Xô prisão de ventre (!): Remédios naturais contra intestino preso

Por Daiane Silva

Constipação

Constipação | Imagem: Reprodução

Quase todas as mulheres sabem perfeitamente o que significa quando a barriga está dilatada e dolorida depois de dias sem ir ao banheiro! O intestino preguiçoso atinge a maioria delas, causando tamanho desconforto que nos deixa de mau humor ou até indispostas para outras atividades. Na hora de vestir também é um problema, já que o inchaço atrapalha e causa péssimo efeito estético.

Ter um intestino bem regulado e sem preguiça de realizar suas tarefas a contento, é um sonho para quem sofre com a constipação intestinal ou prisão de ventre, em sua grande maioria, mulheres ou idosos.

No desespero em busca de alívio nessas fases críticas, algumas pessoas apelam para o uso de laxantes, o que é um erro, já que esses remédios tem ação drástica e momentânea e, com o uso constante, podem desregular ainda mais as atividades de um intestino que não trabalha bem.

Parou por quê, por que parou?

A maior causa do mau funcionamento intestinal é a falta de água e de fibras. Algumas pessoas ouvem falar que deve-se ingerir fibras e até procuram acrescentá-las às refeições, mas não sabem que, sozinhas, as fibras não conseguem o efeito desejado, já que necessitam da água para ajudar o trânsito do bolo fecal. Por isso, o primeiro passo para mudar o quadro é antes de tudo, aumentar o consumo de água e depois a quantidade de fibras, a dupla deve atuar juntas!

Também há algumas razões comuns para a desaceleração do intestino

  • Na gravidez, com o peso do útero, o reto e a porção inferior do cólon sofrem pressão e, por isso, tem  o trânsito atrapalhado.
  • O uso de certos remédios, como antidepressivos e até analgésicos e também quando há a presença de tumores no intestino grosso;
  • Em casos de hipotireoidismo, o baixo nível de hormônio tireoidiano atrapalha o movimento do intestino grosso.
  • Problemas neurológicos, como Mal de Parkinson, e psicológicos, como traumas por abuso sexual, também podem ocasionar a constipação.

Como se influencia no funcionamento intestinal?

Existem várias táticas no dia a dia que podem ajudar a melhorar o trânsito intestinal, desde a mudança de hábitos sedentários para uma rotina mais ativa, até a mudança alimentar.

1º Comece aumentando o consumo de água;

2º Acrescente fibras à sua dieta, ingerindo frutas e legumes, saladas cruas, grãos e cereais integrais,  como a linhaça, a aveia, etc.;

3º Movimente-se! Seja como for, não fique muito tempo sem se mexer;

4º Reeduque seu intestino. Escolha uma das refeições do seu dia e sente-se ao vaso, mesmo sem vontade de evacuar. Com o passar do tempo, esse “chamado” acaba sendo entendido pelo intestino e, aproveitando os movimentos peristálticos que acontecem após a ingestão da alimentação, tende a dar resultados.

5º Evite segurar, mesmo se tiver vergonha de usar o banheiro fora de casa, acostume-se a ir quando a vontade surgir.

Experimente receitas naturais que ajudam seu intestino a trabalhar

Receita Caseira

Receita caseira | Imagem: Reprodução

A cáscara sagrada é poderosa para resolver problemas intestinais, principalmente no caso de constipação.

Ingredientes:

Como fazer:

Coloque o pó no vinho e deixe em maceração (de molho) por dez dias. Após esse tempo, coe e beba um cálice antes de deitar todos os dias, até que o funcionamento se normalize.

Mas atenção: a cáscara sagrada pode danificar terminações nervosas do intestino, por isso, é imprescindível que só beba enquanto houver constipação. As grávidas e lactantes não devem usar esse remédio.

Alguns ingredientes não tem efeito irritante ao intestino, por isso, seu uso pode ser feito por mais tempo. Veja alguns:

  • Psílium (Tanchagem) – seus grãos são excelentes para tratar constipação crônica;
  • Figo – também tem excelente ação laxante;
  • Linhaça – além de outros benefícios à saúde, seus grãos são ótimos para o fucionamento intestinal.