Riquezas nutricionais da Jabuticaba

Por Nayla Georgia

Conheça os benefícios da jabuticaba

Imagem: Reprodução

Pretinhas por fora e branquinhas por dentro, a jabuticaba é uma delícia e ainda é a fruta preferida da mais famosa personagem do escritor Monteiro Lobato, a boneca Emília. Assim como a personagem é 100% brasileira, a fruta também é, podendo ser encontrada nas regiões mais tropicais do Norte ao Sul do país, mesmo sendo típica na Mata Atlântica. Três espécies são cultivadas no país, todas ricas em açúcar e com aproximadamente 45 calorias em 100 gramas da fruta, consequentemente não engorda quando consumida com moderação. É possível encontrar jabuticabas em feiras de frutas e, na hora de comprar, prefira levar para casa aquelas que estiverem mais viçosas, firmes, brilhantes, sem rachaduras ou picadas de insetos. A melhor forma de consumi-la é fresca, para evitar a fermentação, que começa imediatamente após a colheita e altera o sabor e o valor nutricional da fruta.

As riquezas nutricionais da jabuticaba

Ferro, fósforo, niacina, antocianinas e vitaminas são obrigatórias na composição da fruta, sendo a quarta um potente antioxidante que atua na eliminação das moléculas instáveis dos radicais livres, logo, as rugas passarão longe. Tanto a casca quanto a polpa são extremamente ricas em nutrientes, principalmente a pectina, uma fibra muito potente no combate ao colesterol, conheça mais sobre ela:

Pectina: auxilia a reduzir a velocidade de absorção dos alimentos à medida que são ingeridos, auxilia no combate ao excesso de colesterol, melhora a função da vesícula biliar e contribui para a desintoxicação orgânica. Pessoas com hipoglicemia e diabetes são altamente beneficiadas.

Benefícios da polpa da jabuticaba

Branca, mole e suculenta, a polpa da jabuticaba contém minerais como o cálcio, o ferro e o fósforo, além de vitaminas B3 e C. Açúcares como frutose e sacarose, ácidos orgânicos cítricos e oxálicos também fazem parte da sua composição.

Todos esses nutrientes são benéficos para várias condições de saúde, confira algumas que, de alguma maneira são tratadas com a fruta:

  • Anemia
  • Estresse
  • Raquitismo
  • Piorreia alveolodentária
  • Deficiências imunológicas
  • Infecções gerais
  • Alergias
  • Asma
  • Glaucoma
  • Varizes
  • Catarata
  • Câncer
  • Aterosclerose
  • Hipertensão arterial
  • Depressão
  • Fadiga crônica
  • Gota
  • Alcoolismo
  • Tabagismo
  • Hepatite
  • Constipação intestinal
  • Fraqueza muscular
  • Indigestão
  • Erupções na pele
  • Anorexia
  • Falta de ar

O tratamento da falta de ar utilizando a fruta é bem simples, aprenda:

Escolha algumas jabuticabas frescas e amasse-as. Coloque em uma panela com água filtrada e deixe cozinhado. Quando perceber que cozinhou o suficiente, deixe que esfrie, coe a água e tome duas xícaras de chá desse líquido por dia.

Você sabia?

Além da tradicional geleia de jabuticaba, essa fruta é também utilizada na produção de vinho, licor e xarope. O suco dela também é uma delícia e pode ser misturado com outras frutas. Uma curiosidade é que ao adicionar algumas gotas de limão, o suco adquire uma coloração avermelhada, já quando é misturado com abacaxi, o suco fica azulado. Isso ocorre por causa das diferenças do pH ácido das frutas.