10 dicas fundamentais para manter a pele saudável e bonita

Em parceria com a Imedeen, a dermatologista Tatiana Gabbi desenvolveu algumas dicas para manter a saúde e beleza da pele

Manter a pele bonita e saudável requer uma série de cuidados que envolvem a aplicação de produtos cosméticos, tratamentos e alimentação equilibrada. A inevitável passagem do tempo pode nos atingir de maneiras diferentes, pois algumas pessoas têm maior tendência a rugas e linhas de expressão; já outras podem apresentar manchas ou flacidez.

Imedeen, da Pfizer Consumer Healthcare, comemora 25 anos e apresenta algumas dicas que ajudam a cuidar da pele.

Dicas para manter a pele bonita e saudável

De acordo com a dermatologista Tatiana Gabbi, médica assistente do Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina da USP, a genética influencia bastante o envelhecimento, no entanto, fatores externos (alimentação deficiente em vitaminas, exposição ao sol e poluição, por exemplo) são determinantes para a aparência da pele.

“Com o passar dos anos, a pele vai perdendo luminosidade e elasticidade, e, por não ser mais capaz de reter água de forma eficiente, torna-se seca e sem viço”, explica a especialista. Em parceria com a Imedeen, a dermatologista Tatiana Gabbi desenvolveu algumas dicas para manter a pele saudável e bonita:

1) Aplique filtro solar no rosto diariamente

Mulher com pele saudável e bonita.

Fotos: depositphotos

A exposição ao sol envelhece a pele do rosto, leva à formação de manchas e contribui para o surgimento do câncer de pele. Por isso, é muito importante aplicar filtro solar (fator 30 ou superior) todos os dias pela manhã.

2) Cuide da barreira natural da pele

A pele possui uma barreira natural formada por queratina, óleos e gorduras fabricados nas glândulas sebáceas. Quem tem pele mais sensível deve tomar banho morno ou frio e aplicar loções de limpeza. Os sabões que fazem espuma devem ser evitados. Na hora do banho, evite água muito quente e buchas que podem causar uma desorganização da proteção cutânea natural.

3) Cuide da alimentação

Salada para pele saudável e bonita.

A ingestão de certos alimentos pode levar a processos que estão ligados ao envelhecimento da pele. É importante evitar o excesso de doces e massas, que podem contribuir para o endurecimento do colágeno e da elastina, levando à flacidez. Invista nas frutas (sem exageros), pois elas possuem equilíbrio entre fibras solúveis e açúcar.

4) Beba água regularmente

A água também é fundamental na regeneração dos tecidos e manutenção da saúde da nossa pele. Recomenda-se a ingestão de oito copos por dia.

5) Controle o estresse e descanse

Dormir deixa pele saudável e bonita.

Para evitar as olheiras, recomenda-se uma boa noite de sono, descansando bem e evitando o estresse. Caso elas persistam, procure um dermatologista para iniciar um tratamento específico.

6) Saiba qual é o seu tipo de pele

É importante descobrir o seu tipo de pele, pois a utilização do produto errado pode trazer resultados contrários aos desejados.

7) Hidrate a pele do corpo após o banho

Hidratação deixa pele saudável e bonita.

Aplicar o hidratante logo após o banho, com a pele ainda úmida, é uma excelente opção, pois a água quente e o sabonete eliminam a gordura natural, fazendo com que a pele perca água.

8) Combata os radicais livres

Alimentos ricos em carotenos, vitaminas C e E e zinco, tais como vegetais verdes escuros, frutas e legumes coloridos, são antioxidantes e ajudam a evitar o processo de formação dos radicais livres.

9) Não fume

Evite fumar para deixar a pele saudável e bonita.

O envelhecimento da pele é acentuado pelo uso do cigarro, inclusive em pessoas jovens.

10) Pratique atividade física

Praticar exercícios físicos é fundamental para prolongar a saúde, a firmeza e a boa aparência da pele. No entanto, o excesso de atividades pode contribuir para o surgimento de radicais livres, por isso, é importante investir em antioxidantes. As atividades físicas também ajudam a manter o peso próximo ao ideal, o que é também é importante para a saúde da pele.

Veja também:

Como reduzir a oleosidade da pele

Sobre o autor

Formada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas) pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), com certificado DELE (Diploma de Español como Lengua Extranjera), outorgado pelo Instituto Cervantes. Produz conteúdo web, abrangendo diversos temas, e realiza trabalhos de tradução e versão em Português-Espanhol.