Alimentação natural para cães: saiba tudo sobre o assunto

A alimentação natural apresenta muitas vantagens para o seu pet

Se você é uma pessoa que gosta dos animais, certamente já ouviu falar sobre alimentação natural para cães, certo? Caso contrário, com a leitura desse artigo, você vai ter oportunidade de saber tudo sobre o assunto!

Antes de tudo é bom que você saiba que nem todo alimento consumido pelos humanos são indicados para os cães. Nesse caso, o animalzinho pode sofrer com problemas de saúde e até mal-estar.

Por isso, existem alimentos que são preparados exclusivamente para o consumo animal, além do mais, você também pode preparar diversas receitas em casa. Na dúvida, o mais indicado é consultar o veterinário!

Cardápio alimentar natural para cães

Que atire a primeira pedra quem nunca foi tentado pelo olhar pidão do pet ao pé da mesa. No entanto, o melhor alimento para os cães é a ração, visto que ela contém a dose certa de nutrientes que ele precisa. Mas ela não é a única.

Para quem quer ceder ao desejo dos pets, o mais indicado é investir na Alimentação Natural Caseira, também conhecida por AN. Ela é feita a partir da utilização de ingredientes humanos usados de forma balanceada, nutritiva e saudável.

Cachorro comendo

Esse tipo de alimentação é feita a partir da utilização de ingredientes humanos (Foto: depositphotos)

“Cães que comem comida caseira balanceada têm muito mais benefícios de saúde do que os que se alimentam apenas de ração. A expectativa de vida é muito maior em animais que comem comida de verdade balanceada da forma correta”, informa a nutricionista de animais, Aline Motta.

Ao contrário do que muita gente pensa, oferecer alimentação natural ao pet não é dar restos de comida. Isso porque, alguns ingredientes utilizados no preparo podem fazer muito mal aos animais.

A alimentação natural é uma dieta completa e balanceada, indicada para cachorros de qualquer idade. No preparo são utilizados os nutrientes na dosagem certa, a fim de suprir todas as necessidades do pet.

A refeição servida aos cães também deve ser balanceada: no geral, a quantidade recomendada de proteína é de 50%, 25% de vegetais e 25% de carboidratos, além de vitaminas, minerais e ômega 3.

Qualquer cachorro pode comer Alimentação Natural?

Para início de assunto, qualquer animal pode sim usufruir da Alimentação Natural. Porém, antes de mudar o cardápio, o mais recomendado é que o nutricionista animal ou veterinário seja consultado.

Isso vai garantir uma transição saudável e longe de problemas, até porque, certos animais apresentam problemas pontuais de saúde, que podem ser agravados a partir da alimentação. Quando isso acontece, a dieta tem de ser supervisionada.

“Cada animal possui um organismo diferente e, por isso, tanto o metabolismo como o gasto calórico serão diferenciados. Assim, da mesma forma que os humanos, cada cachorro também tem uma necessidade nutricional específica”, endossa Aline Motta.

Veja também: Maçã faz mal para cachorro? Descubra

Dessa forma, basta procurar o profissional certo para que o seu animal seja examinado e possa receber as indicações corretas sobre a melhor forma de usar a alimentação natural a favor da saúde dele.

Benefícios da alimentação natural para os cães

A alimentação natural contém excelentes níveis de proteína animal de qualidade, gorduras saudáveis, carboidratos de baixo índice glicêmico e é enriquecida com legumes, verduras e hortaliças.

Daí já se pode ter noção do quão benéfica esse tipo de alimentação pode ser para os cães. Essa é a melhor forma de controlar a qualidade e quantidade dos vários ingredientes, sobretudo para os cães que necessitam de cuidados especiais.

Veja outros benefícios agregados à alimentação natural:

  • Hidratação
  • Fibras na dose certa
  • Proteínas
  • Manutenção da saúde
  • Soluciona problemas alimentares

Agora chegou a hora de conhecer cada um desses pontos de forma mais detalhada. É importante destacar que, em qualquer que seja a dúvida, não hesite em procurar um veterinário ou nutricionista animal.

Hidratação

A água presente neste tipo de comida, sobretudo quando utilizados alimentos frescos, é mais bem aproveitada pelo organismo. Isso é refletido no bom funcionamento do sistema digestivo.

