também fundamental a ingestão adequada de água, que combate a retenção de líquidos e elimina as toxinas do organismo”, orienta Joana.

A profissional também afirma que, além de prevenir doenças e manter o funcionamento pleno do corpo, os antioxidantes ainda trazem outros benefícios importantes: “Alguns estudos comprovam que estes nutrientes possuem um poderoso efeito antienvelhecimento capazes de minimizar os danos causados à pele, as substâncias podem, inclusive, amenizar as rugas faciais e promover a renovação celular, melhorando a saúde da cútis e dos cabelos”.


Benefícios: Veja como os antioxidantes naturais ajudam a combater o envelhecimento precoce

Foto: depositphotos

Fontes naturais de antioxidantes

Uma série de alimentos podem ser combinados em uma dieta saudável para suprir o aporte necessários de antioxidantes e vitaminas que o organismo precisa. Essas substâncias vão atuar de forma a inibir a ação nociva dos radicais livres e fazer com que o corpo funcione corretamente. É importante ressaltar que para conseguir extrair o efeito benéfico dos antioxidantes é necessário adotar um cardápio que favoreça o conjunto deles e não um ou outro isoladamente.

A partir de agora, você vai poder conferir uma lista passada pela especialista de fontes naturais antioxidantes:

Betacaroteno

Alimentos de cor alaranjada, como cenouras e damascos, fornecem esse poderoso antioxidante combate o envelhecimento precoce e ainda protege a pele contra os danos causados pelos raios ultravioletas. No organismo ele é convertido em vitamina A e também participa da atividade de genes responsáveis pela síntese de colágeno e elastina, proteínas que dão sustentação e firmeza para pele.

Vitaminas do complexo B

Os cereais integrais e as leguminosas são ótimas fontes dessas vitaminas, que trabalham na produção do colágeno e também contribuem para o funcionamento de enzimas antioxidantes.

Polifenóis e flavonoides

Eles podem ser encontrados em grandes quantidades nas frutas vermelhas. Esses antioxidantes combatem os radicais livres, e reparam seus danos causados à pele, como manchas e rugas.

Vitamina C

Esse nutriente importante para a produção de colágeno, que também atua como antioxidante pode ser encontrado em abundância em frutas cítricas.

Ômega-3

Boas fontes dessa gordura boa são o salmão e a sardinha. Esse nutriente anti-inflamatório é famoso por sua ação antioxidante e ainda ajuda a manter a hidratação da pele.


Informar erro