Tratamentos caseiros que podem ajudar a ter uma memória de elefante!

A memória é um assunto amplamente estudado e discutido, chegando a ser controverso mesmo, já…


A memória é um assunto amplamente estudado e discutido, chegando a ser controverso mesmo, já que, inclusive na área médica as opiniões divergem no que diz respeito a um assunto tão cheio de mistérios, como o próprio cérebro. É claro que as pesquisas não param, tanto para descobrir as misteriosas ligações neurais do cérebro, quanto saber ao certo o que é a memória. Trata-se de um espaço físico em nosso cérebro? Uma área específica, como o  HD de um computador, onde se armazenam as lembranças? Seria um mecanismo de nosso cérebro, como um dispositivo que funcionaria a partir de estímulos diversos, nos fazendo retornar  a lugares ou épocas de nossas vidas?

Elefante, um ser com uma memória espacial sem igual

Elefante, um ser com uma lembrança espacial sem igual | Imagem: Reprodução

Essas são respostas que nem os próprios cientistas têm ainda, mas já se sabe que a boa memória também precisa de estímulos, como exercícios mentais, sendo que o grau de dificuldade deve ir aumentando a medida em que se tornam mais fáceis de realizar. O desafio mental estimula a recordação e todo o funcionamento cerebral. Por isso, jogos que exigem concentração, como os de estratégia e também exercícios como as palavras cruzadas, podem ser ótimos aliados na manutenção da boa memória.


Também existem as questões nutricionais e acredita-se que certas substâncias, presentes em alguns alimentos e compostos, possa ajudar a estimular o cérebro, promovendo uma facilidade em armazenar o que quer que seja.

Vamos conhecer algumas maneiras de se conseguir melhorar a memória através de tratamentos caseiros

  • MIRTILOS:  as frutinhas ricas em antioxidantes, antiinflamatórios e compostos fenóicos, tem o poder de melhorar o aprendizado e a memória se consumidos com regularidade. Nos EUA e Canadá, pacientes idosos que comeram a fruta diariamente, tiveram melhora acentuada em suas funções cognitivas e verbais. Aqui, em nosso país, como o acesso à fruta é difícil, pode-se fazer uso de cápsulas do suplemento alimentar de mirtilos, tomando uma cápsula ao dia.
  • UVA: o mesmo efeito antioxidante  dos mirtilos, podem ser encontrados em nossas uvas, comprovadamente é a fruta antiidade mais eficiente! Estudos mostram que, um copo de suco de uva ou uma taça de vinho tinto junto com as refeições, tem poderes combater os radicais livres e também estimular a ativdade cerebral.
  • MORANGOS E NOZES: também possuem efeitos antioxidantes e beneficiam a lembrança. Podem ser feitos sucos ou as frutas podem ser consumidas in natura.
  • CHÁ DE GINSENG: Junte um punhado de ginseng, um punhado de alecrim, uma colher de chá de noz moscada em pó a dois copos de água e ferva. Coe e beba quente, duas ou três vezes ao dia. Esse remédio caseiro também estimula a memória e o funcionamento cerebral.

Reportar erro