Receita de repelente natural contra mosquitos

Natureza contra natureza Os insetos estão presentes no dia-dia do homem, a urbanização não fez…


Receita de repelente caseiro

Receita de repelente caseiro | Imagem: Reprodução

Natureza contra natureza

Os insetos estão presentes no dia-dia do homem, a urbanização não fez com que eles desaparecerem e conviver com eles é necessário, afinal, nós invadimos o seu espaço, principalmente quando nos aventuramos a ir a locais com plantas como sítios, fazendas, praias e etc. O perigo do contato com os insetos está nas doenças que eles podem nos transmitir (como o mosquito da dengue) ou efeitos causados pela própria natureza do animal (abelhas).

A indústria farmacêutica produz os famosos repelentes de insetos, compostos que podem ser aplicados à pele humana sem causar intoxicação e que impedem os insetos de pousar, em geral os mosquitos, que tem incidência maior no verão e adoram picar a pele para se alimentar de sangue ou como autodefesa. Os repelentes mais conhecidos são em creme, spray, pomadas (que podem ser a prova de água e com duração de horas) ou até velas (que prometem afastar os insetos do ambiente). Sua composição em geral é de DEET, uma substância quimicamente manipulada com intuito de repelir insetos e essências de eucalipto, citronela, soja e neem.

Porém, o uso de DEET é restrito a gestantes e crianças pequenas, mesmo misturado a outros compostos naturais. Uma boa opção é o repelente natural, substância caseira que manipulada de maneira correta, pode ser utilizada como os repelentes industriais.


Repelente natural – receita

Para a receita do repelente, será necessário:

Instruções:

  1. Em um vidro escuro, coloque os cravos da índia e cubra com álcool;
  2. Deixe descansar por 4 dias, balançando o recipiente duas vezes ao dia (pela manhã e a noite);
  3. Depois peneire o cravo e misture a tintura com o óleo corporal de sua preferência.

O uso do repelente pode ser a qualquer hora, uma dica é usar sempre durante a noite, hora em que os mosquitos e pernilongos atacam mais.


Reportar erro