Tratamento natural para distimia

Confira os sintomas e alguns tratamentos com medicamentos naturais que podem ajudar no caso de distimia.


A palavra distimia, do grego, significa mau humor e vem sendo usada há séculos para designar um sujeito mal humorado e irritadiço, mas atualmente, o termo refere-se um subtipo de depressão.

Você deve conhecer alguém que parece estar constantemente de mal com a vida, sempre infeliz e insatisfeito com tudo, reclamando sempre de tudo que passa. Essa postura, apesar de ser vista como algo de uma pessoa mal humorada, caracteriza a distimia, sendo este um dos sinais.

A doença interfere na qualidade de vida tanto do portador quanto daqueles que estão próximos a ele, uma vez que não é nada fácil conviver com o lado ruim da vida sempre.

Sintomas da distimia

Tratamento natural para distimia

Foto: Reprodução/ internet

Dentro do quadro clínico da distimia, podemos encontrar, além do constante mal humor, um comportamento explosivo. Mas o que recebe mais destaque é a irritabilidade. É difícil, no entanto, a uma primeira avaliação, saber distinguir se o paciente tem depressão ou distimia.

Mesmo sendo uma forma mais leve de depressão, a distimia deixa o indivíduo desanimado, triste e totalmente sem vontade de agir e, às vezes, o que pode variar de seu nível cultural, pode achar que nada está bom e nem é original, além de achar que nada merece a sua atenção.


Na depressão, no entanto, os sintomas são bastante evidentes – em um dia o paciente está bem, conversando normalmente, e em outro momento – “amanhã ou depois” -, está triste, pensando em morrer e tomado por pensamentos negativos, arca a qual a distimia não possui. Os distímicos normalmente são vistos pela família e cônjuges como desagradáveis, de difícil relacionamento, entre outros aspectos.

Como tratar de forma natural

Algumas mudanças de comportamento podem fazer toda a diferença na hora do tratamento da distimia, uma vez que o tratamento deve ajudar a restabelecer a atividade cerebral normal dos indivíduos que passam pela doença. Deve-se inserir na alimentação muitas vitaminas e sais minerais, além de algumas mudanças:

  • Praticar meditação
  • Praticar atividades físicas leves para estimular a produção de endorfinas, como as caminhadas
  • Evitar cigarro
  • Beber pelo menos dois litros de água por dia.

Remédio caseiro

O chá de hipericão ajuda no tratamento, pois é eficaz na restauração do sistema nervoso e atua como antidepressivo natural.

Para preparar, use uma colher de chá de hipericão e 200 ml de água. Coloque o hipericão em uma xícara e derrame a água já fervente em cima. Tampe e deixe a mistura descansar por 10 minutos, aproximadamente. Em seguida, coe e consuma.

Outros chás que podem ajudar são os de camomila, maracujá e erva cidreira.


Reportar erro