Remédios caseiros para candidíase vaginal

Muito comum entre as mulheres, principalmente durante a gestação, a candidíase vaginal é uma infecção…


Muito comum entre as mulheres, principalmente durante a gestação, a candidíase vaginal é uma infecção gerada pelo desenvolvimento do fungo Candida albicans, que faz parte da flora normal da vagina. Entre as principais causas, encontramos o uso excessivo de antibióticos, diabetes, maus hábitos de higiene e, como citamos anteriormente, a gestação. Isso porque esses fatores facilitam o crescimento de fungos devido ao enfraquecimento do sistema imune.

Remédios caseiros para candidíase vaginal

Foto: Reprodução

Sintomas

Entre os principais sintomas, encontramos corrimento de coloração branca – semelhante ao leite coalhado –, coceira intensa e sensação de ardência na região íntima, dor e ardência durante o ato sexual, além de inchaço e vermelhidão da região. Quando aparecerem os sintomas, deve-se procurar um médico para fazer o diagnóstico. Durante a infecção, as relações sexuais devem ser feitas com preservativo, pois o fungo, apesar de não causar sintomas no homem, pode ser transmitido, e posteriormente retransmitido à mulher.

Cuidados

É preciso que, para evitar a recorrência do problema, a região íntima seja sempre bem lavada e seca, que as roupas íntimas sejam de algodão e não muito apertadas. Além disso, é importante também dar preferência para a ingestão de alimentos probióticos e lactobacillus, como o iogurte e não utilizar produtos de higiene íntima com químicos.


Tratamento caseiro

Iogurte natural

Um dos tratamentos pode ser feito, inclusive durante a gestação, com o iogurte natural. Para isso, use uma seringa sem agulha, iogurte natural e absorvente. O iogurte deve ser inserido na vagina com o auxílio da seringa duas vezes ao dia, durante três dias. O absorvente deve ser usado para evitar que a calcinha fique molhada.

Além disso, você pode mergulhar o absorvente interno no iogurte e introduzir na vagina, deixando agir por, aproximadamente, três horas. Isso fará com que a acidez diminuía, diminuindo também o crescimento das bactérias.

Vinagre

O vinagre possui o mesmo pH da vagina, e por isso pode ser usado para reduzir a acidez que ajuda na proliferação dos fungos. Use 500 ml de água morna e 4 colheres de vinagre. Misture os dois ingredientes e coloque em uma bacia. Lave bem a região íntima em água corrente e depois fique em banho na bacia durante 15 ou 20 minutos. O ideal é repetir o procedimento de duas a três vezes ao dia.

Além desses medicamentos, você pode consumir alguns alimentos como o alho e a cebola, que são antifúngicos e antibacterianos naturais, aloe vera, maçã, chá de dente-de-leão e unha-de-gato.


Reportar erro