Aftas na boca – soluções e tratamentos

Neste artigo você aprenderá um tratamento para aftas feito com remédios naturais e caseiros. Aqui você vai encontrar informações importantes sobre o que são as aftas, como elas surgem e como evitá-las. Descobrirá também quais são os alimentos que causam este problema e quanto tempo duram as aftas. Tudo isso com base científica!

Antes de mais nada, você sabe o que são as aftas? As aftas são úlceras orais, também conhecidas como úlceras aftosas. Em suma, são lesões comuns da mucosa oral, que atingem locais como as paredes da bochecha, lábios, garganta, gengiva, língua e úvula.

São esbranquiçadas, ovais, limpas e não apresentam pus, bactérias, entre outras manifestações de infecção. Elas podem ser múltiplas ou únicas, grandes ou pequenas. É interessante citar que todo mundo já teve ao menos uma afta ao longo de sua vida.

As aftas são lesões benignas, portanto geralmente não causam grandes complicações além de dor ou desconforto. Entretanto, elas podem ser sinais (sintoma) de alguma doença na região da boca ou no trato digestivo. Um câncer na boca, por exemplo, pode ter como sintoma inicial o surgimento de aftas.

Mas não se assuste! Na maioria dos casos, as aftas são apenas lesões comuns e não significa que você tem alguma doença grave. Para fazer o teste, veja as informações deste artigo e os aplique em sua vida. Se as aftas não sumirem, aí sim você deve procurar um médico!

Afta no lábio

As aftas são lesões comuns da mucosa oral, podendo ocorrer na bochecha, lábios, garganta, gengiva e língua (Foto: depositphotos)

Soluções naturais para aftas na boca

Sem mais delongas, aqui você vai conhecer 5 ótimos remédios caseiros e naturais para tratar e prevenir as aftas. Veja abaixo a lista com os melhores remédios caseiros para combater as aftas:

  • Babosa
  • Água com bicarbonato de sódio
  • Mel de abelha
  • Pimenta caiena
  • Gelo

Vale ressaltar, ainda, que todas as nossas informações medicinais são baseadas em conteúdo científico e oficial. Dessa forma, são comprovadas como verdadeiras pela comunidade científica mundial. Veja nossas referências no final do artigo.

Como usar esses remédios caseiros

Agora que você já sabe quais são os melhores remédios caseiros para aftas, vamos te ensinar como usá-los da forma correta. É neste tópico, portanto, que você poderá comprovar que são verdadeiros os benefícios destas soluções naturais. Confira:

Babosa

O maior e principal remédio natural para combater as aftas é a babosa. Estudos comprovam que o gel encontrado dentro dessa planta ajuda no alívio dos sintomas e na redução do tamanho das aftas (1).

A pesquisa em questão avaliou os efeitos da aplicação da babosa em 180 pacientes que apresentavam aftas. O estudo todo durou sete dias e, como resultados, os cientistas descobriram que a babosa diminui as aftas, o que também diminui os sintomas.

Por outro lado, outro estudo científico comprovou que a babosa alivia a dor causada pelas aftas, sendo assim um remédio natural bastante recomendado e sem contraindicações (2).

Como usar: Para usar, bata ½ xícara de gel de babosa natural com 1 xícara de água filtrada no liquidificador e faça gargarejos durante o dia. Nunca ingira a mistura, pois a babosa não é comestível.

Água com bicarbonato de sódio

Já falamos diversas vezes em nossos sites que o bicarbonato de sódio é um produto natural com inúmeros benefícios para a saúde. Entre essas vantagens está o combate às aftas.

O bicarbonato de sódio é um antisséptico natural. Sua base alcalina, junto com o seu potencial de higienizar, ajudam a conter os micróbios e inibir infecções (3, 4). Seu pH ajuda a diminuir a ação ácida da boca que irrita as aftas e causa a dor e o desconforto. Sendo assim, é capaz de aliviar os sintomas.

Além disso, a mistura de bicarbonato de sódio com água é excelente para matar bactérias presentes na boca. Estas bactérias são responsáveis por fazer a afta durar mais tempo. Portanto, enxague a boca com água e bicarbonato de sódio para acelerar o tratamento.

Como usar: Misture ½ xícara de água com 1 colher (de sopa) de bicarbonato de sódio. Mexa bem até dissolver todo o bicarbonato. Por fim, faça gargarejos durante o dia e sempre cuspa a mistura. Durante o gargarejo, tente fazer com que a mistura atinja ao máximo o local da afta.

Caso você não tenha bicarbonato de sódio em casa, você pode usar sal. Apesar de não ser tão eficiente quanto o bicarbonato, o sal também tem propriedades antissépticas.

Mel de abelha

O mel de abelha também é uma opção natural contra as aftas graças ao seu potencial antisséptico (5). Ou seja, aplicar mel sobre as aftas ajuda a matar as bactérias e micróbios que podem piorar a situação.

Além disso, a recuperação será mais rápida se você aplicar mel sobre a afta. Mas lembre-se de lavar a boca antes de aplicar o mel.

Como usar: Com um cotonete, aplique o mel sobre a afta e aguarde antes de lavar a boca novamente ou ingerir algum líquido ou alimento. Repita o processo de 3 a 5 vezes por dia.

Pimenta caiena

Parece estranho ter um tipo de pimenta nesta lista, uma vez que elas são contraindicadas em caso de problemas na boca. A pimenta caiena, entretanto, tem um alto potencial de diminuir a dor e o desconforto causado pelas aftas (6).