Outro ponto positivo da dieta caseira natural é que ela contém até 7 vezes mais água que a ração seca. Além de deixar o animal bem hidratado, ela ajuda no funcionamento do sistema urinário e no trabalho dos rins.

Fibras na dose certa

A alimentação natural não possui o excesso de fibras grosseiras e carboidratos presentes nas rações convencionais. Por esta razão, as fezes são reduzidas, mais secas e com odor discreto.

Proteínas

Por ser uma alimentação preparada a partir da dosagem dos nutrientes, a alimentação natural dos cães é livre de carboidratos refinados e rica em proteínas. Isso proporciona a ela uma baixa carga glicêmica.

Manutenção da saúde

A alimentação natural pode minimizar os problemas causados por uma dieta inadequada, principalmente se levar em consideração problemas pontuais apresentados por alguns animais.

Muitas doenças que atingem os cães podem ser causadas ou agravadas pelo consumo prolongado de ração seca à base de grãos. Receber exclusivamente uma dieta seca, pode causar diversas doenças.

Soluciona problemas alimentares

Para aqueles animais que apresentam dificuldades para se alimentar, investir em um cardápio natural pode acabar de vez com esse problema. Por apresentar melhor aparência, não vai demorar para os cachorros se interessarem pela comida.

Veja também: Plantas que fazem bem aos cachorros

Alimentos naturais para cães

Pegando esse gancho de alimentação saudável, veja uma lista de alimentos que o Remédio Caseiro preparou para que o seu cãozinho fique sempre bem alimentado e nutrido, longe de problemas de saúde causados pela má alimentação.

  • Beterraba
  • Cenoura
  • Abóbora
  • Espinafre
  • Couve
  • Repolho
  • Brócolis
  • Ovos
  • Batata
  • Couve-flor
  • Vagem
  • Manga
  • Melão
  • Fígado de boi
  • Carne bovina
  • Carne de frango
  • Peixe

Comidas proibidas para os cães

Existem algumas comidas que não são recomendadas para integrar o cardápio dos animais, sobretudo dos cachorros. Isso se deve ao fato do organismo desses animais não está preparado para digerir tais itens. Veja a lista:

Alimentos proibidos para cachorro

Chocolate é um dos piores vilões do mundo canino (Foto: depositphotos)

  • Cebola
  • Alho
  • Chocolate
  • Passas
  • Uva
  • Pizza
  • Batata frita
  • Comidas e bebidas que levam adoçantes ou cafeína

A título de curiosidade, o chocolate é considerado um verdadeiro vilão para os pets. Ele pode provocar diversos problemas de saúde no cão. Além do açúcar, existe ainda outro elemento presente, a teobromina, que faz mal ao cão.

“Substância presente no cacau que pode provocar aumento da pressão arterial, taquicardia, arritmia, tremores e convulsões”, explica a nutricionista de animais, Aline Motta.

Alimentação natural: veja algumas receitas

Depois de comprovar todos os benefícios da alimentação natural para o seu cão, agora chegou a hora de aprender algumas receitas de pratos que vão deixar o seu cãozinho mais que satisfeito. Além da carne, pode-se utilizar uma grande variedade de vegetais.

No preparo da comida caseira para cães, a carne deve ser cozida em bastante água e pouco sal, junto com os legumes já picados. Você pode usar vários legumes, dependendo do que tiver em casa: vagem, cenoura, couve flor, couve e folhas de espinafre. Veja algumas receitas que podem ser preparadas a partir da filosofia de alimentação natural.

Preparado de legumes e carne

Para esse prato você vai precisar de vagem picada, chuchu, quiabo, abobrinha, cenoura em cubos, brócolis, inhame, batata doce, vísceras de carne bovina, carne bovina moída, sardinha, complemento de cálcio e levedo de cerveja.

Com ajuda de uma panela grande, coloque um pouco de carne para refogar. Com a própria gordura que vai soltar da carne, acrescente a abobrinha, cenoura, brócolis, vagem, chuchu e quiabo, todos cortados.

Depois coloque a carne moída crua, inhame cozido e batata doce cozida. Inclua também o peixe e, por fim, o complemento de cálcio e o levedo de cerveja e sirva. Mexa tudo e deixe cozinhar. Não é recomendado o uso de qualquer tempero.

Arroz colorido

Para preparar esse prato, você vai precisar de 2 xícaras de arroz integral, 500 g de frango picado, 2 cenouras, 1 xícara de brócolis, 1 xícara de espinafre, 2 batatas e 4 xícaras de água ou caldo de galinha natural.

