Técnicas caseiras fáceis para evitar e curar bolhas e calos nos pés

Calçados folgados ou meias mau ajustadas podem causar atrito na pele dos pés, causando bolhas e calos. Confira dicas de como tratá-los!


Os pés são verdadeiros “guerreiros” pois suportam todo o peso do corpo, durante todo o dia. Além disso, há quem utilize sapatos desconfortáveis e meias que permitem umidade nessa região.

EPortanto, estes fatores tornam-se as causas para o surgimento de calos e bolhas nos membros inferiores, provocando um forte incômodo e dores pertinentes nestas áreas.

Atrito, problemas na pisada e exercícios longos também são causas comuns que explicam o aparecimento de destas inflamações nos pés.

Contudo, existem formas simples de evitar estes problemas. Caso seja tarde e o indivíduo já esteja com bolhas e calos, não há motivos para se preocupar, pois com métodos caseiros e rápidos também é possível tratá-los.

Todavia, é necessária a atenção do paciente, pois se as erupções estiverem avermelhadas e com pus, a melhor alternativa de tratamento é procurar um médico.

tecnicas-caseiras-faceis-para-evitar-e-curar-bolhas-e-calos-nos-pes

Foto: depositphotos

Bolhas: como evitá-las e tratá-las?

Calçados folgados ou meias mau ajustadas podem causar atrito na pele dos pés. Por ser uma região sensível, acaba formando as desconfortáveis bolhas.

Busque por sapatos que encaixem perfeitamente ao seu número e use as meias da forma correta. Outra escolha que deve ser feita para evitar esse problema é com relação ao material dos calçados e meias.


Alguns produtos são permeáveis ou dificultam a respiração dos pés, assim há umidade na região e formação de bolhas.

Caminhadas longas pedem intervenção de algum produto, como o uso de óleo ou vaselina na região que é mais afetada pelo atrito.

Além disso, algumas pessoas apresentam problemas na pisada, neste caso é ideal procurar um ortopedista para que seja receitava palmilhas ortopédicas.

A melhor forma de tratar as bolhas ou calos, é mantendo a região limpa, protegida e arejada. Se for uma erupção grande, você pode estourar com uma agulha esterilizada, mas nunca se deve arrancar a pele.

A cicatrização é feita naturalmente, mas é necessário prevenir o surgimentos de outras bolhas.

Quais as melhores formas de proteger os pés contra os calos?

Os calos são diferentes das bolhas, pois enquanto estas são preenchidas de líquido, os calos são secos. Para evitá-los, basta escolher sapatos que não apertem o pé em nenhuma região.

Ou, se for o caso, escolher palmilhas ortopédicas. Além desses cuidados para prevenir os membros inferiores, há também formas específicas de cuidar dos que já existem, são elas:

  • Nunca deve-se cortar os calos;
  • Protegê-los com adesivos almofadados;
  • Hidratar as regiões afetadas;
  • Esfoliar os calos, pois ajuda a diminuir os antigos.

Reportar erro