A capsaicina é uma substância presente nas pimentas. No caso da pimenta caiena, esta propriedade medicinal junto a outra substâncias podem ajudar a diminuir o desconforto das aftas e aliviar a sensação de dor.

Como usar: Amasse 1 pimenta caiena de tamanho médio com a ajuda de 2 colheres (de sopa) de água. Misture até virar uma pasta. Aplique sobre a afta usando um cotonete ou algodão. Repita o processo todas as manhãs, após escovar os dentes. Pare o tratamento assim que a afta sumir.

Gelo

O gelo é, na verdade, uma menção honrosa nesta lista. Ele não é, de fato, um remédio caseiro para as aftas, mas é uma alternativa de alívio rápido que pode ser bem útil.

Todo mundo sabe que as aftas podem surgir em momentos super inapropriados, como antes de uma reunião, palestra, show ou qualquer outra situação em que você precise falar ou cantar, por exemplo.

Por isso, lave o local da afta e mantenha uma pedra de gelo pressionada sobre a lesão para que obter alívio temporário da dor e do incômodo. Serve bastante em caso de aftas na língua e nas gengivas, principalmente.

Causas das aftas

As aftas são um problema com diversas origens. Ou seja, são inúmeros os fatores que podem causar ou contribuir para o surgimento das aftas. Abaixo, veja a lista com as principais causas do surgimento das aftas:

  • Estresse
  • Refluxo gastroesofágico
  • Mudanças hormonais (adolescência, gravidez, período menstrual, por exemplo)
  • Má higiene bucal
  • Pastas de dente que possuem sódio-lauril-sulfato na composição (leia o rótulo para descobrir)
  • Deficiência de ferro no organismo
  • Alergia a alimentos

Além disso, existem algumas doenças que podem ter as aftas como sintomas comuns. É o caso de alguns tipos de câncer e da presença do vírus HIV no organismo, por exemplo. Sendo assim, caso as aftas apareçam constantemente, procure um médico.

Mulher comendo abacaxi

Comer abacaxi, ou frutas ácidas, pode contribuir para o aparecimento das aftas (Foto: depositphotos)

Como evitar?

Não há muito segredo para evitar o surgimento das aftas. A única coisa a se fazer é não permitir que a sua região bucal seja propícia ao aparecimento delas. Sendo assim, siga as instruções abaixo:

  • Escove os dentes e lave a boca todos os dias. É importante para a saúde bucal em geral que você escove os dentes pelo menos 2 vezes ao dia, use fio dental e enxaguante bucal. Isso manterá as aftas afastadas.
  • Aumente o consumo de ferro. Alimentos que possuem ferro na sua composição melhoram a saúde da boca e defendem o organismo de problemas como as aftas.
  • Não coma alimentos muito duros. Alimentos duros, pontudos e difíceis de mastigar podem causar pequenos ferimentos na boca, o que pode ser o pontapé inicial para o surgimento de uma afta.
  • Insira pimentões na sua alimentação. Os pimentões são fontes ricas de vitamina C e não são ácidos, como as frutas cítricas. Eles podem ajudar a melhorar a imunidade do organismo e inibir o surgimento das aftas.

Alimentos que causam aftas

Por fim, mas não menos importante, vamos tirar uma dúvida recorrente de muitas pessoas: quais são os alimentos que causam aftas? Na verdade, nenhum alimento causa as úlceras aftosas, mas alguns deles podem contribuir para o surgimento. Veja a lista:

  • Café
  • Refrigerantes
  • Abacaxi
  • Chocolates
  • Tomate
  • Limão
  • Frituras
  • Comidas apimentadas
  • Amendoins
  • Morangos

Estes são alguns dos principais alimentos que contribuem para o surgimento das aftas. É bom deixar claro, contudo, que comer eles não significa que você apresentará o problema. Evite-os caso esteja em tratamento contra as aftas.

Referências

  1. BHALANG, K.; THUNYAKITPISAL, P.; RUNGSIRISATEAN, N. Acemannan, a polysaccharide extracted from Aloe vera, is effective in the treatment of oral aphthous ulceration. 2013. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23240939>. Acesso em 08/02/2019.
  2. BABAEE, N.; ZABIHI, E.; MOHSENI, S.; MOGHADAMNIA, A. A. Evaluation of the therapeutic effects of Aloe vera gel on minor recurrent aphthous stomatitis. 2012. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3491322/>. Acesso em 08/02/2019.
  3. LETSCHER-BRU, V. et al. Antifungal activity of sodium bicarbonate against fungal agents causing superficial infections. 2013. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22991095>. Acesso em 01/02/2019.
  4. VERDOLINI, R. et al. Old fashioned sodium bicarbonate baths for the treatment of psoriasis in the era of futuristic biologics: an old ally to be rescued. 2005. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15897164>. Acesso em 01/02/2019
  5. PASUPULETI, V. R.; SAMMUGAM, L.; RAMESH, N.; GAN, S. H. Honey, Propolis, and Royal Jelly: A Comprehensive Review of Their Biological Actions and Health Benefits. 2017. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28814983>. Acesso em 06/02/2019.
  6. IORIZZI, Maria; LANZOTTI, Virginia; RANALLI, Giancarlo; DE MARINO, Simona; ZOLLO, Franco. Antimicrobial furostanol saponins from the seeds of Capsicum annuum L. var. acuminatum. 2002. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12105963>. Acesso em 30/01/2019.

Sobre o autor

Avatar
24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.