Praticar esporte pode aliviar dores crônicas

A prática do esporte contribui para aliviar a sensação dolorosa e permite que as pessoas tenham mais participação social


O esporte é um aliado de inúmeros benefícios físicos e sociais. Uma das formas de proporcionar mais qualidade de vida para aqueles que o praticam é por meio do alívio de dores.

Tanto os incômodos passageiros como as dores crônicas causam bastante sofrimento para as pessoas. Afinal, você sabe o que é uma dor crônica?

O que é uma dor crônica?

Segundo o médico Drauzio Varella, um terço da população do mundo vai ter algum tipo de dor crônica. “Dor crônica é uma doença debilitante com consequências nefastas para a condição física, psicológica e o comportamento. Seus portadores desenvolvem depressão, deficiências psicomotoras, lembranças e sensações de perda que muitas vezes guardam pouca relação com o quadro doloroso”, define o médico.

Praticar esporte pode aliviar dores crônicas

Foto: depositphotos

A dor nasce quando ocorre algum trauma aos tecidos e há liberação de substâncias químicas que são detectadas pelas terminações nervosas do nosso organismo. O impulso elétrico é o responsável pelo caminho percorrido pela dor até chegar no córtex cerebral.


A partir daí, o cérebro vai liberar endorfinas e encefalinas para combater a dor. Entretanto, no caso das dores crônicas elas são fruto de alguma desordem nos sistemas responsáveis tanto pela percepção da dor, quanto da inibição da dor.

Como o esporte pode auxiliar no combate as dores?

Algumas pessoas com dores crônicas deixam de praticar algum esporte pois pensa que irá sentir mais dores ainda. Entretanto, o que acontece é justamente o contrário, como explica o fisioterapeuta Artur Padão, da Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor: “a prática do esporte contribui para aliviar a sensação dolorosa e permite que as pessoas tenham mais participação social, o que é uma das grandes recomendações para tratar a dor musculoesquelética e dores crônicas. Praticar esportes promove saúde e bem estar físico, social e mental, recomendado em qualquer faixa etária”.

Mas vale lembrar que o mesmo não é recomendado para quem está com dores agudas. Aquelas que foram causadas recentemente por lesões. “Não recomendamos esportes quando o paciente sofreu alguma lesão aguda e queixa-se de dor persistente com sintomas de inflamação ou infecção. Nestes casos, é necessário tratar estas condições“, explica o fisioterapeuta.

A OMS, Organização Mundial de Saúde, também recomenda a prática de exercícios para qualquer idade, mesmo para aquelas que sentem dores crônicas. O doutor Artur Padão afirma: “esportes como corrida, bicicleta, remo, natação e qualquer outro que mantenha o corpo em movimento, em uma intensidade moderada, são benéficos para o corpo.

O vôlei, o basquete, o tênis e o futebol misturam exercícios aeróbicos e resistência muscular, o que só adiciona benefícios à saúde de pacientes com dor crônica.


Reportar erro