Yohimbe possui propriedades que o tornam útil na medicina alternativa

Este nome difícil é de uma árvore nativa da África do Sul e que é…


Yohimbe possui  propriedades que o tornam útil na medicina alternativa

Imagem: Reprodução

Este nome difícil é de uma árvore nativa da África do Sul e que é muito conhecida na cultura de lá por seus poderes afrodisíacos. Antes do surgimento do viagra, um chá feito do extrato da casca desta árvore era consumido com o mesmo propósito. Utilizado principalmente para combater disfunções eréteis de maneira natural e sem a utilização de nenhum hormônio, o yohimbe pode ser encontrado no mercado em forma de chá, comprimidos, cápsulas e tintura à base de álcool.

Porém, não é só na questão afrodisíaca que o yohimbe tem utilidade. Ele apresenta também diversas outras propriedades que o tornam muito útil na medicina alternativa. Seu chá pode ser um remédio natural para uma série de doenças. Existem até mesmo remédios farmacêuticos vendidos sob prescrição médica para tratar disfunção erétil que são à base de cloridrato de yohimbe.


Yohimbe na medicina

  • Ele é indicado para amenizar estresses pós-traumáticos, pois ajuda na memória do trauma.
  • Atua também no sistema nervoso aliviando os sintomas da depressão.
  • Bastante indicado para tratamento em casos de dismenorreia.
  • Trás de volta o libido feminina que costuma sumir com o uso de remédios antidepressivos.
  • A angina pode também ser tratada com o yohimbe.
  • Ajuda a realizar relaxamento muscular em atletas e outros casos de distensão.
  • Ele estimula os receptores de serotonina do corpo, o que acaba ocasionando uma dilatação dos vasos sanguíneos.
  • Alivia dores comuns sentidas em qualquer parte do corpo quando utilizada em cataplasmas.
  • Algumas fontes citam também que ele pode ser útil para ajudar a diminuir a gordura corporal, ou seja, ajuda a emagrecer.

Atenção!

O efeito afrodisíaco do yohimbe só funciona se a impotência ocorrer por fatos naturais, como ansiedade, tensão ou idade avançada. Se a disfunção erétil for por causa de alguma enfermidade, infelizmente a ação do yohimbe não irá resolver o problema. Nestes casos deve-se procurar um médico especialista para tentar reverter a situação.

Contraindicações

O consumo de yohimbe é contraindicado para pessoas com hipertensão arterial – ou que tomam remédios para controlar a mesma –, distúrbios psicológicos, no coração ou no fígado. Pessoas que tomam antidepressivos tricíclicos também devem evitar o consumo desta planta ou seus derivados. Consumido em excesso o yohimbe também pode apresentar características alucinógenas. A mistura desta planta com qualquer tipo de bebida de base alcoólica pode gerar sérios efeitos colaterais em diabéticos, esquizofrênicos e pessoas que sofrem de doenças renais ou cardíacas. Importante também ressaltar que a quantidade de yohimbe consumida não está relacionada com o desempenho sexual. Consumido em excesso ele pode ter efeito contrário de quando consumido dentro dos padrões.


Reportar erro