Psyllium

O psyllium é mais uma das plantas usadas pela medicina alternativa para o tratamento e…


Psyllium

Imagem: Reprodução

O psyllium é mais uma das plantas usadas pela medicina alternativa para o tratamento e prevenção de patologias. Conheça um pouco mais sobre essa planta pequenina, da espécie plantago ovata: ela mede menos de 50 centímetros e produz lindas flores brancas que são agrupadas na ponta da haste como se fossem uma espiga. Cresce principalmente no mediterrâneo, pois prefere solos áridos e bem arenosos. E o interessante é que ela nasce espontaneamente.

O nome psyllium deriva de psylla, que no idioma grego significa pulga. Este curioso nome foi atribuído à planta porque suas sementes são pequeninas, e o formato delas assemelha-se bastante com o destes insetos. E é na casca dessas sementes com formato de pulgas que está o poder dessa planta.

Propriedades do psyllium

Esta planta possui em sua composição alguns nutrientes que atuam como laxantes no organismo. Sendo assim, ela é indicada para casos de prisão de ventre e constipação crônica. Também facilita a evacuação em períodos que se tem dificuldade por conta de gravidez, hemorroidas, senilidade, convalescença e até mesmo em períodos pós-operatórios. Ela é inclusive uma das poucas ervas que não são contraindicadas para gestantes.


Entretanto, o consumo do psyllium não é sugerido para mulheres que estiverem sentindo cólicas abdominais de razões desconhecidas. Tome cuidado!

O psyllium emagrece?

Sim! Quando ingerido antes das refeições, o psyllium causa um aumento na sensação de saciedade, fazendo com que passemos um longo período sem sentir fome, logo não vamos comer fora do horário correto. Mas não é só isso que faz com que esta planta seja indicada para quem deseja emagrecer.

Ela tem também nutrientes que, na hora da digestão, unem-se às moléculas de carboidrato que adquirimos nas refeições, e impedem que o organismo as absorva. Com isso, o corpo é obrigado a buscar energia na nossa reserva de gordura, já que o carboidrato que deveria ser transformado em energia não foi absorvido.

Como consumir

  • Pode-se encontrar o psyllium comercializado na forma de cápsulas ou de , que é o mais utilizado.
  • Os médicos aconselham que se misture uma colher de sopa do pó desta planta em um copo de água, suco ou vitamina.
  • Também pode jogar por cima de frutas ou de uma salada de frutas.
  • O ideal seria consumir duas colheres de sopa do pó (misturados com algum líquido ou fruta) por dia, uma de manhã e outra à noite.
  • Consumir em jejum ajuda a emagrecer e aumenta o efeito das propriedades medicinais e laxantes da planta.
  • Inserir o psyllium em sua dieta diária além de ajudar a emagrecer, também pode baixar as taxas de colesterol ruim nas artérias, por isso é importante misturar o pó desta planta com seus alimentos e líquidos de consumo diário.

Reportar erro