Planta violeta genciana: benefícios e usos

Descubra quais são os benefícios e propriedades da planta violeta genciana e saiba como usar


Conhecemos popularmente como violeta genciana um medicamento antifúngico vendido em farmácias e bastante usado para o tratamento de candidíase. De uso tópico, esse medicamento atua também como antisséptico, sendo benéfico para impedir que a doença acabe se complicando em decorrência de proliferação de bactérias e fungos. O medicamento é facilmente absorvido, melhorando de forma rápida sintomas como coceira, vermelhidão e ardor, comuns na doença.

Benefícios desta planta

A planta de onde é extraída a substância, carrega propriedades benéficas à saúde. Além dos fungos da candidíase, ajuda a tratar as infecções nos mamilos causados pelo mesmo fungo e provocada durante a amamentação. Essa infecção causa ardor, odor e desconforto nos seios, além de vermelhidão na pele, brilho e alisamento.

Planta violeta genciana

Foto: Pixabay

Pode ser usada ainda como um excelente antibiótico para feridas externas, sendo indicada também para tratar gota, artrite, para estimular a glândula da tireoide em casos de hipotireoidismo. Atua como um excelente diurético e depurador do sangue e como tônico estomacal para melhorar a carência de apetite de pessoas anêmicas.


Também é possível empregar a planta para tratar cólicas intestinais, estado febril, pressão arterial desregulada, problemas no sistema nervoso central e do sistema imunológico debilitado, além de eliminar lombrigas e estimular os sucos gástricos e biliares. Pode ser usada também para potencializar o crescimento dos cabelos, sendo, portanto, um excelente tônico capilar.

Aplicação da violeta genciana

Aplique o medicamento sobre a região lesionada entre duas e três vezes ao dia durante três dias. Caso haja quaisquer efeitos inadequados procure orientação médica. Jamais substitua o tratamento indicado por um médico especialista pela automedicação. Converse com seu médico e pergunte se esse tratamento se adequa ao seu quadro clínico.

Contraindicações e precauções de uso

O uso da planta e do medicamento encontrado nas farmácias é contraindicado para pacientes gestantes, mulheres no período de amamentação, além de pacientes que sejam hipersensíveis aos componentes da fórmula, e em casos de lesões ulcerativas.


Reportar erro