Plantas consideradas ‘amigas’ das mulheres grávidas

A mulher não está livre de acidentes ou de problemas relacionados à sua própria saúde. Veja quais ervas podem ajudar


Usar determinados produtos é desaconselhável durante a gestação. A exemplo do café e do álcool, pois são bebidas que podem interferir de forma maléfica no desenvolvimento do feto e na saúde da mulher.

Ao mesmo tempo, existem elementos naturais que podem ser considerados aliados das futuras mamães, uma vez que além de cuidar da saúde da grávida, não causam nenhum prejuízo à criança.

Elementos naturais permitidos na gravidez

Plantas consideradas 'amigas' das mulheres grávidas

Foto: depositphotos

Mesmo grávida, a mulher não está livre de acidentes ou de problemas relacionados à sua própria saúde. Pelo contrário, existem distúrbios que acometem as mulheres, principalmente, nesta fase da vida, como a prisão de ventre.

Já no finalzinho da gestação, o barrigão pode causar incômodos que atrapalham o sono. Para todas estas situações existem plantas ou produtos naturais extraídos da natureza que ajudam às futuras mamães à enfrentarem tais condições.

Camomila

Esta erva não apresenta contraindicações no caso das grávidas, podendo ser utilizada de forma consciente e com acompanhamento médico.

É indicada para gestantes que estejam enfrentando problemas gastrointestinais, uma vez que a camomila alivia as indigestões.

Além disso, serve como um excelente tranquilizante, sendo ideal para ingerir antes de dormir. Com duas colheres (de chá) das folhas secas e uma xícara de água fervente, você consegue preparar o chá de camomila.


Junte os ingrediente, tampe e aguarde a infusão ficar pronta por cinco minutos. Em seguida, coe e beba sem adicionar açúcar, mel ou adoçante.

Psyllium

Outro elemento natural para combater problemas gastrointestinais é a semente de psyllium. Também chamada de psílio ou erva de pulgas, esta planta produz uma semente rica em mucilagem capaz de provocar um efeito laxante nas mucosas intestinais.

Assim, trata-se de um excelente remédio caseiro para aliviar as prisões de ventre que acometem às mulheres grávidas.

Para preparar a bebida, basta optar pelo processo de maceração. Isto é, coloque uma colher (de sopa) de sementes em um copo de água filtrada. Tampe o recipiente e aguarde por 30 minutos. Em seguida é só consumir, ainda em jejum, acompanhado por outro copo de água.

Aloé

A famosa babosa pode ser aplicada sem problemas durante a gravidez. Por via tópica, a planta pode tratar queimaduras ou eliminar outras afecções que acometem a epiderme.

Para a beleza também é eficaz, pois ao ser aplicada no rosto acaba cuidando e hidratando à pele desta região. Vale ressaltar, entretanto, que a utilização é através do gel que tem na babosa.

Importante

Todo medicamento, seja ele natural ou químico, precisa ser administrado com acompanhamento médico. Isso porque, cada organismo responde de forma diferente aos elementos que são consumidos.

Principalmente, quando trata-se de mulheres grávidas. Desta maneira, em casos de dúvidas procure um profissional de sua confiança, assim você cuida do bebê e da sua própria saúde.


Reportar erro