Suco selvagem: descubra seus benefícios e como fazer

Esta bebida é considerada a mais poderosa fonte de nutrientes provinda da natureza, capaz de ativar as células do corpo e promover mais saúde


“Existem inúmeras plantas de alto valor alimentício e medicinal crescendo espontaneamente nos jardins, calçadas, e terrenos baldios, mas que, por pura falta de informação, são consideradas plantas invasoras e invariavelmente são capinadas”.

Estas foram as palavras do engenheiro agrônomo, Marco Antônio Backes, para o livro Suco Vivo, de Daniel Francisco de Assis. É desta forma que o especialista se reportas as ervas selvagens, que não são cultivadas diretamente pelo homem, mas que possuem propriedades benéficas à saúde das pessoas.

Estes efeitos benéficos são tantos, que criaram bebidas compostas apenas com estas ervas e outros produtos naturais. Chamados de sucos selvagens, estas bebidas são consideradas as mais poderosas fontes de nutrientes provindas da natureza.

suco-selvagem-descubra-seus-beneficios-e-como-fazer

Foto: depositphotos

Todavia, reconhecer as plantas, saber o modo de utilização e as dosagens corretas parecem ser um problema.

Receita de suco selvagem com abóbora

Este suco é uma bebida rejuvenescedora, capaz de ativar as células do corpo e fazê-las trabalharem melhor. Para prepará-lo é preciso ter:


  • Seis xícaras (de chá) de maçã;
  • Duas xícaras (de chá) de folhas de abóbora;
  • Uma xícara (de chá) de pepino;
  • Uma xícara (de chá) abóbora com casca;
  • Uma xícara (de chá) de cenoura;
  • Meia xícara (de chá) de rama de cenoura;
  • Quatro colheres (de sopa) de girassol com casca germinado;
  • Um punhado de capim-tiririca;
  • Uma flor de abóbora;
  • Um pedaço de gengibre.

Primeiro bata no liquidificador todos os ingredientes ricos em água, como a maçã, pepino, cenoura e a abóbora. Em seguida, coe a substância alcançada dessa mistura.

Volte o conteúdo para o aparelho e bata junto às folhas e raízes, depois coe novamente. Por fim, coloque o líquido no liquidificador pela terceira vez e bata com as sementes germinadas, neste caso o girassol. Finalize coando.

Sem acrescentar açúcar ou demais adoçantes, beba-o e aproveite todos os benefícios da bebida em jejum. Estes ingredientes listados e suas proporções são as quantidades exatas para um copo do suco selvagem.

Caso queira repetir à dose, é necessário preparar um novo toda as vezes. Isso porque, esta bebida não pode ser armazenada, tendo em vista que as propriedades fermentam com o tempo e em poucos instantes acaba ficando com um gosto amargo.

Adaptando o suco selvagem

Esta bebida pode ser aproveitada de várias maneiras, pois existem uma série de ervas consideradas selvagens. Assim, é possível adaptar à receita, combinando outras ervas. A dica, entretanto, é não ultrapassar quatro ervas por vez e sempre que for preparar o suco inovar nas combinações. Esta classe é dividida em:

  • Ervas: Azedinha ou trevo, capuchinha, dente-de-leão, tanchagem, folha de chuchu;
  • Plantas: Alecrim, folha de eucalipto, hortelã-pimenta, erva doce, orégano;
  • Flores: Abóbora, maracujá, funcho, sálvia, pata-de-vaca.

Reportar erro