Prisão de ventre na gravidez – Tratamentos naturais

A prisão de ventre, ou constipação, é um dos incômodos comuns durante o período da…


A prisão de ventre, ou constipação, é um dos incômodos comuns durante o período da gestação, afetando pelo menos metade das mulheres grávidas. Os responsáveis pelo inconveniente são os hormônios da gravidez e a pressão do útero sobre o estômago e o intestino, que tornam o processo de digestão mais lento. Além disso, o consumo de suplementos vitamínicos que contenham ferro pode piorar o quadro.

A prisão de ventre na gravidez não prejudica o bebê, mas, no caso de persistir e incomodar a gestante, ela deverá conversar com o ginecologista. Uma das consequências da constipação pode ser o aparecimento de hemorroidas, que podem ser muito doloridas.

Sintomas da prisão de ventre na gravidez

Durante a gravidez, o hormônio progesterona torna o intestino naturalmente mais lento e o útero faz pressão sobre o intestino. Por estes motivos surge a prisão de ventre. Dentre os sintomas mais frequentes da constipação durante o período da gravidez estão os seguintes:

  • Inchaço;
  • Cólica;
  • Desconforto abdominal;
  • Rigidez abdominal.

Se esses sintomas forem acompanhados de náuseas ou dores abdominais, o médico obstetra deve ser consultado.

Prisão de ventre na gravidez

Foto: Reprodução


Como tratar a prisão de ventre na gravidez?

Os laxantes, ainda que naturais (como chás e geleias), só devem ser usados com autorização médica. Alguns medicamentos contêm substâncias que provocam contrações uterinas e, por isso, são completamente proibidos durante a gestação. Por isso, sempre converse com o médico sobre o problema antes de tomar qualquer atitude.

Se a mulher estiver tomando algum tipo de suplemento vitamínico, também é aconselhável conversar com o médico a respeito disso.

Confira a seguir algumas dicas para tratar a prisão de ventre na gravidez:

  • Para auxiliar no bom funcionamento do intestino, é necessário tomar pelo menos dois litros de água por dia e manter uma alimentação balanceada rica em fibras. Os alimentos ricos em fibras, como grãos integrais, frutas, verduras, legumes e cereais, devem ser consumidos todos os dias. Alguns desse recomendados são a amêndoa com casca, repolho, goiaba, gergelim, ervilha, maçã, pera com casca e tangerina. Hoje existem alguns produtos ricos em fibras solúveis, no entanto, a utilização deles somente deve ser feita após uma consulta com o obstetra;
  • Comer ameixa preta todos os dias, pura ou misturada em uma vitamina de mamão;
  • Preparar uma vitamina de iogurte natural com mamão papaia e mel. O indicado é consumi-la diariamente no café da manhã. Outra opção que pode ser bastante útil é um shake de mamão e laranja;
  • Consumir mais alimentos ricos em água, como melancia, morango, melão, rabanete, tomate, nabo e outros;
  • Tomar de 1,5 a 2 litros de água por dia, que também pode ser ingerida em forma de sucos ou sopas. As mulheres que têm dificuldade para tomar água pura podem tomar chá ou colocar uma rodela de limão ou laranja numa jarra de água.
  • Exercitar-se também é muito importante. Praticar atividades físicas, como caminhadas leves, alongamento muscular, hidroginástica ou ioga, auxiliam no combate à prisão de ventre e aumenta a disposição.

Reportar erro