Planta azedinha: benefícios desta planta para saúde

A azedinha possui ação diurética, febrífuga, anti-inflamatória e desintoxicante. Conheça os benefícios desta planta


A azedinha, de nome científico rumex acetosella, é uma planta pertencente à família das polygonaceae, sendo também conhecida por outros nomes, como trevinho, trevo, acedrilla, erva azeda, azeda do campo e outros.

Trata-se de uma planta que cresce em locais escuros em abundância e cria um denso cobertor que apresenta uma bonita coloração esverdeada. Não raro, a planta azedinha é encontrada no mesmo habitat em que crescem as samambaias.

Propriedades e benefícios

A azedinha é uma planta rica em vitaminas B e C, além de cálcio e outros minerais. Dentre as suas propriedades estão a sua ação diurética, febrífuga, anti-inflamatória, desintoxicante, antibacteriana, cicatrizante, adstringente, anticancerígena, hepática, laxante, antiescorbútica, antisséptica e outras.

Planta azedinha: benefícios desta planta para saúde

Foto: Reprodução/ internet

De acordo com pesquisas realizadas, a planta azedinha pode ser útil no combate a inflamações dos rins e em outras partes do corpo, além de auxiliar no tratamento do câncer e reduzir a pressão arterial. Segundo alguns pesquisadores, a raiz da planta contém 100 vezes mais revesratrol que a uva. Esta substância antioxidante auxilia no controle da homeostase, equilibrando as funções do organismo e combatendo inúmeras doenças, principalmente aquelas referentes ao envelhecimento e metabolismo. É indicada para diabetes, principalmente do tipo 2, mais comum nos idosos e que está relacionada ao desequilíbrio homeostático.

A azedinha também pode ser utilizada no tratamento de acnes, feridas, melanoma, prisão de ventre, retenção de líquidos e outras condições de saúde.


Na China, a planta é usada ainda crua para aliviar a região reprodutiva da mulher após partos normais, a fim de prevenir infecções. A azedinha é ainda um dos ingredientes utilizados na formulação de um medicamento bastante conhecido para o tratamento do câncer, denominado essiac.

Formas de consumir a azedinha

Esta planta pode ser usada no preparo de saladas verdes, proporcionando um sabor azedo ao prato, semelhante ao do limão. Também pode ser cozida no preparo de refeições quentes, como sopas, ou adicionada aos sucos, como o suco de laranja com mel e gelo.

A azedinha também pode ser consumida em forma de chá, que traz muitos benefícios à nossa saúde.

Contraindicações e cuidados

A planta azedinha é rica em ácido oxálico, que pode auxiliar na formação de pedras nos rins. O uso desta planta é contraindicado para pacientes que sofram de gota, pedras nos rins ou reumatismo, além de gestantes, lactantes e portadores de doenças com uso contínuo de medicação.

Lembre-se que todo medicamento, seja ele natural ou não, deve ser utilizado apenas sob orientação médica.


Reportar erro