Receita super fácil para fazer vinagre de maçã; aprenda

A diferença entre o vinagre industrializado e o caseiro está no processo de preparo. Sendo o segundo mais puro e saudável que o primeiro


Bom para eliminar problemas de garganta e excelente para evitar problemas cardiovasculares. Esse é o vinagre de maçã, que além de aliado da saúde é um ótimo ingrediente na cozinha quando utilizado nos preparos de pratos. Também atua fortemente no combate as gorduras localizadas, proporcionando emagrecimento nas pessoas.

Apesar de benéfico, este tipo de vinagre passa por muitos processos industriais antes de chegar à mesa de sua casa. Muitos deles acabam interferindo nas propriedades que este produto pode oferecer à saúde. Todavia, existe uma maneira fácil de atingir esses benefícios, e o melhor: sem sair de casa. Portanto, a melhor forma do vinagre de maçã com todas as suas características essenciais é prepará-lo de forma caseira. Com alguns ingredientes e um certo tempo você tem em mãos um produto natural, orgânico e livre de toxinas industrializadas. Além de possuir um composto com todas suas propriedades medicinais.

O processo industrial X o caseiro

Os preços dos vinagres de maçã nos supermercados não são tão caros, então há muita economia entre não comprar pronto para preparar em casa. O que difere estas duas situações, na verdade, é o processo pelo qual o produto é preparado. Por exemplo, algumas marcas utilizam uma substância chamada sulfitos. Esta, por sua vez, é capaz de aumentar o tempo de conserva deste item na cozinha. Por outro lado, esse elemento diminui as propriedades medicinais do vinagre. Em contraposição, está o caseiro que, por não receber a adição dessa substância, possui um resultado mais puro e fortificante.

Receita super fácil para fazer vinagre de maçã; aprenda

Foto: Pixabay


Como fazer o vinagre de maçã caseiro?

O primeiro passo é selecionar as maçãs que serão utilizadas no preparo do vinagre. O ideal é você escolher as que não possuam machucado e sem nenhuma mancha na casca. Opte pelas mais brilhantes, firmes e adocicadas, estas serão as melhores para o preparo pois quanto mais doce ela for, mais forte será o produto final.

A dica é usar um quilo e meio de maçãs nas condições já descritas. Lave-as bem, retire as cascas e pique-as em pedaços bem pequenos. A proposta é retirar o sumo da fruta, que pode ser batida no liquidificador, processador ou até mesmo amassada na mão. Em seguida, verta o suco extraído em uma garrafa de vidro, de barro ou madeira. A escolha do recipiente é fundamental, jamais reserve em um que tenha como material plástico, pois isso pode influenciar no gosto do preparo.

Encha a garrafa até a metade e tampe, assim será mais fácil para que ocorra a fermentação necessária. Deixe o recipiente longe da luz do sol e em uma temperatura entre 18 °C e 30 °C. Deixe nessa situação por até seis semanas. O seguinte passo é colocar o sumo em outro recipiente e deixá-lo receber a luz do sol durante três dias, ainda com tampado, mas dessa vez por um pano limpo.

Após o tempo recomendado, destampe e procure mantê-lo a uma temperatura de 20 °C. Mexa a substância uma vez por dia e antes de utilizá-la, filtre e coloque em uma outra garrafa, de preferência escura. Pronto, seu vinagre estará pronto para utilização na cozinha.


Reportar erro