Sementes e brotos para estimular a saúde do organismo

As sementes são cheias de importantes nutrientes para a saúde. Conheça as sementes e brotos recomendadas para estimular a saúde do organismo


As sementes são cheias de importantes nutrientes para a saúde, como proteínas, firas, ferro e vitaminas. Eles beneficiam pele e cabelos, eliminam toxinas, equilibram hormônios e favorecem a saúde cardiovascular. Conheça alguns grãos que, se ingeridos na dieta, podem fazer uma total diferença no sem bem estar.

As sementes e brotos recomendadas para estimular a saúde do organismo

Foto: Depositphotos

Gergelim

Rica fonte de vitamina E, fortalece pele, coração e o sistema nervoso. Contém hormônios vegetais sesamina e sesamolina, que comprovadamente baixam a pressão arterial e protegem o fígado de lesões tóxicas. O gergelim é uma fonte importante de cálcio, necessário para a saúde dos ossos e dentes.

Girassol

Excelente fonte de vitamina E, que é um antioxidante que também ajuda a manter a saúde do cabelo e da pele. A semente de girassol protege as células e tem propriedades anticancerígenas. É também um importante complemento para quem pensa em gravidez, pois contém vitaminas do complexo B, sobretudo ácido fólico, que favorece a gestação.

Abóbora

Rica em zinco promove a fertilidade masculina e previne problemas na próstata. Boa fonte de vitaminas do complexo B, magnésio, ferro e proteína. A semente tem alto teor de ácidos graxos essenciais que defendem a saúde dos vasos sanguíneos e ajudam a baixar o LDL (colesterol ruim). Coma crua ou torrada.

Linhaça

A semente de linhaça, da planta de linho, é ótima fonte de fibras solúveis mucilaginosa que podem baixar o LDL, equilibrar a glicemia e funcionar como supressor da fome. O alto teor de ácido graxo ômega-3 baixa também os triglicérides do sangue, diminui o risco de derrame e infarto, além de ser benéfico para os olhos, articulações e cérebro.

Papoula

A semente da papoula contém ácidos graxos poli-insaturados e monoinsaturados, que protegem o coração. Além disso, contém ferro, fósforo e fibras e uma vasta série de vitaminas do complexo B.


Cânhamo

Contém ácidos graxos ômega-3, 6 e 9 em volumes ideias, que são doses perfeitas para o funcionamento do cérebro e coração. É, ainda, fonte completa de proteínas e fibras – que beneficiam o trato gastrointestinal e o coração 0 e de fitosteróides (hormônios vegetais), que ajudam a baixar o colesterol e a promover o equilíbrio hormonal.

Alfafa

É rica em nutrientes e antioxidantes, sobretudo a clorofila, que ajuda a eliminar toxinas do sangue. A semente de alfafa tem ação diurética natural, que mantém o equilíbrio hídrico baixa a pressão arterial. Além disso, contém cumarina, que é anticoagulamnte, portanto útil para manter a boa circulação e prevenir o derrame.

Chia

Rica em ácidos graxos ômega-3, que reduzem os níveis plasmáticos de gorduras indesejáveis (LDL e triglicérides) causadoras de doenças cardíacas e derrame.

Tem alto teor de cálcio e magnésio, que promovem a saúde dos ossos e dentes, e também de ferro, ácido fólico e fibras solúveis.

As fibras mucilaginosas (semelhantes às da goma) presentes nas sementes germinadas promovem a regularidade intestinal e ajudam a estabilizar a glicemia.

Trevo-vermelho

Essas sementes são conhecidas como fonte de fitoestrógenos (hormônios vegetais) que aliviam os sintomas da menopausa, tais como ondas de calor, retenção de líquido e ansiedade. Além disso, são fonte de cálcio, que fortalece ossos e dentes.

Contém vitaminas B, K e betacaroteno, que controlam a hipertensão, melhorando a circulação e reduzindo o risco de doenças cardiovasculares. Como sabor semelhante ao da semente de alfafa, a de trevo-vermelho serve para germinar, e não para consumir crua.


Reportar erro