Resolvendo a Gengivite através de tratamentos naturais

A gengivite é uma inflamação na gengiva, causada pela placa bacteriana e pode evoluir para…


A gengivite é uma inflamação na gengiva, causada pela placa bacteriana e pode evoluir para periodontite, que é o estágio em que as bactérias já atingiram o osso que segura os dentes e, a partir daí, os dentes ficam frágeis e podem até cair ou necessitar ser removidos pelo dentista.

Veja como são os estágios da gengivite

1º Estágio: GENGIVITE – a inflamação se forma na gengiva por causa da placa bacteriana, que, se não for removida pela escovação e o fio dental, produz toxinas que causam irritação na gengiva e, consequentemente, a gengivite.

Quando há gengivite, pode haver sangramentos com a escovação e o uso do fio dental, mas, nessa fase os danos ainda podem ser revertidos.

2º Estágio: PERIODONTITE – aqui, já estão danificados permanentemente o osso e as fibras que mantém os dentes alinhados, uma bolsa pode se formar ao redor da gengiva e avançar para baixo, onde estarão os detritos e a placa. Para que os danos não evoluam, é necessário um cuidado minuncioso e um tratamento específico no consultório.


3º Estágio: PERIODONTITE AVANÇADA – aqui, já no final da doença,  ossos e fibras já estão destruídos e, por isso, os dentes podem migrar ou ficar móveis e frouxos, o que acaba afetando a mordida e pode levar à perda dos dentes se não houver algum tratamento eficiente.

Apesar da gravidade da doença e da necessidade de cuidados extremos com a higiene, em primeiro lugar, podemos fazer uso de medidas naturais que podem colaborar no tratamento, principalmente em caso de estágios iniciais da doença.

Veja receitas de plantas medicinais que ajudarão a conter a gengivite

Gengivite

Imagem: Reprodução

  • CRAVOS DA ÍNDIA: Fazer um chá com duas xícaras de água fervida com uma colher de sopa de cravos da índia e deixe esfriar. Faça bochechos após escovar e limpar os dentes com o fio dental.
  • ÓLEO DE COCO: pode-se massagear esse óleo na gengiva, para um alívio da dor, já que tem efeito calmante e anestesiante;
  • TINTURA DE CALÊNDULA: esta tem o mesmo efeito anestesiante do óleo de coco, serve também para se massagear as gengivas com a ponta do dedo.´
  • AMORAS: alguns punhados de amoras devem ser espremidas e o líquido recolhido em um recipiente. Diluir em um pouco de água e fazer bochechos com esse suco várias vezes ao dia, preferencialmente após escovar e usar fio dental.

Reportar erro