, ,

Abacaxi faz mal para os rins? Fique sabendo!

Não é possível descobrir de onde surgiu a história de que o abacaxi prejudica os rins, mas é fácil entender que isso não é verdade

Se você se pergunta se o abacaxi faz mal para os rins, chegou a hora de saber a verdade. Tanto o abacaxi quanto o suco produzido com essa fruta são alvo de muitas suposições e até mesmo superstições. Um delas é que as propriedades do abacaxi causam danos aos rins. Isso provavelmente é consequência das muitas dúvidas que cercam a fruta principalmente em relação a sua acidez.

Apesar de ser comum ouvir essa relação negativa entre o abacaxi e os rins, a verdade é que o abacaxi não faz nenhum mal a esse órgão. Muito pelo contrário, trata-se de uma fruta muito potente e indicada para desintoxicar e beneficiar vários órgãos do corpo, inclusive os rins. Entenda.

Abacaxi: Fruto faz mesmo mal para os rins?

Fruto abacaxi ao contrário do que muitos pensam não faz mal aos rins

Não, o abacaxi não faz mal para os rins (Foto: depositphotos)

Veja também: Abacaxi – benefícios da fruta que é a cara do verão

A resposta para a pergunta acima é não. O abacaxi é uma das formas naturais mais bem sucedidas na desintoxicação dos rins. Logo, o fruto não prejudica tais órgãos.

Isso acontece porque o abacaxi é conhecido por sua capacidade depurativa e diurética, o que é muito eficiente para a eliminação de resíduos acumulados no corpo. O suco da fruta ajuda na limpeza renal e é capaz de prevenir e eliminar cálculos, que são um problema comum envolvendo os rins.

Os rins são responsáveis por uma das atividades primordiais para a vida, a desintoxicação e eliminação de impurezas do sangue, assim como “higienizar” o corpo de um modo geral, excluindo agentes indesejáveis e nocivos através da urina.

Contudo, sendo um órgão responsável por eliminar impurezas, ele também pode ficar contaminado, o que pode causar inúmeros problemas.

O bom funcionamento desses órgãos é de extrema importância para uma vida saudável e duradoura, pois quanto melhor os rins trabalham, mais limpo nosso corpo fica.

Veja também: Abacaxi faz mal para hemorroida? Quais alimentos evitar?

Benefícios do abacaxi em geral

Com diversos benefícios para a saúde, abacaxi vai muito além de bom para os rins

Além de bom para os rins, abacaxi possui inúmeros outros benefícios para a saúde (Foto: depositphotos)

Veja também: Não sabe como escolher abacaxi na hora da compra? Então aprenda já

Além de fazer bem aos rins, o abacaxi também auxilia na manutenção da boa saúde de várias outras maneiras. Sendo um das poucas poucas plantas da família das bromélias que produz frutos comestíveis, o abacaxi é uma das principais fontes de bromelina para o organismo.

A bromelina é responsável por ajudar na digestão e eliminar impurezas e toxinas não só dos rins, mas também do estômago e fígado. Além de ser excelente na “quebra” da gordura ingerida, facilitando o processo digestivo.

Entre as propriedades que compõem o abacaxi, estão em destaque as fibras, mas também os carboidratos. Em quantidade mínima também estão presentes no abacaxi as proteínas e gorduras.

Devido a sua composição, o abacaxi possui um valor calórico baixo, semelhante a outras frutas compostas de muito líquido, como a laranja e a melancia, por exemplo. São ingeridos cerca de 50g de calorias a cada 100g de abacaxi.

É uma fruta refrescante e tropical, que serve como tônico e hidrata o corpo, estimulando também a aceleração do metabolismo. Sendo dessa forma, o abacaxi pode reforçar e muito dietas de emagrecimento.

Veja também: Cultivar abacaxi em casa é mais fácil do que você imagina

Outros benefícios do abacaxi

Benefícios do abacaxi atuam até em ajuda do emagrecimento corporal

Quer emagrecer, então aproveite os benefícios do abacaxi (Ilustração: depositphotos)

Veja também: Como o abacaxi pode ajudar a emagrecer?

Ajuda a emagrecer

Muitas pessoas tem o costume de comer uma rodela de abacaxi após as refeições, principalmente o almoço. Esse costume surgiu devido ao sabor da fruta (que substitui uma sobremesa preparada), o clima brasileiro (o clima quente/tropical do país pede uma fruta que possa ser consumida gelada) e por último, o seu benefício de ajudar a emagrecer.

Até mesmo muita gente que tem o costume de comer abacaxi após o almoço não sabe, mas essa fruta contém muita água – cerca de 87% do seu total – e fibras. Tanto uma boa hidratação quanto uma ideal ingestão de fibras são capazes de dar sensação de satisfação do apetite.

É uma excelente substituição para quem é viciado em doces e quer perder peso. O abacaxi tem sabor, e é isso que novatos em dietas de emagrecimento procuram: frutas saborosas e leves.

Mas claro que o consumo excessivo do abacaxi faz mal, e pode até engordar. Em sua composição também há carboidratos, por isso é preciso comer com moderação. O melhor uso mesmo é como sobremesa ou como lanche da manhã ou da tarde.

Dica: Adicione canela ou gengibre na rodela do abacaxi. Além de realçar o sabor e dar uma repaginada na maneira de comer a fruta, esses “temperos” ajudam na aceleração do metabolismo.

Melhora a qualidade da pele e dos cabelos

O abacaxi é fonte riquíssima de vitamina C, que estimula a produção de colágeno e combate os radicais livres, que dificultam a manutenção da firmeza e hidratação da pele e ainda abrem espaço para que surjam os sinais da idade.

A vitamina C e o colágeno ainda ajudam a manter a saúde capilar, dando mais força e brilho aos cabelos. Também é super indicado para problemas no couro cabeludo, como insolação ou feridas causadas por descamação da pele.

Além disso, o abacaxi é ótimo no combate a espinhas e acne, e ajuda na cicatrização. Tem potencial anti-inflamatório e também proporciona alívio e hidratação em caso de rachaduras nos lábios.

Alívio de dores musculares

Quem nunca passou um tempinho longe da atividade física e, quando voltou, se deparou com músculos inchados e dores extremamente chatas? Pois é, isso é muito comum, mas a solução para esse problema é o abacaxi.

Graças a enzima bromelina, que possui muito ação anti-inflamatória, o abacaxi é capaz de proporcionar alívio a esse tipo de dor muscular. Ajuda a combater inchaço, dores pós-treino, lesões, traumas, dores nas costas e na lombar, dores nas pernas e ainda aliviar dores causados por artrite.