Traqueobronquite? Trate-a naturalmente e sem preocupação

A traqueobronquite, como o nome já sugere, á uma doença que acomete a traqueia e…


A traqueobronquite, como o nome já sugere, á uma doença que acomete a traqueia e os brônquios. Essa inflamação dos órgãos citados provoca sintomas como a tosse, rouquidão e até dificuldade de respirar, devido ao excesso de muco que faz com que os brônquios fiquem mais estreitos. É um problema que precisa ser tratado com auxílio médico, mas trouxemos também uma solução natural para ajudar no tratamento medicamentoso.

Inflamação nos brônquios e traqueia

Não é uma doença que simplesmente acontece. Geralmente, a traqueobronquite aparece depois de uma infecção nas vias respiratórias – gripe, sinusite e rinite –, entretanto, ela pode também acontecer devido a uma relação alérgica, seja à fumaça ou pelo de animais, por exemplo.  A boa notícia é que a doença tem cura, mas precisa ser tratada rapidamente. O médico pneumologista deverá indicar medicamentos broncodilatadores e antibióticos.

Sintomas

  • Tosse
  • Dificuldade para respirar
  • Febre
  • Dor no peito
  • Chiado ao respirar
  • Secreção
Traqueobronquite? Trate-a naturalmente e sem preocupação

Foto: Reprodução/ internet

Remédios caseiros para a traqueobronquite

Malva

A malva é um excelente anti-inflamatório que dilata os brônquios, portanto ajuda bastante no tratamento da inflamação dos brônquios e da traqueia. Ela ajuda nos sintomas de tosse e na dificuldade para respiração, uma vez que dilata os brônquios. Aprenda a seguir o chá de malva para traqueobronquite:


Ferva cinco gramas das flores e folhas de malva seca em um litro de água filtrada. Depois de cinco minutos fervendo, desligue o fogo e deixe esfriar. Coe e beba uma xícara do chá até três vezes ao dia.

Atenção: não cometa exageros! A malva, quando tomada em excesso, tem efeitos laxantes que podem comprometer a eficácia dos medicamentos e até deixar o paciente mais fraco.

Guaco

Assim como a malva, o guaco ajuda no tratamento da traqueobronquite por ser um broncodilatador, mas ele ainda é um ótimo expectorante natural e relaxa a musculatura das vias aéreas.

Para fazer seu chá, basta acrescentar três gramas das folhas secas de guaco a 150 ml de água filtrada. Coloque a mistura para ferver durante dez minutos. Deixe esfriar, coe e beba até duas xícaras dessa infusão por dia. Durante a noite, pode ser tomado quentinho e para quem não gostar de seu sabor natural o mel pode ser acrescido.


Reportar erro