Remédios naturais para o tratamento da diverticulite

A diverticulite é caracterizada pela inflamação ou infecção de um ou mais divertículos, que são…


A diverticulite é caracterizada pela inflamação ou infecção de um ou mais divertículos, que são pequenas bolsas que podem aparecer em qualquer parte do trato intestinal, principalmente em regiões fracas do cólon. Podem medir entre 0,2 e 2,5 centímetros de diâmetro e, em raros casos, os diâmetros podem variar entre 2,5 e 15 centímetros.

Causas e sintomas

As causas exatas da diverticulite ainda não são totalmente conhecidas, porém acredita-se que esta doença seja o resultado de uma dieta pobre em fibras. Quando um indivíduo sofre de prisão de ventre, os músculos fazem um maior esforço para mobilizar as fezes endurecidas, o que aumenta a pressão no cólon e pode contribuir para a formação de divertículos.

Em países da Ásia e da África, regiões onde a dieta alimentar tende a incluir vegetais ricos em fibras, a diverticulite não é muito comum.

O sintoma mais comum desta doença é a dor abdominal, principalmente na parte inferior esquerda, e pode ser acompanhada por náuseas, febre, vômitos, calafrios, constipação ou diarreia.

Remédios naturais para o tratamento da diverticulite

Foto: Reprodução

Tratamentos naturais para diverticulite

Geralmente, o tratamento para diverticulite é feito com a ingestão de antibióticos e analgésicos para aliviar a dor, que são prescritos pelo gastroenterologista. Em alguns casos, os remédios devem ser aliados a uma dieta líquida e repouso para uma melhor recuperação e prevenção de complicações.

Existem alguns remédios naturais que podem auxiliar no tratamento da diverticulite. Confira a seguir:


Chá de camomila com valeriana

A camomila contém propriedades antiespasmódica, calmante, tônica e cicatrizante, além de reduzir os gases; já a valeriana contém propriedades antiespasmódicas e relaxantes. Por isto, o chá de camomila com valeriana é um ótimo remédio para auxiliar no tratamento da diverticulite.

Para preparar o chá, basta seguir a receita a seguir:

Ingredientes:

– 20 gramas de folhas secas de camomila;
– 20 gramas de folhas secas de valeriana;
– ½ litro de água.

Modo de preparo:

Coloque as folhas secas das ervas numa panela e acrescente a água. Com a panela tampada, deixe ferver por aproximadamente 10 minutos. Espere esfriar, coe e beba em seguida, sem adoçar. A recomendação de consumo é de 3 xícaras deste chá ao dia, no intervalo entre as refeições.

Alimentação

A alimentação faz parte do tratamento e deve ser orientada por um nutricionista, sendo mantida mesmo após o fim da inflamação, para evitar uma nova diverticulite. Durante os primeiros dias do tratamento, o indivíduo deve fazer uma dieta líquida e só depois poderá ingerir alimentos sólidos, de acordo com a orientação do nutricionista.


Reportar erro