Remédio caseiro para corrimento amarelado

O corrimento amarelado pode ser indício de alguma doença sexualmente transmissível. Existem produtos naturais que auxiliam na cura desse problema.


O corrimento vaginal, quando incolor e inodoro, é algo comum para muitas mulheres, principalmente quando estão em seus períodos férteis. A quantidade produzida depende muito do organismo de cada uma, sendo bem mais habitual a mulheres que estão na segunda fase do ciclo menstrual, menor durante a menopausa e praticamente inexistente antes da primeira menstruação. Está totalmente ligado à produção hormonal, por isso, pode sofrer alterações também durante a gestação.

No entanto, quando este começa a apresentar uma coloração amarelada e um odor mais forte, é recomendável que se procure um ginecologista, pois é indício de que pode se ter contraído alguma doença sexualmente transmissível, como é o caso da tricomoníase. Esse tipo de parasita é transmitido somente através do contato de pênis e vagina, ou vagina e vagina, não oferecendo, assim, riscos de contágio por meio do ânus e da boca. Mas isso não anula a necessidade de se utilizar camisinha, afinal, outras doenças ainda podem ser transmitidas.

O tratamento para o corrimento amarelado geralmente é feito com antibióticos, mas existem alguns remédios caseiros que agilizam e facilitam o processo de cura. É importante frisar que homens também estão sujeitos a desenvolver esse problema, adquirindo-o pelo contato íntimo. Portanto, é indicado o uso de camisinha em qualquer relação sexual.

Remédio caseiro para corrimento amarelado

Foto: Pixabay


Pau d’arco

O pau d’arco possui várias propriedades antivirais e antibióticas, sendo muito recomendado no tratamento do corrimento, infecções urinárias, candidíase, tricomoníase e contra o vírus do HIV. Para preparar o chá, coloque 500 ml de água em uma panela com 15 gramas da casca de pau d’arco e deixe ferver por 15 minutos. Depois deixe amornar, e coe a mistura. Beba três ou quatro xícaras desse chá durante o dia.

Banho de assento com chá de goiabeira

As folhas da goiabeira são excelentes para o tratamento do corrimento vaginal amarelado, do tipo esverdeado com mau cheiro ou do branco leitoso. Basta ferver por quinze minutos um litro de água e, com o fogo apagado, acrescentar 30 gramas de folha de goiabeira. Abafe por três a quatro minutos, depois coe e faça um banho de assento com esse chá, lavando cuidadosamente toda a região genital. Repita esse procedimento umas quatro vezes por dia, para que o tratamento seja eficaz. Por ser natural, não possui contraindicação nem efeitos colaterais.  É importante que a pessoa com quem se tem relações sexuais também faça esse tratamento, para evitar um novo contágio.

Alimentos que diminuem o corrimento vaginal

Existem alimentos que diminuem a secreção desse líquido, pois equilibram o pH sanguíneo e da região íntima feminina, facilitando a manutenção da flora bacteriana da vagina. Invista em uma alimentação mais natural, livre de alimentos industrializados. É indicado o consumo de iogurte natural, chicória, couve, melão, limão e romã. Se após três dias utilizando esses remédios naturais o problema persistir, procure um ginecologista.


Reportar erro