Saiba como transformar as promessas de novo ano em realidade

É importante que se faça um balanço para identificar o que aconteceu para que a conquista não fosse possível, mudando, assim, a estratégia


A chegada do novo ano é sempre movida de esperança e entusiasmo, sobretudo no que diz respeito a realização pessoal, seja no âmbito profissional ou pessoal. Mas, por mais comum que possa parecer, muita gente não realiza todos os objetivos traçados nesse período de tempo por falta de foco e por pouca dedicação.

Para se manter mais focado em tudo o que foi pensado para o ano, o coach Emerson Weslei Dias passa algumas dicas. Segundo ele, a troca de ano é uma ótima oportunidade para fazer um “balanço” e pensar sobre novas possibilidades na vida pessoal e profissional.

Para isso, existem maneiras bem simples. “Coloque numa folha de papel tudo que deu certo e o que não deu certo neste ano. Para cada item identifique a razão: aquilo que não foi possível realizar elenque como prioridade para o próximo ano e aquilo que já conquistou continue comemorando e coloque em destaque numa outra folha”.

Saiba como transformar as promessas de novo ano em realidade

Foto: depositphotos

O profissional ainda destaca que é importante lembrar-se de sempre ver essa folha ao longo do ano. Essa atitude dará forças para enfrentar as dificuldades enquanto estiver executando o que se comprometeu para o próximo período. Mas, só isso não é o suficiente. Por isso, fique atento as dicas.

Como se organizar para cumprir os objetivos

Uma boa maneira de se organizar para que os sonhos se tornem realidade é colocar em prática o ciclo PDCA, um método de gestão utilizado para controle e melhoria de processos, que teve origem em 1620, com Francis Bacon. A metodologia é muito usada no planejamento estratégico de empresas, mas também pode ser adaptada à realidade das pessoas.


Para isso, basta prestar atenção a divisão da metodologia. Ela é dividida em quatro fases. Cada uma delas é representada por uma das letras: Plan-Do-Check-Act, ou seja, Planejar-Fazer-Verificar-Agir.

Conheça mais sobre o método

P = Planejar

O passo do planejamento é tido como o mais importante, pois é a partir daí que se define a meta desejada e como alcançá-la. Para tanto, estabeleça os objetivos e um plano de ação, assim como os caminhos que você deve trilhar e o que você vai precisar para chegar lá. Como exemplo podem ser citados: ferramentas, conhecimento, contatos, etc.

D = Fazer

De acordo com o especialista, é nessa fase em que tudo o que foi planejado deve se tornar real. “É a hora de colocar o plano em prática, ou seja, executar as ações necessárias que você estabeleceu para alcançar suas metas”, diz. Acima de tudo, é necessário ter muita disciplina, pois o sucesso dessa etapa depende muito de suas atitudes.

C = Verificar

Na terceira etapa é hora de avaliar o alcance da meta e a execução das ações propostas. Esse processo é essencial para o acompanhamento e a avaliação do ciclo. “É preciso ser crítico e analisar se o que você planejou está sendo executado e se o que está sendo executado está trazendo os resultados que você esperava. Em outras palavras, você vai ter que avaliar se o seu caminho está correto e se suas metas estão mais próximas”, ressalta.

A = Agir (Corrigir)

Aqui é preciso se basear no resultado que foi verificado na etapa anterior. Se você encontrou falhas é agora a hora de agir criando ações corretivas, cobrindo as eventuais falhas que o seu processo de execução possui. Tome uma ação e pense que tipo deve ser aplicada: corretiva (se houve problema), preventiva (se poderia ter havido algum problema) ou padrão (se ocorreu tudo bem). Feito isso, inicie novamente o ciclo. “É assim que se consegue a melhoria contínua que vai ajudar na implantação do seu ano novo, vida nova”, enfatiza Dias.


Informar erro