Com ajuda de uma panela, lave bem todos os vegetais e corte-os em cubos. Leve ao fogo para cozinhar apenas com água. Deixe cozinhar de 30 ou 45 minutos. Por fim, espere esfriar, antes de servir para o seu cão.

Biscoito canino caseiro integral

Para essa receita você vai precisar de 300 gramas de farinha de trigo integral, 170 g de farinha de aveia, 2 ovos, 1 colher (de sopa) de salsa, 70 gramas de leite em pó e 250 g de manteiga de amendoim.

Pegue uma vasilha grande e misture todos os ingredientes listados. O ponto ideal é até formar uma mistura homogênea. Usando um rolo, estique a massa e corte os biscoitos com os moldes desejados. Leve ao forno a 180 ° C por 25 minutos, até dourar.

Biscoito canino caseiro de banana

Para essa receita, separe 1 banana prata, 150 g de farinha de aveia, 70 g de aveia em flocos, 4 colheres (de sopa) de salsa seca, 3 colheres (de sopa) de pasta de amendoim e 1 ovo batido.

Com ajuda de um garfo, comece amassando a banana até formar um purê. Junte os demais ingredientes e misture bem. Deixe a mistura repousar durante 5 minutos. Passado esse tempo, faça bolinhas e esmague em seguida. Leve para assar no forno a 150 ° C por aproximadamente 40 minutos, ou até dourar.

Veja também: Como remover pelos de animais do sofá. Aprenda técnica caseira

Alimentação natural para cães idosos

Por se tratar de animais mais frágeis, o mais indicado é que, antes de começar a fazer uso da alimentação natural, procure um profissional. É importante um acompanhamento especial para que tudo decorra dentro do normal.

Aprenda a fazer papinha para cachorros idosos

Para essa receita você vai precisar de 110 g de inhame sem casca, 80 g de carne moída, 50 g de quiabo, 50 g de purê de abóbora e 20 g de bife de fígado. Coloque o inhame e o quiabo para cozinhar em panelas diferentes somente com água.

Enquanto eles cozinham, coloque o bife de fígado em uma assadeira antiaderente e leve-a ao forno em uma temperatura de 200 °C. Deixe por cerca de 10 minutos. Depois que todos os ingredientes estiverem prontos, bata tudo no liquidificador e sirva.

Como fazer bolo para cachorro

No preparo dessa receita você vai usar os seguintes ingredientes: 250 g de qualquer carne bovina moída, 325 g de queijo cottage ou queijo minas light, 2 ovos, ¼ xícara de leite em pó, 1/8 de xícara de gérmen de trigo, 4 fatias de pão de cereais integrais em pedacinhos, 4 xícaras de aveia cozida e 2 xícaras de arroz integral cozido.

Com todos os ingredientes em mãos, comece o preparo com a carne moída e o queijo. Misture-os bem em um recipiente grande. Em seguida, adicione os ovos, o leite em pó e o gérmen de trigo, sempre misturando os elementos.

O último passo é adicionar os pedaços de pão, a aveia e o arroz integral após o cozimento. Misture mais um pouco até que a substância fique homogênea. Coloque a massa em uma forma e leve passa assar a 180 °C durante uma hora.

Cuidando da alimentação do seu cão

Depois de todas as indicações passadas nesse artigo, agora sim, você vai poder proporcionar uma alimentação ainda mais saudável para o seu cachorrinho de estimação sem medo de errar.

Porém, no caso de existir qualquer dúvida, a indicação é procurar um veterinário de confiança. Além do mais, só a partir da realização de exames e orientações específicas que se pode mudar radicalmente a alimentação do seu animal de estimação.

Sobre o autor

Formado em Jornalismo pela UniFavip | Wyden. Já trabalhou como repórter e editor de conteúdo em um site de notícias de Caruaru e em três revistas da região. No Jornal Extra de Pernambuco e Vanguarda de Caruaru exerceu a função de repórter nas editorias de Economia, Cidades, Cultura, Regional e Política. Hoje é assessor de imprensa do Shopping Difusora de Caruaru-PE, Seja Digital (entidade responsável pelo desligamento do sinal analógico no Brasil), editor da revista Total (com circulação em Pernambuco) e redator web do Remédio Caseiro.